NadaFrágil.com.br

Tensão Pré-Menstrual (TPM) – Uma vilã dentro de Nós


Li Arruda

Tensão Pré-Menstrual (TPM)Basta o telefone tocar, a unha quebrar ou o cachorro fazer sujeira na sala para um grande terremoto acontecer dentro de casa. A audição parece ficar mais aguçada, o corpo fica cansado e a mente dá uma leve “surtada”, fazendo com que uma confusa mistura de raiva e sensibilidade tome conta da mulher. Qualquer palavra se transforma em ofensa e uma angústia sem causa insiste em apertar o coração.

Os homens também sofrem com esse mal. Pergunte a qualquer marido, namorado, filho ou irmão de uma mulher que possui sintomas de TPM moderada e comprove. Até colegas de trabalho são atingidos pela fúria mensal delas.

Alguns afirmam que isso é desculpa de mulher, mas para a maioria de nós, a Tensão Pré-Menstrual é tão real quanto a própria menstruação.

E você, sofre com isso?

Afinal, o que é TPM?

A Tensão Pré-Menstrual é um conjunto de sintomas que afetam algumas mulheres em torno de 12 a 15 dias antes da menstruação. Esses sintomas geralmente ficam mais fortes no dia anterior à chegada dela e devem desaparecer até o final da menstruação. Eles podem ser:

Físicos: Inchaço dos seios, aumento de peso devido à retenção de líquidos, acne, fadiga, constipação ou diarréia e dores de cabeça.

Comportamentais: Sensibilidade, irritabilidade, agressividade, ansiedade, depressão e compulsão por doces, entre outros sintomas.

É natural que algumas mulheres apresentem sintomas mais fortes, enquanto outras nem sequer percebam que estão perto de menstruar. Segundo estatísticas, 3 em cada 4 mulheres que menstruam apresentam algum dos tipos de TPM.

Encontrou manchas vermelhas na sua pele? Saiba o que pode ser.

Quais os tipos de TPM?

Tipo A – Perigo! Não se aproxime: Mulheres com este tipo de TPM costumam ficar muito irritadas. Seu humor fica totalmente instável e a ansiedade a deixa ainda mais nervosa. Melhor evitar cafeína, refrigerantes, bebidas alcoólicas e chocolates.

Mulher com TPM

Tipo C – Mulher Pac-Man (Come-come): A vontade de comer doces torna-se muito frequente durante o período pré-menstrual das mulheres que sofrem do tipo C. Melhor evitar açúcar, doces e bebidas alcoólicas, se não quiser ganhar uns quilinhos extras ou adquirir diabetes.

Compulsão por doces

Tipo D – Tristeza, por favor vá embora: Uma angústia sem fim e sem causa atormenta os dias que antecedem a menstruação das mulheres que sofrem do tipo D. Elas choram à toa e podem ainda apresentar sintomas de insônia ou sonolência. Melhor evitar derivados do leite e bebidas alcoólicas.

Mulher deprimida

Tipo H – Inflável: Pior do que sentir os seios inchados e doloridos, o grande vilão das mulheres que sofrem deste tipo de TPM é o aumento de peso. Para quem luta contra a balança a tarefa mais difícil durante este período é evitar a retenção de líquidos. Melhor evitar alimentos salgados e derivados do leite.

Mulher inchada

Os sintomas podem ser leves (pouco perceptível), moderados (os parentes e amigos logo reconhecem a fase) ou intensos (é necessário um acompanhamento médico para diagnóstico e tratamento).

Também é possível ter sintomas de mais de um tipo de TPM, porém a classificação é feita baseada nos sintomas predominantes.

O que causa a TPM?

De um modo geral, a principal causa dos sintomas comportamentais da TPM é a influência que os hormônios femininos exercem sobre a produção da serotonina, a substância do nosso corpo que atua sobre o humor. No período menstrual, os níveis de serotonina diminuem significativamente.

Já no caso dos sintomas físicos, a própria alteração hormonal causada pelo ciclo menstrual é responsável por isso.

TPM tem limite!

Se você sofre de Tensão Pré-Menstrual não há com o que se preocupar. Ela é natural e até o final da menstruação já deverá estar arrumando as malas e partindo. Agora, se os sintomas chegam a atrapalhar a sua rotina ou persistem mesmo depois do período menstrual ter encerrado, é bom procurar um médico. Ele saberá quais são as possíveis causas e as melhores soluções. Talvez seja necessário fazer algum tipo de tratamento com o uso de medicamentos apropriados ou apenas a inserção de uma dieta específica ou atividades físicas na sua rotina.

Cuide-se e seja feliz, até na TPM! =)

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta