NadaFrágil.com.br

Parei com o anticoncepcional, e agora?


Fabíola Cunha

Muitas mulheres são versadas sobre as mudanças positivas e negativas que ocorrem quando se começa a tomar pílula anticoncepcional (menstruação mais leve, aumento da celulite, retenção de líquido, controle do ciclo, etc). Mas e quando se deixa a pílula?

Seja para engravidar ou porque você quer desintoxicar seu organismo de todo o hormônio, as mudanças vão ocorrer e podem ser desafiadoras. Os sintomas variam de mulher para mulher, claro, mas alguns são mais comuns:

Menstruação mais forte

absorvente

A progesterona e o estrogênio presentes na pílula impede você de ovular, então todo o processo é bem mais leve e rápido do que quando você ovula. Muitas mulheres terão mais dias menstruadas, cólicas mais severas e fluxo maior quando deixam a pílula. O limite do suportável é você quem decide.

Confira também nosso artigo sobre os sintomas da gravidez.

Perda de peso

acne

1/3 das mulheres ganha peso quando come a tomar a pílula anticoncepcional. Portanto, são muitos os relatos de mulheres que perderam peso quando deixaram de tomar o medicamento. Isso pode estar relacionado à retenção de líquido e a quantidade que pode ser perdida varia de mulher para mulher.

Seus seios podem diminuir

Quando o corpo feminino começa a receber doses artificiais de progesterona e estrógeno através da pílula anticoncepcional, os seios são afetados, crescendo um pouco. Sem os hormônios, a sensação é de diminuição, mas nada muito notável.

Sinais de ovulação

anticoncepcional

De volta à ovulação, o corpo vai voltar a trabalhar como se fosse engravidar, o que inclui mais fluidos vaginais e, consequentemente, corrimento. Isso é especialmente notável próximo da ovulação, quando o organismo está realmente esperando a fecundação – e trabalhando para isso. O que inclui aumento da libido, em muitos casos.

TPM em alta

anticoncepcional

Infelizmente, com o organismo de volta à ovulação, volta também a Tensão Pré-Menstrual. Não que as pílulas consigam acabar com os sintomas totalmente, mas eles acabam ficando mais intensos sem os hormônios da medicação. Dor de cabeça, sensibilidade nos seios, aumento do apetite, entre outros, também podem voltar ou se intensificar. Novamente, o limite do tolerável é você quem define!

Acne

acne

Muitas mulheres começar a tomar a pílula como forma de controlar sintomas da Síndrome dos Ovários Policísticos. Entre eles a acne. Os níveis de testosterona em mulheres que usam anticoncepcionais hormonais é baixo, mas quando ele sobe, a pele responde com mais oleosidade e, consequentemente, espinhas e cravos. Claro, quando a acne é severa, a mulher deve procurar um dermatologista antes de deixar o remédio. Quem nunca sofreu com o problemas antes da pílula dificilmente sofrerá quando deixá-la.

Cuidado!

anticoncepcional

Há um mito de que o uso contínuo de pílula por muitos anos pode deixar o sistema reprodutor da mulher “preguiçoso” e que leva alguns meses para que o organismo volte a produzir óvulos e esteja pronto para ovular. Não se engane: você pode engravidar assim que deixar de tomar a pílula. Alguns tipos de injeção hormonal pode demorar mais tempo para serem eliminadas do sistema, mas não conte com isso!

Tais alterações só mostram o quanto o anticoncepcional interfere no funcionamento de nossos organismos. Isso sem contar os riscos de problemas cardiovasculares causados pelo uso desses medicamentos. É por isso que muitas mulheres estão deixando a pílula e buscando outros meios de prevenir uma gravidez indesejada. E você? Está querendo abandonar a pílula? Conte-nos na seção de comentários abaixo!

Facebook NadaFrágil.com.br

Uma resposta para “Parei com o anticoncepcional, e agora?”

  1. Conceição disse:

    Tomei anticoncepcional por 7 anos, faz um.mês que parei de tomar, tenho sentido muito cancaco, indisposição,enjoo,pressão baixa e muitas dores pélvicas, esses sintomas são normais com a pausa do anticoncepcional?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *