NadaFrágil.com.br

Dieta ortomolecular – Uma dieta completa e saudável


Daniele Batista

Perder peso é um dos grandes desafios da mulher moderna. Emagrecer com saúde é um objetivo que muitas vezes parece difícil de alcançar, por tanto encontrar a dieta certa, que ofereça uma perda consistente de peso, além de nutrientes e alimentos naturais para que sua saúde continue intacta é o que todas desejam. Para isso médicos conceituados do mundo inteiro se mostram cada vez mais adeptos da Dieta Ortomolecular.

Composta principalmente por alimentos orgânicos, ela não possui apenas um cardápio genérico, mas sim uma variedade grande de produtos e um menu que deve ser prescrito, levando em consideração o tipo físico, metabolismo, histórico familiar e ainda o peso que se quer perder.

Uma dieta rica em nutrientes

Para quem deseja emagrecer com saúde e deseja tentar a dieta ortomolecular, alguns dos benefícios causados podem ser responsáveis por tantos adeptos que se declaram fiéis seguidores do cardápio natural.

Dieta ortomolecular

É uma dieta conhecia por causar, além da perda de peso, alívio para diversos problemas de saúde, tais como problemas intestinais, síndrome do intestino irritável, colite ulcerosa, diarreia, prisão de ventre, inflamação crônica, problemas cardiovasculares, depressão entre outros transtornos mentais, ansiedade, falta de vitalidade, enxaquecas, problemas menstruais, artrites e artroses, osteoporose, transtornos de tireoide, retenção de líquidos além de fibromialgia.

Com tantos benefícios não há como dizer que é impossível emagrecer com saúde. Por estes motivos a dieta ortomolecular se tornou uma das preferidas de diversas celebridades, que diante de todo o estresse diário, não perdem a oportunidade de cuidar da saúde e se manter em forma.

Esse programa alimentar surgiu na década de 1960, desenvolvida pelo americano Linus Carl Pauling, um químico quântico, ganhador do prêmio Nobel da química em 1954 e do Nobel da paz em 1962. Pauling foi o criador do termo “ortomolecular” que deu origem à medicina ortomolecular, um método inovador que não é tão amplamente aceito pelos adeptos da medicina tradicional.

Baseada em alimentos orgânicos e suplementos alimentares, a dieta ortomolecular promove uma perda de peso saudável e diversos outros benefícios à saúde

Baseada em alimentos orgânicos e suplementos alimentares, a dieta ortomolecular promove uma perda de peso saudável e diversos outros benefícios à saúde

Muito mais que uma dieta, esse plano nutricional traz uma alimentação  balanceada e a indicação de uma série de alimentos, cujos nutrientes variam de acordo com o profissional que receita a dieta.

Nutricionistas e endocrinologistas costumam desenvolver o cardápio personalizado de acordo com uma análise dos hábitos do paciente, por tanto não é possível encontrar uma fórmula pré-estabelecida, já que a dieta ortomolecular costuma respeitar a resposta molecular de cada indivíduo.

Mesmo que não haja uma fórmula padrão a ser seguida, algumas regras básicas são importantes e devem ser seguidas a risca, tais como a proibição do consumo de carboidratos na última refeição do dia, ou a ingestão de qualquer tipo de carne vermelha, alimentos industrializados ou gema de ovos.

Como faço para seguir a dieta ortomolecular?

Um dos principais objetivos desta dieta é desintoxicar o organismo, por isso deve ser prescrita por um profissional

Um dos principais objetivos desta dieta é desintoxicar o organismo, por isso deve ser prescrita por um profissional

O grande segredo está no fato de ser um tratamento. Obesidade é uma doença, e a dieta ortomolecular age combatendo o excesso de peso de maneira medicinal. O tratamento ortomolecular começa através de exames, seja dos fios de cabelo da pessoa, saliva, sangue ou urina. O objetivo destes exames é avaliar a concentração de vitaminas e minerais presentes no organismo, isto para que um cardápio balanceado possa ser desenvolvido corretamente.

Com o resultado destes exames nas mãos, o nutricionista ou endocrinologista elabora um plano alimentar personalizado, além de prescrever suplementos em cápsulas, comprimidos, pó ou injeções. Esses suplementos servem para equilibrar todos os sistemas do organismo e suprir qualquer falta de vitaminas que possa ocorrer.

Mas é importante lembrar que este tratamento deve ser desenvolvido por um profissional especializado, pois o excesso no consumo de determinados suplementos e vitaminas pode ser prejudicial à saúde. Por causa disso, o maior problema encontrado nesta dieta é o preço. É comum gastar de 50 a até mesmo 500 reais em suplementos, tudo dependendo do médico escolhido para o tratamento. Isso sem levar em consideração o valor dos alimentos naturais, ou da consulta médica especializada. Por tanto, para seguir com esse tratamento é importante estar disposto a investir em si mesma e na sua saúde.

Como aproveitar o conceito para cozinhar a seu favor?

Cozinhe legumes no vapor para não perder os melhores nutrientes no cozimento.

Cozinhe legumes no vapor para não perder os melhores nutrientes no cozimento.

O fato da dieta ortomolecular se basear na ingestão correta de nutrientes que trazem equilíbrio ao seu organismo, algumas dicas retiradas do conceito deste plano alimentar podem ajudar no tratamento e, principalmente, na hora de emagrecer.

– Evite utensílios de alumínio na sua cozinha. Os resíduos desse metal são altamente tóxicos e ficam depositados na comida após o preparo, o que leva a uma intoxicação do seu organismo.

– O ideal é preferir panelas de vidro, ou com um bom antiaderente. Lembre-se de descartar as panelas caso este antiaderente comece a sair, pois além dos resíduos que se desprendem da panela serem prejudiciais à sua saúde, as partes que perdem a proteção permanecem apenas com o alumínio.

– Cozinhe os alimentos no vapor ou, no máximo, à 100 graus célsius (o ponto de fervura da água), isto porque calor demais oxida os alimentos, e estes perdem seus nutrientes mais saudáveis.

Com estas dicas básicas e um acompanhamento médico adequado, emagrecer se torna fácil e até mesmo prazeroso, e manter a saúde passa a ser apenas uma consequência da boa alimentação.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *