NadaFrágil.com.br

Ele simplesmente não está tão afim de você


Calila Galvão

O mundo é das mulheres. Essa frase já foi ouvida diversas vezes por causa do grande crescimento das mulheres em diversos setores, principalmente quando se fala em mercado de trabalho. A mulher saiu da sua dependência financeira pelo marido e conseguiu andar com as próprias pernas. Hoje nós decidimos sobre tudo no nosso futuro, depois da pílula, somos nós quem decidimos se teremos filhos ou não.

Ele simplesmente não está tão afim de você

Depois de todos esses avanços fica quase impossível de se imaginar a mulher como sexo frágil. O problema é que teve um setor que não foi de forma alguma abandonado por nós: os relacionamentos amorosos. Quantas mulheres já não sofreram por amor ou pelo simples desespero de ficar por horas esperando o cara te ligar ou enviar pelo menos uma mensagem. E já notou como muitas de nós conseguimos achar uma boa desculpa facilmente para explicar o fato dele não ter ligado no dia seguinte? É exatamente sobre isso que o livro Ele Não Está Tão Afim de Você fala.

Como tudo surgiu

Liz Tuccillo estava num dia de trabalho comum. Ela é uma jornalista e estava trabalhando na redação de Sex na the City e como de costume ela e suas amigas estavam nos minutos da fofoca do trabalho. Aí uma de suas colegas estava falando sobre o comportamento que o homem com quem acabara de sair estava tendo. Ela não o entendia, disse que ele estava passando sinais incoerentes e que não sabia o que fazer.

Ele simplesmente não está tão afim de você

Eles haviam saído a noite tinha sido perfeita, pelo menos para ela, e ele disse que iria ligar e que gostou muito de conhece-la. Adivinha o que acontece? Ele não ligou no dia seguinte, mandou um e-mail e ficou mantendo contato à distância. Então, todas as mulheres trataram logo de arranjar uma boa desculpa dizendo assim: olha, ele só está intimidado por você, porque você é uma mulher de sucesso e fabulosa e ele não havia consigo alguém que lhe desse tanto impacto ainda.

Ele simplesmente não está tão afim de você

Mas, pela salvação divina, Greg Behrendt que também trabalha na redação pelo menos duas vezes por semana, estava por lá e foi logo claro e objetivo: bom, o que parece mesmo é que ele não está tão afim de você. Elas ficaram um pouco chocadas com a afirmação, mas de forma relutante aceitaram essa explicação. Afinal de contas, uma mulher não gosta de admitir que o cara não se sente atraída por ela, acha isso inadmissível.

A construção do livro

Então, Greg começou a ouvir as mais diversas história de sinais trocados e várias outras colegas de trabalho começavam a lhe contar. Mesmo sendo pessoas completamente diferentes, Greg notava logo no início da conversa que a resposta era bem obvia: ele não está tão afim de você. E o que ele percebe em 100% das histórias é que todas nós arranjamos desculpas, desde as mais mirabolantes como dedos quebrados (um empecilho para discar os números), mas não conseguimos meter nas nossas cabeças que o cara pode simplesmente não estar afim de nós.

Ele simplesmente não está tão afim de você

Foi nesse contexto que Greg e Liz resolveram criar um livro pensando em nós mulheres. Um livro que desfaça esses mitos ridículos que nós criamos para viver insistentemente na penumbra e na espera ao lado do celular. O livro é divertido e com uma linguagem bastante simples. Ele é divido em partes e vai contando cada caso com a respectiva resposta do Greg e da Liz para cada um deles. Você vai se divertir e com certeza vai encontrar alguma ocasião em que você estava no lugar dessas adoráveis e deslumbrante mulheres que simplesmente não conseguem admitir que o cara não está tão afim de você.

Facebook NadaFrágil.com.br

Uma resposta para “Ele simplesmente não está tão afim de você”

  1. Emanuelle disse:

    Ola, assisti o filme e acabei de comprar o livro, ainda não li.
    Eu conheci um cara lindo em um barzinho, á uns 4 meses, ficamos e ele pegou meu numero, no outro dia nem lembrava mais dele.
    Mais ou menos 1 semana depois ele me ligou, nos falamos e começamos a sair.Saiamos por 1 mês, um pouco mais, ele sumiu, liguei, mandei mensagem e esperei 1 semana e nada, apaguei o numero dele e segui minha vida.
    Passado uns 2 meses ele me manda uma mensagem, dizendo q eu sumi, não liguei mais, não respondi as mensagens dele, e q ele se conformou com isso, mas que eu passar do lado dele e nem dizer oi era muito.
    Depois de uma longa DR, cheia de desculpas esfarrapadas, por mensagem, combinamos 1 almoço para conversarmos.
    Nisso uma amiga miha descobriu o Faceboock dele e viu que o status do mesmo estava “em um relacionamento serio” inclusive especificando a mulher.O questionei sobre isso, ele disse que não tinha tido tempo de alterar o estatus, pois fazia tempo que não acessava o mesmo.
    Não sei se acredito nele, para minha “sorte” trabalhamos no mesmo predio, depois daqle almoço, ele passou mais um fone de contato o que tem cadastrado o whatsapp, e conversamos, desde que me lembro, todas as vezes foi eu que falei com ele primero, convideo pra um churrasco e ele disse que iria viajar, nos encontramos duas vezes na escada de incendio do predio em que trabalhamos, durante uns 15 minutos cada um.
    Sinceramente acredito que ele me “enrrola”, mas me pergunto, POR QUE ELE ME PROCUROU NOVAMENTE?

Deixe uma resposta