NadaFrágil.com.br

Mantendo o Equilíbrio


Calila Galvão

Quem nunca ficou ansioso por um telefonema, por um resultado clínico, para saber o sexo do bebê ou por tantas outras coisas? Parece que ficamos ansiosos frequentemente e perdendo a cabeça e isso pode se tornar um hábito ruim. A meditação busca o equilíbrio da mente e pode ser a chave para curar esse mal que atinge tantas pessoas, principalmente as mulheres.

Leia também como controlar a ansiedade.

ansiedade1

A ansiedade

Existem vários fatores que podem desencadear a ansiedade dentro de nós: acontecimentos na infância e vivências no dia a dia. O fato de estarmos na cultura do imediatismo na qual “o futuro já começou” nos dá a ideia de que não podemos esperar. Queremos tudo rapidamente, tanto é que a tecnologia tem nos auxiliado bastante nisso. Não precisamos mais esperar horas na fila de um banco para pagar contas, podemos fazer tudo pela internet.

ansiedade2

Mas existe a ansiedade normal ao ser humano, que acontece frente a situações que realmente podem causar certo nervosismo como falar em público ou aguardar na sala de espera para uma entrevista do trabalho dos seus sonhos. O grande problema é que a ansiedade pode se tornar patológica e atrapalhar não apenas a sua vida, mas a de todos que vivem ao seu redor. A partir desse ponto é necessário pedir a ajuda do profissional, o psiquiatra e fazer sessões de terapia com o psicólogo.

O equilíbrio

Chegar ao equilíbrio não é uma tarefa fácil. Mas o que é de fato esse tal equilíbrio? É muito difícil manter o equilíbrio emocional quando as coisas não estão bem. O desespero e o medo acaba se tornando fiéis companheiros de jornada quando você recebe notícias não muito agradáveis. O término de um relacionamento, a perda de um emprego ou a morte de um parente pode ser um grande choque e todos nós precisamos de um tempo para se acostumar a essas ideias.

ansiedade3

Existem algumas coisas que, se tornando um hábito, podem te ajudar a passar por esses momentos difíceis de uma forma mais tranquila e sem tantos sobressaltos. Veja algumas dicas que preparamos para você:

  • Não tome decisões quando estiver tomada por sentimentos de raiva ou angústia, pois na maioria das vezes você vai se arrepender depois e pode ser tarde demais para voltar atrás;
  • Não fique remoendo o passado porque ele não volta e você não pode mudar nada. Ficar pensando nas circunstâncias que levaram ao acontecimento não vai ajudar em absolutamente nada. Isso pode te levar a um sentimento de culpa e para um estado depressivo;
  • Em vez de ficar no passado se martirizando, aprenda com os seus erros. O inteligente aprende com o erro dos outros, o normal aprende com os seus próprios erros e o burro não aprende nem com seus próprios erros;
  • Olhe sempre para frente. Se uma porta se fechou procure as que estão abertas e veja quais as suas possibilidades. A mudança pode trazer medo e insegurança, mas na maioria das vezes se tornar muito positiva e nos faz crescer como ser humano;
  • Não morra na praia. É muito difícil recomeçar, porque você certamente encontrará algumas dificuldades que não estavam no script, mas quem não passa por elas? Persista.

ansiedade4

 

Ter pensamentos positivos é uma poderosa arma para deixar a ansiedade de lado e manter o equilíbrio. Pensar que vai dar certo pode sim fazer com que o sucesso te alcance. Procure ficar longe de pessoas que te colocam pra baixo e te trazem pensamentos ruins. O apoio da família e dos verdadeiros amigos nesse momento pode ser a melhor opção.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *