NadaFrágil.com.br

Aprendendo a dizer não – Uma atitude importante


Li Arruda

Dizer nãoSeu filho lhe pede um celular novo, mais moderno e bastante caro. Você, mesmo estando apertada financeiramente, vai até a loja e parcela o aparelho em dez vezes. Uma colega de trabalho pede para você ajudá-la no serviço, pois precisa sair mais cedo para resolver alguns problemas. Você, mesmo estando muito atarefada, assume o compromisso e fica sobrecarregada, só para não negar o pedido. Sua amiga mais íntima pergunta se você pode lhe emprestar um dinheiro para ela viajar com o marido. Você constrangida em negar, responde sim sem pensar duas vezes. Um vizinho de apartamento inconveniente pergunta se você se importaria em lhe ceder sua vaga de garagem, já que não possui carro, enquanto ele tem dois. Você, mesmo com planos de alugar a vaga, cede ao vizinho de graça, sem ao menos mencionar a palavra “aluguel”.

Identificou-se com as situações acima? É… Parece que você possui um grande problema: Não sabe como dizer “não”.

Leia também:
10 Dicas para Conciliar a vida Profissional e a Família

Por que algumas pessoas não conseguem negar nada?

A principal razão para alguém sentir dificuldades em dizer “não” é autoestima baixa. Nestas condições, a pessoa sente que precisa agradar os outros a qualquer custo. É como se tivesse um medo inconsciente de que ao dizer não, a pessoa sinta-se ofendida e fique magoada com ela.

Dizendo Não

Outra razão que está relacionada à autoestima é simplesmente o fato de que dizer “sim” para tudo está culturalmente associado a ser uma pessoa boazinha. Quando negamos algo para alguém que não sabe ouvir um “não”, logo somos taxadas de malvadas. Essa situação contrária gera um sentimento de culpa em quem costuma dizer sim para tudo.

Sentimento de mãe: Mulheres protetoras têm o hábito de achar que os outros (não só os filhos) precisam da sua ajuda sempre, e que são incapazes de resolver seus problemas sozinhos. Além de se sentirem culpadas por negarem algo, elas tendem a sentir muita pena da pessoa, por isso não conseguem dizer não.

Quais as consequências de dizer “sim” quando se quer dizer “não”?

Em primeiro lugar, dizer “sim” quando é preciso dizer “não” é prejudicial tanto para quem diz, como para quem ouve. Se você não pode assumir a responsabilidade de algo (como os exemplos citados no início deste artigo), não tem sentido fazê-lo com sacrifícios, até porque muitas vezes isso implica em prejuízos financeiros, sobrecarga física e emocional.

Dizendo não

Já quem está acostumado a ouvir “sim” o tempo todo, também pode sofrer prejuízos. A diferença é que eles não afetam o bolso, e podem ser a longo prazo.

Filhos mimados, colegas e amigos folgados e pessoas aproveitadoras não são bem vistas por ninguém. Quem quer ter uma pessoa assim por perto? Dizer sim para elas é o mesmo que incentivá-las a viverem dessa forma.

Isso não significa que você deve dizer não para tudo e todos. Diga sim quando realmente puder atender ao pedido. É verdade que em alguns momentos precisamos fazer pequenos sacrifícios em favor dos outros, mas até para isso é preciso ter bom senso. Vale a pena se sacrificar sempre? É claro que não.

Como dizer não?

Não seja grosseira: Negar algo a alguém não tem nada a ver com ser grosseiro ou arrogante. Quando precisar dizer não, lembre-se de se colocar no lugar do outro. Explique o porquê do “não”, e saiba como falar de maneira educada e gentil.

Não é preciso platéia: É muito constrangedor quando alguém te nega algo em público, não é? Para o outro também é. Portanto, quando for negar algo, procure fazer isso a sós com a pessoa. Evite chamar a atenção dos outros para a conversa.

Dizer não

Seja clara e objetiva: “Talvez eu possa”, “Vou ver”, “Acho que sim”, “Não sei se posso”… Se você precisa negar algo, seja muito clara! Diga não e pronto. Explique as razões e não deixe dúvidas, nem crie falsas expectativas de que irá atender ao pedido.

Tenha postura: Não precisa ficar constrangida em negar algo. Você tem suas razões e precisa estar convencida disso. Não fique se lamentando, muito menos na frente da pessoa. Isso é desnecessário e pode até atrapalhar a compreensão do outro.

Dizer “não” também é importante nas nossas vidas. Tenha confiança em si mesma e lembre-se de que não precisa se sujeitar à vontade dos outros sempre. O “não” só frustra e magoa pessoas que não estão preparadas para uma negação, mas isso já não é culpa sua.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta