NadaFrágil.com.br

Viver Mais E Melhor? Aprenda Com As Japonesas


Eliana Lee

Um estudo recente da Universidade de Melbourne mostrou que existem mais de 4 mil centenários vivendo na Austrália atualmente. Pode ser um número expressivo, mas, se comparado aos 50 mil japoneses que chegaram (e passaram) dos cem anos de idade na última década, o número se torna quase irrisório. A boa e longa vida dos japoneses já foi objeto de estudo de várias pesquisas. O segredo para viver e mais e melhor, no entanto, não parece tão absurdo, se olhado de perto.

A primeira e grande razão para que o povo da Terra do Sol Nascente tenha uma expectativa de vida tão longa e saudável se concentra no fato simples de que eles levam a vida de maneira saudável. Sabe todas aquelas dicas de como se alimentar melhor e exercitar corpo e mente? Pois é. Eles seguem a risca todos aqueles conselhos. Já que nunca é tarde para aprender e copiar algumas coisinhas, que tal começar o quanto antes?

Kazuko Inoue

Sentada, à direita: Kazuko Inoue, 42 anos, já é avó e surpreendeu o mundo ao vencer um concurso de beleza no início do ano. Ela parece irmã de suas filhas.

Refeições menores e menos calóricas

O prato de uma refeição japonesa chega a ser 25% menor do que o prato ocidental. O exagero na hora de comer pode levar a problemas sérios de saúde como obesidade e colesterol alto, aumentando o risco de problemas cardíacos. Além de menos comida no prato, menos gordura também: eles comem seis vezes mais arroz e mais legumes e vegetais do que os ocidentais. Além disso, o grande destaque da cluinária japonesa é o peixe: além de extremamente meditação japonesasaudável, pobre em gorduras ruins, ele possui um índice elevado de Omega 3, que ajuda a  prevenir diversas doenças graves.

Leia também: 7 dicas para emagrecer de forma saudável.

Mente sempre sã

Já ouviu falar que os japoneses são disciplinados e trabalham muito? Isso é mesmo verdade. Ainda assim, eles não abrem mão de atividades que tranqüilizam corpo e mente. A idéia é reduzir a sensação de estresse e concentrar-se em si mesmo com atenção, aumentando o índice de relaxamento e também de autocuidado. Na prática, isso equivale a meditar diariamente, além de fazer exercícios físicos como yoga, caminhada ou jardinagem. Além disso é comum e até cultural o gosto por esportes e viagens.

Respeito pelos idosos

alimentação japonesaO Japão é conhecido também por tratar bem as gerações mais velhas. Você vive mais e melhor quando se sente querido e amado, independente de sua idade. O conceito conhecido como “moai” valoriza o grupo de amigos que se constrói ao longo da vida e todos costumam dar apoio emocional em tempos de difculdades. Além disso, os idosos sentem-se respeitados e aceitos na sociedade, com atividades sociais, culturais e familiares desenvolvidas para sua qualidade de vida.

Cabelo lindo, pele incrível

Obviamente existe sim uma questão genética que colabora bastante. Os cabelos das mulheres orientais apresentam mais queratina na cutícula do fio, que faz com que a aparência seja mais lisa e com brilho. Além disso, a pele tem tendência a não apresentar oleosidade ou espinhas, já que a quantidade de glândulas sebáceas é maior. Entretanto, ainda é o estilo de vida e a alimentação adequada que têm garantido as japonesas a potencialização de sua pré-disposição genética, além de uma saúde invejável.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta