NadaFrágil.com.br

Transtorno bipolar: conheça alguns sintomas


Fabíola Cunha

Quando se trata de doenças mentais, há muitos estereótipos e desinformação. Na realidade transtornos de humor podem ser difíceis de classificar, principalmente para quem tem transtorno bipolar.

transtorno bipolar

Homens e mulheres têm as mesmas chances de desenvolverem o problema, mas devido a fatores sociais, como machismo e preconceito, o diagnóstico em mulheres acaba demorando mais, pois há uma ideia de que alguns sintomas são típicos femininos, “histeria” e coisas “daquele dia do mês”.

Aqui estão alguns sinais que podem indicar algo mais que uma personalidade difícil:

Bom humor demais

transtorno bipolar

Transtorno bipolar é definido pela alternância de episódios de mania e depressão. A hipomania é um estado de energia alta no qual a pessoa se sente exuberante e confiante, mas sem perde o senso de realidade. Ela é descrita como um período muito agradável, onde criatividade e iniciativa estão a toda.

Tarefas pela metade

transtorno bipolar

Deixar projetos incompletos é uma característica de pessoas com esse transtorno. Algumas pessoas conseguem ser muito produtivas na fase da hipomania, mas quem não consegue, planeja muito, de forma pouco realista e nunca termina o que começa.

Depressão

transtorno bipolar

A fase depressiva, que se alterna com a mania, se parece com uma depressão comum. Problemas com energia, apetite, sono, foco são similares. Porém, antidepressivos podem até piorar o quadro de uma pessoa bipolar, pois os enviam para os episódios de mania. Veja também: Depressão – Sintomas, causas e tratamentos.

Irritabilidade

transtorno bipolar

Algumas pessoas com transtorno bipolar sofre de mania mista, onde sintomas de mania e depressão acontecem ao mesmo tempo – provocando grande irritabilidade. É uma sensação incontrolável, que leva a pessoa muitas vezes a se questionar e pedir ajuda, pois não consegue se acalmar.

Fala rápida

transtorno bipolar

Algumas pessoas falam bastante – mas um padrão de fala específico de quem tem o transtorno é aquele em que a pessoa fala muito rápido e acaba passando por cima da fala do interlocutor. Elas também pulam de assunto em assunto sem muito controle.

Problemas no trabalho

transtorno bipolar

Pessoas com essa desordem quase sempre têm dificuldades no trabalho porque muitos dos sintomas podem interferir em habilidades para se integrar e interagir de forma produtiva.

Abuso de álcool e drogas

transtorno bipolar

Cerca de 50% das pessoas com esse transtorno também sofrem de abuso de substâncias, particularmente uso do álcool. Muitas pessoas usam o álcool como forma de diminuir o ritmo na fase maníaca e para amortecer os sintomas depressivos.

Comportamento errático

transtorno bipolar

Quando estão na fase da mania, pessoas com transtorno podem ter uma auto-estima inflada. Tudo parece grandioso e ótimo, o que tira a noção do perigo. Compras compulsivas e promiscuidade são duas consequências disso. São comportamentos que não fazem parte da personalidade da pessoa – e merecem atenção.

Esses são sinais, mas não comprovam a existência de uma doença. A única pessoa que pode avaliar e diagnosticar o transtorno bipolar é o psiquiatra. E, acima de tudo, uma pessoa que esteja em tratamento ou em avaliação para diagnosticar a doença, merece empatia de todos ao redor.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta