NadaFrágil.com.br

Mitos sobre os cuidados com a pele


Calila Galvão

Cuidar da pele requer alguns minutos do seu dia, mas vale a pena. Porém, é necessário ter alguns cuidados quando esse é o assunto. Ouvimos muitas coisas por aí que acabaram se propagando de forma errada, são os tais mitos. Segui-los pode trazer grandes problemas não só para a pele, mas também para a sua saúde. Veja quais são eles e fique atenta!

Não precisa usar protetor solar em dias nublados

Mitos sobre os cuidados com a pele

Esse é um mito bastante propagado e muitas pessoas seguem. Porém, é uma afirmativa até compreensível já que o protetor solar é associado ao calor e ao verão. Vemos muitas propagandas desses produtos no verão, mas quase nenhuma no inverno.

Pois bem, mesmo se o dia estiver chuvoso ou nublado, você deve usar o protetor solar. Pode não parecer, mas os raios UVA e UVB estão por ali, atingindo a nossa pele com menor intensidade por causa das nuvens, mas estão. Então, esteja sempre com um bom protetor solar. Você deve aplicá-lo, pelo menos, 30 minutos antes de sair de casa.

Lavar o rosto várias vezes ao dia reduz a oleosidade

Mitos sobre os cuidados com a pele

Isso é uma meia verdade. Lavar o rosto realmente ajuda a remover o excesso de oleosidade que as glândulas sebáceas de algumas pessoas produzem em maior quantidade. Porém, esse “várias vezes” precisa de um certo limite e bem pequeno. O recomendado é que o rosto seja lavado, no máximo, 2 vezes por dia.

Lavar o rosto mais do que isso provoca o efeito inverso. O sebo produzido pelo nosso corpo é de grande importância para a proteção do nosso tecido epitelial. Quando há uma remoção extrema dele, as glândulas tendem a produzi-lo em maior proporção, mais até do que antes. Portanto, lavar o rosto muitas vezes ao dia é o mesmo que o tiro sair pela culatra.

Dica: Confira também nosso artigo especial sobre as manchas vermelhas sob a pele.

A pele do rosto é igual a pele do corpo

Mitos sobre os cuidados com a pele

Não, de jeito nenhum! A gente consegue perceber facilmente que a pele do rosto é mais sensível que a do resto do corpo. Por exemplo, quando você vai à praia ou à piscina e se expõe ao sol, a primeira parte do corpo a ficar vermelha é o rosto.

Já viram como é bem mais comum ter acne no rosto que em outras partes do corpo? Isso ocorre porque o corpo possui uma quantidade menor de glândulas sebáceas e, consequentemente produzem menos sebo. Além disso, em procedimentos cirúrgicos ou mesmo estéticos, os cuidados são maiores com a pele do rosto já que esta encontra maior dificuldade na cicatrização.

Por todos esses motivos expostos aqui e por outros que não foram ditos, é muito importante que, na hora de comprar os produtos para a pele, você escolha por alguns que sejam específicos para o rosto e outros para o restante do corpo.

Usar hidratantes evita o envelhecimento

Mitos sobre os cuidados com a pele

Também é uma meia verdade. A pele mais hidratada envelhece mais devagar, porém o que ajuda mesmo na questão do envelhecimento cutâneo é o uso de um protetor solar. É claro que apenas isso não vai resolver o problema já que há vários fatores envolvidos no processo de envelhecimento como alimentação, atividades físicas, entre outros.

FPS acima de 30 não faz diferença

Mitos sobre os cuidados com a pele

Esse tema gera muita controvérsia e deixa muitas de nós em dúvida na hora de comprar. Pois bem, vamos esclarecer isso agora mesmo. A proteção entre um protetor solar de FPS 30 para um de FPS 50 é apenas de 1% a mais. Pessoas que já tem a pele muito sensível ou que possuem histórico de câncer na família devem usar um protetor com maior FPS.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *