NadaFrágil.com.br

Alimentos que Ajudam a Controlar a Ansiedade


Eliana Lee

Quem sofre de níveis altos de ansiedade crônica, sabe o quanto é difícil lidar com esse problema, tão incompreensível para a maioria das pessoas, que acabam achando um “exagero” ou uma “bobagem” as sensações descritas pela vítima de ansiedade.

É perfeitamente normal sentir-se ansiosa por situações diferentes que estejam por acontecer: o inicio em um novo emprego, começar a faculdade, uma mudança inesperada, etc. A ansiedade é um mecanismo saudável, comum e perfeitamente normal. O problema é quando a ansiedade começa a ocupar muito mais espaço em sua mente do que o considerado necessário, ou simplesmente se desencadeia em situações cotidianas, que não apresentam mudança ou risco algum. É nesse ponto que a ansiedade começa a afetar sua vida. E é aí que você deve procurar ajuda.

Conheça também os alimentos termogênicos.

Ansiedade e PânicoAnsiedade

Não tratar um quadro de ansiedade pode levar a pessoa a desenvolver episódios de crises de pânico (crise ansiosa aguda) ou agorafobia (medo excessivo de sair de casa sozinha). Por isso o tratamento no início é tão importante. Geralmente esse tratamento é feito através de técnicas de relaxamento e sessões de terapias

Muitos indicam técnicas de ioga, meditação e exercícios físicos, além de também indicarem uma dieta mais saudável.

Alimentos que ajudam a controlar a ansiedade

Certos alimentos, principalmente doces, podem ajudar momentaneamente a pessoa ansiosa a se acalmar. Chocolate, café a açúcar, por exemplo, são ótimos para isso. O problemas é que esse bem estar é passageiro, portanto não vale muito a pena investir em alimentos como estes.

Em contrapartida, existem sim alguns alimentos que podem te ajudar a vencer as crises de ansiedade. Incluí-los em suas refeições diárias pode ser uma ótima contribuição para que seu corpo e sua mente se restabeleçam de maneira satisfatória e deixando você livre para viver uma vida absolutamente normal. Separamos cinco alimentos que fazem parte dessa lista tão importante.

1. Carboidratos

Carboidratos

Você deve investir em alimentos que contenham triptofano. Essa substancia é capaz de acalmar seus ânimos, promovendo a sensação de bem estar e te ajudar a se equilibrar, principalmente em períodos de crise. Pães, cereais e biscoitos integrais são uma boa opção nesse caso, principalmente no café da manhã.

2. Gordura do bem

Abacate

Outros alimentos que também possui triptofano são o abacate, as nozes e as castanhas. Você pode optar por consumir esses alimentos entre as refeições, mas em quantidades moderadas. Apesar de possuírem gordura considerada saudável, nada de exageros para não ganhar peso.

3. Grãos

Arroz e lentilha

Se você não tem o costume de consumir grãos, saiba que o arroz, o feijão e a lentilha também podem ser aliados. Invista nos grãos na hora do almoço ou do jantar. São alimentos extremamente fáceis de encontrar e preparar e que já fazem parte do prato principal de muita gente.

Dica de leitura: 10 alimentos que ajudam a perder barriga.

4. Espinafre

Espinafre

Extremamente saudável, o espinafre contem acido fólico que ajuda no funcionamento do cérebro e é praticamente um “antidepressivo natural”. Inclua o espinafre em suas refeições, com quatro ou cinco porções semanais, variando os pratos e os usos da hortaliça. Experimente também fazer o suco. O “suco verde” promove energia e disposição, ajudando também a desintoxicar o corpo.

5. Frutas Cítricas

Sucos Cítricos

Que tal trocar o refrigerante de uma vez por todas? Assim como o chocolate e o café, essa bebida pode até te deixar mais tranquila num primeiro momento, por conter grandes quantidades de açúcar, mas o resultado é temporário. Substitua por sucos de frutas cítricas, como a laranja, o limão e a acerola.

Essas frutas contem uma grande quantidade de vitamina C, que é perdida na hora da crise aguda de ansiedade, como uma resposta ao estresse que o corpo está sofrendo. Por isso, repor essa carência é tão importante e pode ajudar a estabelecer a sensação de bem estar.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta