NadaFrágil.com.br

5 Dicas para Deixar sua Casa Linda


Eliana Lee

Seguir seus instintos na hora da decoração pode ser mais fácil do que você imagina: e mais legal também. O problema é que muita gente acaba achando que apenas quem pode contratar ajuda profissional pode decorar a própria casa de maneira correta. Isso nem sempre é verdade. É perfeitamente possível tornar a sua casa muito mais atrativa, confortável e bonita seguindo algumas dicas de alguns profissionais e alguns truques básicos.

Acredite em você e divirta-se!

Decoração

1. Buscando Inspiração

A primeira dica vem do inglês John Loecke, designer de interiores: “Abra seu guarda-roupa e vasculhe suas coisas. Busque inspiração nos seus próprios itens pessoais, objetos decorativos, acessórios”. A verdade é que se você se sente bem, por exemplo, usando uma roupa colorida e floral, é provável que também se sinta feliz num ambiente alegre e colorido. Vale investir numa mobília diferente, num detalhe em especial como a cortina, abajur, candelabro ou ainda num papel de parede divertido. Outra ideia legal e econômica é escolher um adesivo para uma parede em especial. Esses adesivos são vendidos em diversas lojas do segmento e não custam rios de dinheiro. Entre as estampas, é possível escolher figuras, ícones, frases, trechos de música….

2. O mapa da decoração

Antes de colocar todos os móveis em seus lugares, verifique se eles realmente “funcionam” juntos. Numa folha de papel visualize o cômodo e faça um “rascunho” da posição em que deseja cada peça. Outra maneira mais concreta de visualizar o resultado final do seu projeto é utilizar fita crepe no chão, desenhando onde cada móvel vai ficar. Observe espaços e verifique se os objetos não estão se atrapalhando. Depois de posicionar tudo, retire as fitas. Decoração

3. Utilize a escala de cores

Se você estiver com medo de errar na hora da pintura, utilize a escala de cores para fazer suas combinações. Hoje em dia é absolutamente normal que as paredes sejam pintadas com variações entre si. Há pessoas que optam por deixar, por exemplo, uma das partes da casa numa cor mais clara ou mais escura, dependendo do efeito desejado. Se você ainda não se sente segura para decidir sozinha, utilize uma escala de cores para fazer uma escolha mais acertada: escolha um tom e utilize suas nuances (cores vizinhas). Assim é mais fácil acertar na harmonização do ambiente.

Vale lembrar, porém, que você pode (e deve) ousar, se esse for o seu desejo. Portanto, não fique com receio de investir num tom diferente para incrementar o cômodo escolhido.

4. Truques para espaços pequenos

Com o aumento da população urbana, é natural que cada vez mais pessoas adquiram casas e apartamentos menores. Na hora da decoração, porém, vale tudo para aumentar a sensação de amplitude do ambiente. E para isso, alguns truques antigos continuam valendo:

– Utilize espelhos em paredes paralelas às entradas dos cômodos. O reflexo vai fazer o cômodo parecer bem maior.

– Invista em cores claras. Branco, bege e cinza, combinados com mobília também de cor mais light são uma ótima pedida para “aumentar” o lugar.

– Se tiver orçamento disponível para isso, procure profissionais especializados em móveis planejados. Como os móveis são feitos sob medida, levando em consideração todos os cantinhos disponíveis, você ganha em otimização do espaço.

Decoração5. Troque de lugar e renove!

Reorganize o ambiente. Retire sofás e poltronas do lugar, assim como aparadores e quadros e modifique-os. Troque cortinas e vasos decorativos de cômodos, trazendo o que estava no quarto para a sala, e vice-versa. Aproveite também para fazer uma verdadeira limpeza em casa, ponderando o que realmente ainda é útil para você e o que já pode ser restaurado, vendido ou doado. Abra espaço para novos objetos, estilos e cores.

Decoração e conforto devem andar juntos

 Lembre-se sempre que sua casa precisa ser o local mais confortável do mundo… para você! Por mais que seu desejo seja uma decoração impecável, lembre-se que o estilo principal, a disposição dos móveis e a escolha das cores devem ser suas. A palavra final tem de vir de você mesma, afinal, você é a dona daquele cantinho. Se ele não tem a sua “cara”, é provável que você se sinta desconfortável ou incomodada, simplesmente por não estar se sentindo em seu próprio ambiente pessoal. Use o bom senso, acredite no que você consegue fazer e deixe que sua casa encante a todos; mas principalmente a você mesma.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *