NadaFrágil.com.br

Como Economizar Dinheiro sem Apertar os Cintos


Calila Galvão

Quem já precisou economizar alguma vez na vida, sabe como é difícil. Tem que fazer mil contas, tirar daqui para colocar ali e mesmo assim, o dinheiro pode não ser o bastante. Além do mais, você vai precisar deixar de lado algumas de suas melhores vontades como ir ao cinema, sair para jantar fora e outras coisas supérfluas que precisam ser cortadas da lista antes que você entre em falência. Quer arranjar um jeito de guardar dinheiro sem ter que abdicar de certos prazeres da vida? Então preste atenção.

Trocando roupas com as amigas

Economia sem apertar os cintos

Todas nós sempre temos aquelas peças de roupas que estão no fundo do armário e que não saem de lá para nada. Estão ali somente para ocupar espaço. Que tal dar um jeito nisso? Organize um encontro com as suas amigas e conhecidas, cada uma deve trazer roupas e acessórios como bolsas, cintos e sapatos que não usam mais e fazer trocas. Sempre tem algo que uma quer e a outra não quer mais. Cada uma traz uma comida e bebida diferentes e pronto: além de ser econômico é também muito divertido.

Dica extra: Veja como economizar no curso de inglês.

Decorando a casa

Economia sem apertar os cintos

Caso uma reforma na casa seja muito necessária nesse momento, também é possível economizar. Coloque a mão na massa e pinte você mesma a parede, não é uma tarefa difícil e você pode chamar alguns amigos para ajudar no serviço. Vasculhe lojas de móveis, pesquise preços, vá a antiquários e lojas e móveis usados. E você pode até reutilizar o seu próprio móvel, as vezes apenas uma boa reforma pode deixá-lo de cara nova.

Dinheiro do troco

Economia sem apertar os cintos

Sabe aquele troco que sobra das compras no supermercado ou do almoço? Pois bem, ele pode parecer uma quantia muito pequena, mas procure guardá-lo. É como diz o ditado: “de grão em grão a galinha enche o papo”.

Nada de academia

Economia sem apertar os cintos

A academia é um item da sua lista que pode ser cortado com tranquilidade. Se você não está em busca de músculos grandes, mas apenas de saúde, então, ela é completamente dispensável. Você pode fazer exercícios ao ar livre como caminhada ou corrida, ou tirar a bicicleta da garagem e tratar de pedalar. Também há diversos exercícios que podem ser feitos em casa, usando os próprios móveis e aparelhagem da casa, como é o caso dos exercícios calistênicos.

Baladas

Economia sem apertar os cintos

Pense bem: você quer se divertir e depois ficar no vermelho? Essa é uma escolha simples de ser feito e tenho certeza de que você fará a certa. Você não precisa cortar a diversão por inteiro, basta estabelecer um limite. Por exemplo, se você está acostumada a sair todo sábado, que tal fazer isso apenas de 15 em 15 dias ou uma vez no mês? Isso vai ser bom até para a sua imagem, afinal de contas, ninguém gosta muito de arroz de festa e você vai virar uma novidade nas baladas.

Agora se você já tem um namorado ou noivo e está pensando em casar, leia nossa matéria, como casar sem dinheiro.

Produtos em atacado

Economia sem apertar os cintos

As compras de supermercado são, na maioria das vezes, a conta mais alta do mês. Por isso, escolher lojas que vendem produtos em atacado pode ser uma excelente escolha. No momento da compra você vai precisar gastar um pouco mais de dinheiro, mas com o passar do tempo, é possível notar a diferença. Os produtos saem mais baratos, você economiza não apenas a grana, mas também o tempo de ter que ir, pelo menos, uma vez por mês para fazer as compras.

Cozinhar

Economia sem apertar os cintos

Eu sei que nem todas as mulheres, ainda mais nos dias de hoje, não são mestres de cozinha, mas não há nada que não possamos aprender. Cozinhar, além de ser mais barato, pode ser uma excelente terapia. Faça um jantar qualquer dia e chame as amigas. Você vai conseguir se divertir sem sair de casa e não vai precisar esvaziar a carteira para isso.

Conta de telefone

Economia sem apertar os cintos

Essa pode levar qualquer uma para o buraco, especialmente se você é daquelas que adora passar horas na linha contando as fofocas do final de semana. Tá na hora de trocar o plano conta pelo controle e estabelecer qual valor será pago no fim do mês, sem surpresas. Gosta de conversar? Que tal utilizar o Whatsapp ou o Facebook? Pode não ser tão divertido, mas pense nisso como algo temporário.

Compras

Economia sem apertar os cintos

Está com vontade de comprar uma roupa ou um sapato? Nunca se deixe levar pelo primeiro impulso e não saia de casa antes de pensar bem se realmente precisa daquilo. Dá para pegar algo emprestado com a amiga ou usar uns acessórios para levantar aquele vestido que a muito estava esquecido no guarda-roupa. Se não tiver jeito, procure uma roupa versátil, que pode ser usada em outras ocasiões e acima de tudo, que seja algo que você ame ou então ela vai parar no fundo do armário com a mesma rapidez que foi comprada. Uma boa opção para economizar é utilizar aplicativos que fazem uma pesquisa de preço em várias lojas do país por você.

Cartão de Crédito

Economia sem apertar os cintos

Nunca o leve para a rua e procure colocar na carteira apenas a quantidade de dinheiro que você vai realmente precisar. Olhar as vitrines é um grande apelo ao cérebro que fica apenas dizendo que você precisa daquele sapato ou daquela bolsa. Já ouviu a frase: “olhar e comer com a testa”? Pois bem, o melhor mesmo é ir a rua apenas para comprar o necessário e voltar logo para casa, se não vai acabar saindo dos trilhos.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta