NadaFrágil.com.br

Os Prós e os Contras do Café


Eliana Lee

Considerado um vilão (e um vício) por muita gente, o café é uma bebida muito consumida no Brasil e que traz vantagens para quem é adepto de uma xícara de vez em quando (ou todos os dias).  Ele influencia diretamente na sensação de prazer e relaxamento, além de conter substâncias saudáveis e úteis para nosso corpo.

Assim como tudo na vida, o exagero não é saudável e em alguns casos, a bebida pode agravar alguns quadros clínicos, como doenças gástricas. Porém, se você gosta de tomar café, é possível mantê-lo no dia a dia sem sofrer nenhum tipo de prejuízo. Confira alguns benefícios:

Antioxidantes, cafeína e bem estar

Contras do Café

O café contém antioxidantes que podem diminuir o risco de que você venha a desenvolver alguns tipos de câncer, cirrose e doenças no fígado, além de aumentar o colesterol bom. Eles também dão aquela forcinha retardando o aparecimento de marquinhas de expressão.

Quem toma muito café pode não perceber tão nitidamente como antes, mas o fato é que a cafeína é um excelente estimulante. Tomar um pouco de café pela manhã ajuda na concentração no trabalhou ou na faculdade. É por isso que algumas pessoas evitam o consumo de café à noite: a probabilidade de perder o sono é grande.

A cafeína, por agir no sistema nervoso central, aumenta o ânimo e a sensação de bem estar, até mesmo em casos de depressão. Aquela pausa para o cafezinho durante o expediente, por exemplo, ajuda na concentração quando você tiver de retornar a suas atividades, além de reanimar você.

Upgrade no treino físico

Alguns estudos recentes já difundem a ideia de que o café colabora nas práticas esportivas, o que já fez algumas pessoas adquirirem o hábito de tomar café antes de malhar. Uma xícara dez minutos a duas horas antes do treino já aumenta a disposição do corpo e aumenta o gasto calórico, o que particularmente é ótimo para quem pretende emagrecer.

Moderação no consumo

Contras do Café

Muitas pessoas se queixam de dor de cabeça e ansiedade quando não consomem determinada quantia de café diária. Esse tipo de situação  acontece porque a cafeína “vicia” e o organismo de quem abusa do café passa a sentir “necessidade” da substância. Então a pessoa passa por uma verdadeira crise de abstinência, por assim dizer.

É exatamente por isso que o café deve ser tomado com moderação. Limite-se a uma pequena quantia por dia e não exagere nas doses. Outra coisa importante a se lembrar, é que o café orgânico é muito mais saudável do que o café comum: na dúvida, opte pelo orgânico.

Quem tem problemas gástricos como úlcera e gastrite deve, se possível, cortar o consumo da bebida, pois ela pode agravar a situação.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta