NadaFrágil.com.br

Veja Como Fazer seu Bebê Dormir a Noite Inteira


Eliana Lee

A casa está em festa com a chegada do bebê. Todos estão felizes, você e a criança não param de receber visitas e presentes, os parentes corujas estão o tempo todo mimando o novo integrante da família. O único detalhe é que você está completamente exausta!

O trabalhão que é cuidar de uma criança fica ainda mais pesado quando não se consegue dormir à noite. O sono é responsável por nosso descanso físico e mental. Dormir menos horas de sono por noite do que seria recomendado para cada organismo reduz a capacidade motora e afeta até mesmo a memória. O resultado é uma mamãe super estressada no dia seguinte.

É normal que nos primeiros meses de vida o bebê acorde muito à noite, para mamar ou porque está com cólica. Ele ainda está se acostumando com esse novo mundo fora da barriga quentinha e segura da mamãe. Tudo isso é comum e esperado. Mas existem casos em que o bebê, mesmo já crescido e com mais de um ano de idade continua acordando durante a noite. É aí que entra o jogo de cintura dos pais para permitir que a criança aprenda a dormir sozinha e descubra quão prazerosa é uma boa noite de sono.

Por que ele chora?

bebê O bebê pode acordar no meio da noite por vários motivos diferentes. Pode ser um sonho, um barulhinho que o assuste ou simplesmente porque ele se mexe bastante (muito mais do que um adulto) e acaba acordando “sem querer”. Todos nós temos “pequenos despertares” durante o sono. Não percebemos porque simplesmente continuamos dormindo em seguida. O bebê, ao despertar, pode se sentir sozinho, “abandonado”. Então ele chora.

Enquanto ele ainda é bem novinho, pegue-o no colo e nine novamente. Aos poucos, conforme a criança cresce, simplesmente faça um carinho para acalmá-lo e para que perceba que não está só, mas sem tirá-lo do berço. Se ele ainda mama, vá tirando as mamadas de madrugada ao perceber que ele pega no sono sem a necessidade de mamar. Diminua a quantidade de leite aos poucos, até ele não precisar mais disso.

Leia também: Como a calmar o bebê.

Acostume-o com seu próprio quarto

Após a insegurança natural dos pais em querer “vigiar” o bebê o tempo inteiro, chega a hora de levá-lo para o bercinho em seu próprio quarto. O ideal é que isso seja feito ainda nos primeiros meses de vida do bebê, antes de completar um ano. Nas primeiras noites, para se sentir mais segura, programe seu despertador para acordá-la de hora em hora. Depois de duas em duas horas… e assim por diante.

Leia também nosso artigo sobre decoração para o quarto do bebê.

Outra dica legal é comprar uma babá eletrônica. Um transmissor fica no quarto do bebê e o receptor você leva com você por toda a casa. Já existem, inclusive, babás eletrônicas com câmera, cujo receptor é uma telinha. Dá pra ver direitinho o que o bebê está fazendo.

O bebê precisa começar a entender que aquele espaço só dele é confortável e seguro e ele não vai perder a companhia dos pais por causa disso. Confie em você e em seu filho. Ele está crescendo e precisa se acostumar com seu próprio cantinho.

Arrume um “companheiro de berço”

bebê Pode ser um bichinho de pelúcia pequeno (anti-alérgico), uma naninha de algodão, uma fralda de tecido. No início, quando o bebê acordar assustado, ele precisa encontrar algo familiar para que se sinta calmo.

É provável que ele simplesmente abrace o objeto, vire para o outro lado e recomece a dormir.

Quando sentir que ele desenvolveu afeição por determinado objeto, coloque-o no berço junto ao bebê. Atenção com a segurança, o brinquedo ou tecido devem ser específicos para a idade da criança e não pode representar nenhum tipo de risco a ele. 

Rotina, rotina, rotina

Um horário desorganizado é o grande vilão da boa noite de sono do bebê (e dos pais). Invista em uma rotina.

Comece percebendo os períodos mais ativos do bebê durante o dia e em que momentos ele apresenta vontade de tirar um cochilo. A soneca durante o dia, ao contrário do que muitos pensam, só contribui para o sono noturno. O bebê ficará mais relaxado e tranqüilo para dormir à noite.

Estabeleça o horário da(s) soneca(s) diurnas e comece a introduzir um pequeno ritual noturno também. Cumpra esse ritual diariamente respeitando seu horário. O ideal é que sejam atividades em sequência, tranqüilas e relaxantes para introduzir a sensação de que é hora de ir para caminha.

bebê lindoPode ser um banho, uma massagem e uma história, por exemplo. Ou ainda uma canção de ninar ou uma caixinha de som ligada em volume baixo. Todo dia o mesmo cronograma, mas que não seja muito longo. Meia hora já está de bom tamanho. Coloque o bebê no berço ainda acordado. No começo, é normal que você tenha que niná-lo um pouco, mas não espere que ele adormeça completamente em seu colo, senão ele se acostuma a dormir com o balanço de seu corpo.

Sente-se no quartinho do bebê, em silêncio e no escuro. Aliás, tente eliminar luzes fortes e altos volumes na casa toda nesse horário! Aguarde o bebê adormecer. Nos primeiros dias ele vai choramingar e tentar se levantar. Acolha-o novamente, explique que é hora de dormir e repita o processo.

Com o passar do tempo, depois do banho, da massagem e da historinha, ele já vai saber que é hora de dormir. Coloque-o no berço ou na caminha, dê boa noite e saia do quarto. Volte periodicamente apenas para mostrar que ainda está presente e não vai deixá-lo completamente sozinho. Depois de algumas noites, você não precisar sequer voltar ao quarto, pois ele aprenderá que aquela é a hora de dormir.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *