NadaFrágil.com.br

Como controlar as emoções para não comprar por impulso


Fabíola Cunha

O inimigo do orçamento mensal é comprar por impulso. Todos passam por isso, é claro, e pode ser muito difícil de sossegar a vontade de comprar algo uma vez que ela toma conta.

comprar por impulso

Há sempre algum produto que temos que ter, como um sapato da moda, um jeans que combina com tudo, até mesmo uma sobremesa mencionada por um colega.

Confira estratégias para não comprar por impulso


1. Crie uma lista de 30 dias
Você não pode comprar nada, além das coisas necessárias, até que um período de 30 dias de espera passe.

Coloque essa lista em sua geladeira, e quanto tiver muita vontade de comprar algo, coloque na lista com a data em que sentiu o impulso.

Depois que passar um mês, você pode comprar o item. É bem provável que a urgência tenha passado e que você possa tirar esse item da lista. Isso funciona se você cumprir a regra.

2. Não vá ao shopping
Você com certeza vai sentir o impulso de compra se estiver próximo ou em um shopping. Então, previna-se simplesmente não frequentando nem shopping, nem galerias ou ruas e bairros muito comerciais.

comprar por impulso

Desloque-se para uma loja apenas se você tiver uma necessidade verdadeira. Por exemplo: supermercado. E mesmo assim, faça uma lista de comprar e siga à risca. Não fique vagando pelos corredores sem objetivo e não coloque comprar na categoria de diversão. Encontre outra maneira (e local) para se divertir.

3. Não entre em sites de compra
Assim como uma visita ao shopping pode alimentar o impulso pela compra, visitas a sites com enorme variedade de produtos também irá perturbar seu sossego.

Grandes sites fazem das compras algo muito fácil, rápido e simples. Um perigo!


4. Monitore seus impulsos
Crie o hábito de monitorar seus impulsos. Escreva em um caderno ou agenda quando sentir uma vontade muito forte de comprar algo.

Isso ajuda você a se tornar mais consciente sobre o impulso, que é algo que normalmente não notamos.

A inquietação que surge pode ser leve ou causar até mesmo efeitos físicos. Fique atento a tudo e anote.

5. Vale mesmo a pena?
Ao comprar por impulso esse item que tanto deseja, quantas horas do seu dia e da sua vida você estará desperdiçando?

Quanto você vai gastar não apenas financeiramente, mas em termos de trabalho, ajustes para arcar com a despesa, etc. Pense em tudo isso. E novamente: tome nota de tudo.

6. Planeje suas aquisições
Fazer uma lista antes de ir às compras é mais importante do que parece. Tornar um hábito seguir a lista, mais importante ainda. Pouco a pouco, você vai diminuir os impulsos pela compra de itens diversos.

comprar por impulso

Para aquisições necessárias, planeje e economize antes. Procure alternativas, pesquise preços, saia da zona de conforto, das mesmas lojas e mesmos sites. Planeje com antecedência aniversários e Natal, por exemplo, e comece a guardar dinheiro antes.


7. Pense além
É muito útil ter objetivos claros em mente o tempo todo. O que você planeja fazer da sua vida? Você quer viajar pelo mundo? Ter filhos e ficar em casa? Focar em sua profissão e aprimoramento?

Você tem objetivos financeiros para alcançar em médio e longo prazo? Mantenha tudo isso em mente e use como freio.  Comprar por impulso pode desestabilizar seu futuro se você relaxar demais no controle financeiro.

Quer saber mais sobre o assunto? Veja nossa matéria com dicas para controlar seu dinheiro.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *