NadaFrágil.com.br

Algumas dicas para sua vida amorosa!


Fabíola Cunha

Às vezes a impressão é que já tentamos de tudo para nos aproximar de pessoas interessantes de forma romântica. Mas será que o tipo de abordagem, não apenas no momento da paquera, mas em todos os tipos de situações, está correto?

Na verdade, pouco se pode dizer sobre certo e errado nessas situações, mas algumas dicas podem ajudar a sacudir a poeira e melhorar – ou pelo menos animar – sua vida amorosa.

Nada de conversa fiada

vida amorosa

Para conhecer alguém, não desperdice palavras e tempo precioso com perguntas bobas sobre horários do metrô ou a previsão do tempo. Perguntas importantes com respostas que podem realmente determinar o interesse mútuo são mais interessantes: “Qual trabalho é sua maior paixão?” ou “Qual foi o momento mais passional da sua vida?”.

Não tenha medo de briga no relacionamento ou pelo relacionamento

vida amorosa

Muita briga pode levar a uma separação, mas acontece que pouca briga também pode gerar um rompimento. Amor pode parecer dependente de paz e harmonia, mas evitar totalmente o conflito dificilmente prolonga um relacionamento.

Deve-se ficar atenta ao silêncio: ele pode estar mais relacionado à covardia do que ao respeito – e isso vale para amizades também.

Seja real

Deixe as pessoas conhecer seu verdadeiro eu e faça questão de que eles a conheçam, antes que seja tarde. Supor que as outras pessoas conhecem aspectos importantes da sua vida e supor que elas entendem completamente é arriscado. Cartas na mesa.

Queira, não precise

vida amorosa

Relacionamentos devem ser motivados pelo desejo de tê-los, não por uma necessidade imposta por outros.

Permanecer em um namoro ou casamento porque a família não quer uma solteirona ou porque as amigas estão todas casadas – está aí uma receita para o desastre. Não caia na armadilha da dependência e da aparência.

Diga o que você quer

vida amorosa

Nunca suponha que uma paixão secreta vai, de um dia para outro, de forma mágica, perceber o que você sente. Seja clara, diga o que gostaria que acontecesse.

Em uma época em que tantas pessoas deixam os relacionamentos permanecerem indefinidos por meses ou anos, seja única: defina o que eles são.

Coragem é requisito básico, principalmente em casos de amizades coloridas, mas a clareza emocional é recompensadora.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta