NadaFrágil.com.br

Vai viajar? Confira essas dicas de vestuário para viagem


Fabíola Cunha

Enquanto as pessoas gastam um bom tempo e energia pensando, planejando e se estressando quanto ao que vão levar em uma viagem, pouco se pensa no vestuário para a viagem em si. Do ponto inicial até o final, voos são cheios de conexões, trocas de avião, ou mesmo, de avião para metrô, trem, ônibus. Independente do gosto pessoal para vestimentas, não é muito indicado bancar a Lady Gaga na hora de iniciar a viagem.

vestuário para viagem

Não apenas é inteligente se vestir de forma confortável e discreta (afinal ninguém é obrigado a lidar com longos lenços e cachecóis do passageiro ao lado), como é uma necessidade.

Pense em camadas

vestuário para viagem

A temperatura dentro das aeronaves pode ser próxima do congelante, bem diferente da temperatura de toda a cidade antes do embarque. Blusas de moletom e casaquinhos são facilmente colocadas e retiradas – do corpo e da bolsa. Se até a sexy Rihanna opta pelo conforto, porque as pobres mortais fariam diferente?

Sem apertos desnecessários

vestuário para viagem

Calças larguinhas, moletons com cordinhas para ajuste, calças de yoga – tudo isso pode ser usado em viagens mais longas. Mas deve-se evitar os cintos. Eles terão que ser retirados e colocados na esteira do scanner e criarão uma pressão desnecessária sobre o abdômen durante as possíveis longas horas de viagem.

Quanto mais largo, melhor

vestuário para viagem

O traje do aeroporto é consideravelmente importante, pois a pessoa não só tem que ficar sentada em poltronas estreitas a maior parte do tempo, como também tem que passar pela segurança do aeroporto, pelo check-in, pela praça de alimentação, pelos banheiros…É por isso que o mais indicado pode ser um vestido maxi ou uma saia comprida, que entrega pouco e não vai criar constrangimento, deixando os movimentos – e a circulação sanguínea – bem soltinhos.

Nada de sandália gladiadoras

vestuário para viagem

“This is Sparta!” As sandálias gladiadoras são aquelas que tem tiras que vão até bem alto na panturrilha. Muitas pessoas pensam que as rasteiras gladiadoras são confortáveis por não terem salto. Mas, além do gosto duvidoso, ainda há a questão da circulação das pernas. Algumas horas de voo são suficientes para fazer os tornozelos incharem e as tiras desse calçado não vão ajudar em nada.

Meias pra que te quero

vestuário para viagem

Use meias. Mesmo que esteja calor, um par de meias confortáveis (de preferência as sem punho) e tênis macios são a melhor pedida para a viagem, seja de avião, trem, ônibus ou entre um e outro. Como dito acima, a temperatura varia muito dentro desses meios de transporte – geralmente para baixo.

Deixe as joias para depois

vestuário para viagem

Joias ou bijouterias. Se a pessoa é fã de maxi colares, maxi brincos, maxi aneis, é melhor se conter: com todo o corre-corre e a remoção em setores de segurança, é melhor ter muito pouco para se preocupar, ou nada. Se o compromisso exige uma produção mais requintada, coloque os acessórios em um saco ziplock para quando aterrissar.

Echarpes são úteis

vestuário para viagem

Como dissemos acima, ninguém é obrigado a lidar com acessórios muito longos do passageiro ao lado. Isso não quer dizer que echarpes não sejam úteis. São muito! Mantendo a região do pescoço aquecida, ou até mesmo servindo como um pequeno cobertor, a echarpe é 1001 utilidades em viagens longas.

Simplifique os sutiãs

vestuário para viagem

Pois é, sutiãs com bojo estruturado, desses com hastes de metal, podem ser um problema na hora de passar pela segurança do aeroporto. Eles podem disparar os detectores de metal. Hoje em dia há sutiãs com bojo que não são de metal, mas se a pessoa quer conforto de verdade, deve optar por tops ou sutiãs sem costura – e deixar os mais elaborados para quando estiver no destino.

Gostou das dicas? Não deixe de conferir nossa matéria sobre como otimizar o espaço na mala!

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta