NadaFrágil.com.br

Fortalecimento Muscular x Hipertrofia


Calila Galvão

Em tempos atuais, manter o corpo em forma hoje não mais uma questão de vaidade e sim de necessidade, principalmente quando o assunto é saúde. As academias estão lotadas de pessoas que desejam chegar ao “corpo ideal” e para isso acaba recorrendo a tudo para alcançar o seu objetivo. Há uma boa parte dos adeptos à musculação que são completamente desinformados sobre como chegar lá.

Fortalecimento Muscular

Esse tipo de exercício é ideal para quem não quer ganhar muita massa muscular e sim definir os músculos e ficar com tudo no lugar certo. Também é bastante procurado pelos idosos, que é um grupo que vem aumentando a cada dia e estão em busca de qualidade de vida. O fortalecimento muscular é muito importante para a nossa saúde, principalmente para os ossos, pois eles se tornam mais resistíveis a tensões que podem causar alguma fratura.

fortalecimento muscular

Elas podem e devem ser combinadas com exercícios aeróbicos e o melhor de tudo é que, por não exigir aparelhagem, podem ser realizados no conforto da sua casa. Usar quilos de feijão ou arroz, uma cadeira para apoio pode te ajudar a exercitar diversos músculos. O importante é fazer poucas séries com muitas repetições e pouco peso, por exemplo, fazer agachamento com apoio frontal na cadeira pode ser feita com 15 repetições por três vezes seguidas.

Pilates

Já bastante conhecido e divulgado em todo mundo, o método Pilates é uma forma de fortalecimento muscular que ajuda a tratar diversas patologias musculares e ósseas como problemas e coluna e desequilíbrio. Ele foi desenvolvido em 1920 pelo alemão Joseph Hubertus Pilates, que na infância sofria de asma, raquitismo e febre reumática. Com medo de passar o resto dos seus dias preso a uma cadeira de rodas decidiu estudar, por conta própria, assuntos relacionados ao corpo humano como anatomia e fisiologia. As características principais desse método são a especificidade, os exercícios devem ser direcionados de maneira individual, e ter como base uso da força abdominal estabilizando o centro de gravidade.

Treinamento Funcional

Outro que está na lista dos queridinhos em matéria de exercícios físicos é o treinamento funcional. Ele ficou famoso e se tornou a forma de treinamento preferida entre muitas pessoas por diversificar a forma de se exercitar. Para quem não gosta da monotonia da repetição nas academias pode se beneficiar bastante dele. Esse método trabalha, além do fortalecimento muscular, a flexibilidade, a coordenação motora, o equilíbrio e o sistema cardiorrespiratório. Mesmo aqueles que nunca realizaram nenhum tipo de atividade física podem optar pelo treinamento funcional, pois a complexidade dos exercícios começa sempre da menor para maior.

Hipertrofia

Algumas pessoas possui um certo preconceito para com aqueles que são também chamados de “marombados”.  Muitas frases como “não tem cérebro, apenas músculos” é uma forma completamente errada de pensar. Para ganhar massa magra de grande volume não basta apenas ir para a academia todos os dias e levantar peso. É preciso um conhecimento prévio desde o tipo de exercício, a angulação das articulações e dos aparelhos e principalmente conhecer quais os alimentos podem favorecer esse ganho de massa muscular.

hipertrofia

O que ocorre com as células musculares é um tipo de adaptação por causa de uma maior exigência energética do nosso metabolismo. Para que o organismo funcione a contento para essa nova atividade uma maior quantidade de nutrientes é necessária. Um aumento nos carboidratos e proteínas pode vir muito a calhar, pois se a proteína não é resposta constantemente o corpo utiliza a que temos armazenada nos músculos como fonte de energia principal na falta de carboidratos. Uma diferença relevante entre o fortalecimento muscular e a hipertrofia é o nº de repetições e o de séries que normalmente inversamente proporcional: maior número de séries e menor número de repetições.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta