NadaFrágil.com.br

Protetor solar em cápsula: a novidade do verão


Calila Galvão

Essa é a melhor época do ano para quem quer deixar a cor da pele mais bonita, pegando um bronzeado. Nesses meses de verão, as pessoas correm para o litoral em buscar de mar para se refrescar do calor ou então vão para os clubes tomar um banho de piscina ou que tal um passeio ao ar livre com os amigos e um belo banho de cachoeira?

Protetor solar em cápsula: a novidade do verão

Não importa a sua vibe. Em qualquer lugar desses você pode deitar confortavelmente em cima da sua canga e tirar aquele amarelado da pele de tanto passar os dias fechada dentro de um escritório trabalhando. O problema é que muita gente se arrisca muito na hora de tomar um banho de sol.

Todas sabemos quais são os horários propícios para ficar expostas ao sol, mas insistimos em fazer da maneira errada em nome da beleza. Só que os raios UV são extremamente perigosos para a saúde, destroem o colágeno, envelhecendo a pele e causando rugas. Porém, o mais grave de tudo é que você pode acabar desenvolvendo o câncer de pele.

Fotoprotetores orais

Protetor solar em cápsula: a novidade do verão

Você já ouviu falar deles? Essas cápsulas ajudam a pegar aquele bronzeado magnífico sem correr todo o risco de ficar muitas horas expostas ao sol. Elas podem ser compradas prontas ou podem ser adquiridas numa farmácia de manipulação através da receita médica.

As cápsulas possuem várias substâncias que aumentam a pigmentação da pele, inclusive o betacaroteno, um antioxidante que possui um nutriente muito importante, a vitamina A. Por conta dessas propriedades, o protetor solar em cápsula consegue amenizar os problemas de pele causados pelo sol.

Veja quais são os cuidados básicos para ter uma pele belíssima!

Protetor solar em cápsula: a novidade do verão

O fato de serem fitoterápicos, ou seja, substâncias naturais, oferecem bem menos riscos do que os bronzeadores comuns. Mas eles realmente funcionam? Qualquer pessoa pode usar? Como devem ser utilizados? Veja a resposta dessas e de outras perguntas abaixo.

Os fotoprotetores funcionam ou não?

A resposta é sim, eles funcionam. Os antioxidantes presentes na cápsula ajudam a combater a ação mutagênica do DNA causado pela incidência dos raios UV. Eles conseguem modificar a cadeia de DNA e quando as células se duplicam com esse elemento celular tão importante, com defeito, começa a se desenvolver o tumor. A ação antioxidante reduz as chances disso ocorrer.

Protetor solar em cápsula: a novidade do verão

Além desse dano grave que os raios solares pode causar à nossa saúde, ainda podemos falar do aumento de manchas e também do envelhecimento cutâneo.

São os radicais livres produzidos pelos raios UV que envelhecem a célula e destroem as fibras de colágeno. Desta forma as linhas de expressões e as rugas começam a aparecer mais cedo. A ação antioxidante da cápsula também consegue amenizar esses efeitos.

Como usar o protetor solar em cápsula

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que o fotoprotetor oral não substitui o protetor solar comum. O acontece é que a cápsula ajuda a reduzir os efeitos danosos para a saúde que são causados pelos raios solares mesmo quando estamos usando o protetor tópico.

O fotoprotetor deve ser utilizado apenas sob orientação médica. Cada paciente precisa de uma quantidade de antioxidantes diferentes, isso quando precisa. Também é necessário ficar atenta às contraindicações. Por exemplo, um paciente que tem a função hepática prejudicada pode não conseguir metabolizar o betacaroteno presente na fórmula.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *