NadaFrágil.com.br

Estudo confirma que filhos de mães dinâmicas são mais ativos


Eliana Lee

Um estudo feito com 500 mães inglesas comprova que quanto mais disposta e dinâmica é a mãe, maior a probabilidade de a criança também ser fisicamente ativa. As informações foram divulgadas este mês pela BBC.

Ao contrário do que muitas pessoas imaginavam, a criança não é naturalmente “bem disposta” a praticar atividades físicas. Ela possui muita energia para gastar e gosta desse tipo de exercício, mas os pais têm papel fundamental na hora de desenvolver nos filhos esse tipo de desejo por atividades saudáveis e dinâmicas.

Portanto, é super importante suscitar nos pequenos hábitos saudáveis desde cedo. Quer saber como?

 Yoga mães e filhos

Mexa-se!

O estudo foi feito com mais de quinhentas mulheres, que utilizaram aparelhos para monitorar o coração durante suas atividades físicas e também em casa, dormindo ou realizando afazeres domésticos.  Chegou-se à conclusão de que quanto maior o nível de atividades da mãe, menos sedentarismo seu filho apresentava. A proporção final é de 10 minutos de sedentarismo infantil a cada hora de sedentarismo da mãe. Parece pouco, mas em meses e em um ano, acaba se tornando um longo tempo ocioso e sem realização de atividades.

PS: Confira também nosso artigo especial sobre decoração para quarto de crianças.

O estudo também reconhece que uma vez que se tornou mãe, a mulher pode não voltar a realizar os exercícios que fazia antes da gravidez. Algumas mulheres, inclusive, ficam em casa para cuidar dos filhos durante um período, fazendo com que adiem (ou abandonem) seu retorno ao trabalho fora. Esta falta de atividade poderia afetar também os filhos.

Com as várias coisas novas a se fazer depois da chegada do filho é normal que atividades físicas sejam deixadas de lado. Nesse caso, vale a pena investir em atividades em casa mesmo, estimulando também as crianças.

Existem várias possibilidades de estimular a coordenação motora das crianças, como a natação com os filhos (algumas escolinhas permitem que a atividade seja feita com crianças menores de um ano, inclusive, com acompanhamento de um adulto), passear no parque (com carrinho de bebê ou bicicletas, para crianças maiores) e até mesmo jogos que exigem movimentos do corpo (alguns tapetes de atividades, por exemplo) em casa, mesmo, podem ser uma boa saída na hora de se mexer e estimular o desenvolvimento do seu filho.

Vale ressaltar que uma alimentação saudável, o consumo de frutas e legumes e também de bastante água deve ser um costume na família, fazendo com que a criança assimile os sabores desses alimentos desde cedo e insira-os definitivamente em sua dieta.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta