NadaFrágil.com.br

Roupas Customizadas – Dicas e Modelos


Mariana Drovetto

Já pensou em customizar suas roupas? A customização é a personalização de uma peça de roupa ou acessório para deixa-los com a sua cara e diferente de tudo que tem por aí. Customização é exclusividade! Você poderá reformar roupas usadas ou dar seu toque especial em peças novas. A customização pode acontecer conforme sua criatividade: as modificações vão desde os cortes diferenciados até aplicações, costuras e tingimentos.

A ideia serve para blusas, saias, shorts, calças, calçados, bolsas, carteiras e o que mais sua imaginação mandar!

Customização em camisetas e regatas

Pra iniciar é mais fácil se aventurar com apliques em uma camiseta branca. Você poderá aplicar renda, botões coloridos, miçangas, sobras de paetês, desenhos tipo patchcolagem e patchwork ou lantejoulas. Tudo vai depender do seu estilo e necessidade.

custTambém é possível fazer um corte diferenciado. Um exemplo disto é escolher uma peça com uma gola diferente e usá-la como molde. Use um giz para traçar o local que deve ser cortado e use uma tesoura de boa qualidade. O acabamento pode ser feito com máquina de costura ou não, dependendo da finalidade pretendida.

Em regatinhas de malha, a moda da vez é aplicar pastilhas de silicone ou acetato de uma só tonalidade ou colorida. Pra ficar bem bonito é interessante disponibilizar de 40 a 50 pastilhas que poderão ser aplicadas com agulha e linha de costura.

Outra opção superfeminina e delicada é a aplicação de miçangas, canutilhos ou vidrilhos, que podem ser intercalados com opções variadas de tamanhos e cores. Para aplicar, basta imaginar o desenho que você quer formar com este material e traça-lo com um giz ou lápis no tecido. Depois é só usar agulha e linha de poliéster.

Aproveitando a ideia das miçangas, outra ótima dica é usar bolinhas tipo pérola para decorar regatas da mesma tonalidade (podem ser de malha, cetim, entre outras opções). O processo é o mesmo!

Jeans – O coringa do seu guarda-roupa, na versão customizada

jeansCansou da sua jaquetinha jeans? Transforme a peça num lindo colete. Risque com um giz onde deseja cortar e mãos à obra! Depois lave o modelo na máquina para desfiar naturalmente os fios das partes que foram cortadas. Pra dar o acabamento, compre botons de sua preferência e distribua na peça! Fica super moderno, bonito e original!

Você também poderá transformar aquela calça jeans sem graça numa calça capri ou skinny. Leve as peças numa costureira de sua confiança e explique que você quer inovar, usando a peça para uma versão capri ou skinny.

Plissagem pra que te quero

Modelo plissado “tá com tudo e não tá prosa” nesta temporada. Blusas, saias, vestidos, golas, barras, mangas e outros detalhes são o alvo deste estilo. Para fazer uma peça com esta técnica sem gastar muito, é necessário colocar as mãos na massa!

Pra quem quiser tentar a experiência em casa, anote:

Comece com 1 metro de tecido sintético, como o chifom. Caso precise de mais tecido e não tem ideia de como calcular o necessário devido às pregas, basta triplicar a quantidade de tecido que seria usado para uma versão simples e lisa.

Os materiais de auxílio são 50 cm de morim (tecido de tramas abertas); 6 ou mais folhas de sulfite A2; 3 pacotinhos de gelatina incolor (sem sabor); 2 xícaras (chá) de álcool líquido; 2 xícaras (chá) de água fervente e 2 xícaras (chá) de água fria.

O primeiro passo é fazer o molde, unindo as folhas A2 pelas bordas com um pouco de cola branca no tamanho do tecido que irá usar. Com um lápis trace as linhas com a mesma largura do plissado. Use por exemplo, intervalos de 3 ou 4 cm.

Para montar é muito fácil: a cada duas linhas contínuas, faça duas pontilhadas. A primeira linha pontilhada será dobrada para cima e a segunda para baixo, formando as pregas.

Para a mistura onde o tecido será mergulhado, adicione a gelatina em pó num balde grande. Coloque a água fervente aos poucos, sempre mexendo para não fazer pelotes. Depois de dissolvida, acrescente a água fria e na sequencia, o álcool. O líquido deverá ser coado no morim para evitar as bolinhas formadas pela gelatina.

Mergulhe o tecido na solução preparada e deixe descansando submerso por aproximadamente 15 minutos. Em seguida, esprema o tecido para tirar todo o excesso da mistura. Então, abra o molde de papel (com as pregas planas) e cubra com o tecido ainda molhado. Alinhe com máxima precisão.

O próximo passo é refazer as pregas, dobrando o tecido molhado de maneira que ele siga os vincos do papel. O molde poderá grudar na superfície, por isso é necessário cuidado para não rasgá-lo. Puxar aos poucos, um por vez, é o processo mais indicado.

saiaA etapa seguinte é conhecida por fixar os vincos. Ponha um pano preferencialmente fino sobre o material dobrado. Passe com um ferro em temperatura média, fixando os vincos. Deixe secar. Em intervalos de três vezes ou quatro vezes, passe o ferro novamente para marcar as pregas.

A última parte do processo é a retirada do molde. Quando já estiver seco, retire e pronto! Você já tem um lindo e moderno tecido plissado para fazer a peça que desejar!

Escolha uma costureira de sua confiança e use sua criatividade!

Acessórios Inusitados

Cintos, bolsas, carteiras, sandálias também podem entrar na brincadeira. Personalize estas peças usando apliques como tachas, cristais, miçangas e spikes. Este último é a bola da vez!

Acompanhe uma dica fofa de acessório customizado:

Sabe estas bolsas de sarja, estilo ecobag? Escolha uma destas pra iniciar. Escolha a cor do tecido de sua preferência e com referência nela, selecione chatons ou miçangas.

Você vai precisar de uma agulha para miçanga e fio de poliéster.

Faça o esboço do desenho, com um giz ou lápis, que pretende formar com as pedrinhas. Pregue os adornos, capriche no acabamento e saia pra desfilar por aí!

Customizar é muito fácil, gostoso e acima de tudo muito econômico: é uma maneira de renovar o seu guarda roupa, gastando pouco. A técnica ainda une o útil ao agradável: além de ser uma atividade interessante de entretenimento, os resultados são lindos! Você poderá abusar de peças únicas e até ganhar dinheiro com a venda de acessórios e roupas customizadas!

A maioria do material citado é encontrado em casa de aviamentos. Além disso, há revistas que dão dicas de customização. Basta escolher por onde quer começar e soltar a criatividade!

Veja algumas fotos de Roupas Customizadas

Facebook NadaFrágil.com.br

Uma resposta para “Roupas Customizadas – Dicas e Modelos”

  1. Aline disse:

    Que dicas maravilhosas.. sem contar esses modelos.. que são perfeitos =D

Deixe uma resposta