NadaFrágil.com.br

O que fazer quando o filho dorme fora de casa?


Calila Galvão

Essa conversa de deixar o filho dormir fora de casa assusta os pais dos mais pequenos e isso é uma coisa da qual eles não poderão escapar. Quando a criança vai para a escola começa a fazer amigos, o que é motivo de felicidade, pois ele está conseguindo se socializar bem com pessoas estranhas. Mas quando o convite para dormir fora de casa aparece, os pais ficam com o pé atrás.

Quando o filho dorme fora de casa

As crianças adoram esse tipo de programa, pois assim, conseguem fugir da rotina e ainda têm mais tempo para brincar antes de dormir. Mas, antes dos pais permitir esse comportamento, é preciso ficar atento a alguns detalhes para saber se o seu filho está realmente preparado para dormir na casa de um amigo sem causar problemas.

Leia também: Você é uma mãe super protetora?

Fique atenta

A primeira coisa para observar é se ele ainda faz xixi na cama. Se a resposta for sim, então está óbvio que ainda não é possível permitir que ele durma fora de casa. Isso pode constranger tanto a você quando a criança, o que não seria nada bom. Outro ponto a ser observado, é o nível de independência que uma criança possui em relação ao adulto.

Lá por volta dos 4 anos, as crianças começam a fazer coisas mais simples sozinhas, como pegar no sono, vestir a própria roupa ou escovar os dentes. Se o seu filho ainda não consegue fazer essas tarefas sem a ajuda de um adulto, então é outro indício de que ele não está pronto para dormir fora de casa ainda.

Quando o filho dorme fora de casa

Se o seu filho já está acostumado, desde muito novo, a dormir na casa de parentes como na casa dos avós ou de primos, eles estarão aptos, muito mais cedo, a dormir na casa de outras pessoas. Ele já vai saber, mais ou menos, como é a rotina de dormir fora de casa e como isso funciona, quais regras ele deve seguir.

Coisas para ensinar

Bem, os limites devem ser impostos às crianças não apenas para quando eles estiverem fora de casa e sim quando ainda estiverem em suas próprias casas. Se a criança não se acostumar, desde cedo, com regras que deve seguir e que deve obedecer aos adultos, deixa-lo dormir fora de casa não vai funcionar. Os limites devem começar dentro de casa.

Quando o filho dorme fora de casa

Quanto à alimentação, é preciso explicar a criança de que ele não vai parar um restaurante e, portanto, não poderá fazer pedidos fora da sua rotina como pedir pizza para o jantar e sorvete de sobremesa. Ele tem que comer o que for servido e se caso não gostar, não deve fazer cara de nojo para não ser mal educado. Apenas recuse e agradeça.

Mas, se ele tiver um tipo de alimentação especial, é necessário avisar aos pais do amiguinho o que ele pode ou não pode comer. O correto a se fazer é que os pais coloquem na mala da criança os alimentos que ele pode comer como um tipo de leite especial, pois, provavelmente, a casa dos anfitriões não o terá.

Se a criança sentir dor

Quando o filho dorme fora de casa

Os pais devem explicar ao filho que se ele sentir qualquer dor deve avisar aos adultos da casa, não importa que hora for. Também é prudente que os pais coloquem os remédios mais utilizados pelo pequeno no caso de dores de cabeça, cólicas ou outros sintomas corriqueiros. Se ele estiver sob algum tipo de tratamento, os remédios devem ser mandados com um bilhete indicando os horários.

Quando o filho dorme fora de casa

Crianças com diabetes só devem ir para a casa do amigo depois de tomar a dose de insulina e devem voltar para casa antes da próxima dose. Pode ser que os anfitriões não saibam aplicar injeções ou não se sintam à vontade para isso. Se a criança estiver doente, com uma virose por exemplo, não é conveniente que ela vá dormir fora de casa.

Horários a seguir

Quando o filho dorme fora de casa

Antes de deixar o filho na casa do amiguinho, acerte com os pais dele o horário de deixar o seu filho e de buscar, principalmente. Todos nós temos compromissos e, como já foi permitido dormir fora de casa, a criança precisará seguir as regras do horário. É claro que eles vão querer que esse tempo se estenda, mas os pais não devem ceder.

Coisas para por na mala

Quando o filho dorme fora de casa

Por fim, o mais básico que a criança pode precisar para dormir fora de casa não pode ser esquecido de ser colocado na mala: pijama, escova de dentes, sabonete e xampu para o banho, roupa íntima, pente, uma muda de roupa para usar no outro dia de manhã e se, por acaso, tiver aula no dia seguinte, o material escolar.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta