NadaFrágil.com.br

As razões que levam a mulher a pedir o divórcio


Fabíola Cunha

Mulheres que estão considerando o divórcio muitas vezes tentam a terapia como última tentativa de salvar seus casamentos. Muitas vezes, os maridos permaneceram sem conhecimento dos problemas matrimoniais até aquele ponto, segundo pesquisas com terapeutas de casal, em reportagem do jornal Huffington Post sobre o assunto.

Alguns pontos são universais para explicar porque as mulheres optam pelo divórcio. Veja abaixo:

Elas se sentem desvalorizadas e muito responsabilizadas pelo relacionamento

divorcio

Para um casamento funcionar, marido e mulher têm que participar. Isso pode parecer óbvio, mas na verdade pede atenção, esforço, intenção e muita comunicação. No fim do dia, muitas esposas pensam em tudo que fizeram pela família e se perguntam onde o marido estava. É impossível não se perguntar por que se esforçar tanto quando não se recebe nada, ou quase nada, em troca.

Elas têm a mesma briga com o marido

divorcio

Muitos casais que chegam ao consultório de um terapeuta tem a mesma reclamação sobre a mesma questão por anos. Quando as necessidades dela continuam sendo ignoradas, ressentimentos mútuos crescem – um fator mortal para o relacionamento. Quando as mulheres sentem que são incapazes de provocar a mudança, elas podem desistir do relacionamento e procurar uma saída, pois continuar com aquela situação deixa de ser uma opção.

Dica: Leia também nossa matéria especial com um passo a passo para aprender tricô.

Elas estão insatisfeitas com a vida sexual

divorcio

Para muitos casais, o sexo é um bom termômetro para conhecer a saúde geral do relacionamento. Quando mulheres reclamam sobre essa parte do casamento, há geralmente outros problemas fora do quarto do casal. Mulheres frustradas sexualmente dentro de um casamento se sentem exaustas emocionalmente. A intimidade sexual pode facilmente tornar-se um problema intransponível para o casal.

Elas não conversam e não se conectam emocionalmente com o marido como antes

divorcio

Mulheres casadas há muito tempo optam pelo divórcio porque elas não se sentem emocionalmente ligadas ao parceiro. Essa também é a causa que leva muitas mulheres a iniciaram relacionamentos extraconjugais, procurando a conexão emocional em outro local.

Elas estão fora de sintonia com os parceiros

divorcio

É inevitável que as pessoas vão crescer como indivíduos durante o curso do relacionamento. Isso só se torna um problema real quando eles crescem de formas muito diferentes e um dos parceiros resiste à reconexão, criando padrões que a mulher não quer repetir. Isso é muito comum quando o casal opta por ter filhos e a mulher se vê amadurecida e responsável na maternidade enquanto o marido continua a viver como se não tivesse filhos – ou fosse solteiro.

Elas chegam a um ponto em que o divórcio é o único modo de se colocarem em primeiro lugar de novo

divorcio2

Para muitas mulheres, terminar o casamento é melhor do que passar outro dia, semana ou ano lidando com o marido e seus problemas que nunca melhoram. Isso é especialmente forte em casos de vícios e temperamento desequilibrado. O divórcio acaba sendo a escolha mesmo que haja amor e esforço constante para ficar juntos.

E então? Você acredita que essas razões são comuns na vida das mulheres que decidem pelo divórcio? Quais fatores influenciam mais? Deixe seu comentário abaixo!

 

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta