Câncer de ovário: risco e perigo silenciosos

Entre todos os tipos de câncer que podem atingir as mulheres, o câncer de ovário é aquele que apresenta taxa de sobrevivência mais baixa.

Um dos fatores que levam a esse índice triste é o fato de seus sintomas aparecerem quando a doença já está avançada e também os diagnósticos imprecisos, que confundem o mal com doenças gastrointestinais, por exemplo.

Tipos de câncer de ovário

Há vários tipos de câncer de ovário, incluindo os tipos hereditários, ligados à mutação do gene BRCA. Esses são mais comuns ocorrerem em mulheres jovens. O câncer de ovário do tipo epitelial são os mais comuns que ocorrem mais tarde, geralmente.

Mas há muito mais fatores relacionados que apenas a idade e muitas variáveis a serem consideradas e não se deve fazer generalizações sobre quando e como o problema pode aparecer.

Confira também nosso artigo especial sobre o câncer no colo do útero.

Conhecida pela série How I Met Your Mother, a atriz Cobie Smulders, hoje com 34 anos e dois filhos, escreveu sobre sua doença, diagnosticada aos 25 anos, para uma revista, com o intuito de atrair a atenção para promover o diagnóstico precoce: “Minha energia era baixa, estava cansada o tempo todo e sentia uma pressão constante em meu abdome que não podia explicar. Ouvi meu corpo e imediatamente fui a um ginecologista”.

Quando a doença é diagnosticada cedo, 94% das mulheres vão sobreviver mais que 5 anos. Mas na maioria dos casos o problema não é diagnosticado antes da fase 3 ou 4. Como há espaço na região abdominal e pélvica, o crescimento do tumor passa despercebido até que se torne grande demais para “se acomodar” no tecido dessa região sem chamar atenção.

  10 Alimentos que Ajudam a Perder Barriga

Sintomas do câncer de ovário

câncer de ovário

Quando os sintomas aparecem, geralmente são desconforto e dor abdominal, inchaço, constipação e saciedade precoce (a mulher perde a fome e sente-se “cheia” com pequenas quantidades de comida ingerida).

Depois de diversas cirurgias, a atriz foi declarada em remissão. Mudou seu estilo de vida e tentou terapias alternativas: “Se você sente algo como esses sintomas, considere todas opções. Pergunte. Aprenda. Respire. Peça ajuda. Chore e lute”.

Prevenção do câncer de ovário

A pílula anticoncepcional é uma forma de reduzir o risco de câncer de ovário. Tomar a medicação durante dois ou três anos reduz o risco em 40% ou 50%. A gravidez também é considerada uma forma de prevenção.

Pacientes com a mutação no gene BRCA ou risco hereditário têm, na verdade, mais opções. Elas podem escolher tirar as trompas de falópio e os ovários devido a esse enorme e definitivo risco genético.

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui