NadaFrágil.com.br

Qual o Momento Certo de Desmamar o Bebê?


Eliana Lee

O vínculo entre mãe e filho durante a amamentação é uma das coisas mais importantes e inesquecíveis tanto para a mulher quanto para a criança. Está mais do que comprovado que amamentar pelo menos nos seis primeiros meses, ajuda no crescimento saudável do bebê, além de protegê-lo contra diversas doenças.

Sabemos que diversos fatores podem interferir nos hábitos de amamentação da criança, fazendo com que cada bebê mame durante um determinado tempo. O recomendado é que se dê de mamar até os dois anos de idade. Mais quando será a hora certa de “cortar o vínculo”? Muitas mulheres têm dúvidas de quando parar ou o que fazer exatamente quando o momento chegar.

A seguir listamos um tira-dúvidas sobre desmame, mas lembre-se de que conversar com seu médico e com o pediatra do seu filho é primordial.

Amamentação

Existe uma idade certa?

Como dissemos anteriormente, cada bebê tem seu próprio tempo. Alguns podem começar a demonstrar desinteresse pelo leito materno depois que experimentam comida (frutas, sucos, leite em pó). É possível perceber quando seu filho começa a “abandonar” o peito sozinho. Não se desespere. Converse com o pediatra e peça auxílio. Se ele for muito novinho, é provável que seja necessário introduzir uma fórmula artificial (leite em pó próprio para bebês).

Preciso voltar ao trabalho. E agora?

Muitas mães se sentem culpadas na hora que a licença-maternidade chega ao fim. Mas não há porque se chatear: hoje em dia isso é perfeitamente normal e você tem de ter em mente que trabalhar possibilitará dar ao seu filho uma vida ainda melhor. Para quem precisa sair de casa, uma dica é tirar o próprio leite (ordenha) através de bombinhas manuais ou elétricas e separar em potinhos esterilizados. Você pode, inclusive, congelar o leite sem que ele perca suas qualidades essenciais. Quem for cuidar do bebê precisa aprender a fazer o processo de descongelamento e também a maneira correta de oferecer o leite à criança. Muitos pediatras indicam o uso de um copinho ou colher, para que o bebê não perca o interesse pelo peito imediatamente nem tenha a fala e a mastigação prejudicadas (já que mamar fortalece a mandíbula da criança). Se não houver opção, porém, comece a oferecer mamadeira com bicos apropriados para essa fase.

Enquanto estiver no trabalho, é provável que produza menos leite a cada dia, levando ao desmame natural. Converse com o pediatra sobre como introduzir o leite artificial para a criança.

De qualquer forma, sempre comece o processo de transição antes de voltar ao trabalho, pelo menos duas semanas antes do fim de sua licença para que o bebê não sofra com a ruptura brusca da rotina.

Amamentação e Desmame

Posso dar leite em caixinha (de vaca) para o bebê?

Os especialistas proíbem o uso de leite de vaca para amamentar crianças de menos de um ano de idade, pelo fato de serem de difícil digestão e também pode causar alergias sérias e infecções gastrointestinais.

Decidi parar de amamentar. E agora?

 Conforme a idade da criança, vá oferecendo outro alimento ou suco no lugar da mamada. Aos poucos, vá observando a aceitação dela aos novos alimentos. Faça isso de maneira gradativa, tomando dias e semanas, se preciso. O desmame precisa ser lento para que a Amamentaçãocriança se acostume e você não sofra com as dores ocasionadas pelas mamas cheias de leite.

Não ceda a pressões!

Lembre-se que amamentar seu bebê é fundamental, mas não se culpe se não puder fazê-lo do jeito que gostaria, seja por problemas na hora da amamentação ou por precisar desmamá-lo antes do que previa. O amor entre vocês dois permanecerá intacto e seu filho e você descobrirão outras formas incríveis de vivenciaram sua ligação!

Da mesma forma, não ceda à pressão de outras pessoas que dão palpites acerca da hora certa de desmamar seu filho. Lembre-se que cada criança (e mãe) tem seu próprio tempo e vocês dois precisam estar preparados para que o desmame aconteça gradativamente e deixando mãe e filho felizes. Não importa a idade do seu bebê.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *