Como iniciar um negócio próprio: Dicas e o que Evitar

Independência financeira já é a realidade de muitas mulheres desde o século passado. Mas o fato é que muitas delas já abandonaram seus chefes e viraram suas próprias patroas. Caso essa seja também sua meta, aqui você encontrará informações de como iniciar um negócio próprio. Vamos dar dicas de como montar o primeiro negócio, o que fazer, o que evitar e quais são os primeiros passos necessários nessa nova empreitada.

negocio proprioAntes de qualquer coisa é preciso saber se você tem conhecimento necessário sobre o negócio que se quer montar. Gostar de sapatos é ótimo, mas não é o suficiente para abrir uma loja. Você precisa entender de finanças, ter flexibilidade para negociar preços e prazos com fornecedores, estar antenada na moda para trazer produtos novos a suas clientes, saber vender para recrutar boas vendedoras, ter noções de recursos humanos, a ponto de saber elaborar uma entrevista e por ai vai. Ufa! Difícil? Talvez, mas nada que você não vá pegando o jeito.

Também é preciso saber se você tem perfil empreendedor. Infelizmente (ou felizmente), a gente já nasce com isso. Não é uma coisa que você aprende na faculdade. Por exemplo, qualquer pessoa pode fazer um curso de pintura, porém, quem terá mais sucesso? A que já nasceu com o dom de pintar ou a que somente fez o curso?

Primeiros passos para abrir o seu próprio negócio

próprio negócio

Existe três regrinhas básicas que é necessário verificar antes de iniciar sem próprio negócio:

Regra 1: Se livre de vez do medo de abrir o próprio negócio. O medo é saudável, porque ele te ajuda ficar com os pés no chão, porém se for em excesso pode te impedir de sair do lugar.

Regra 2: Se conheça, e veja que tipo de negócio melhor se adéqua ao seu perfil. Segundo pesquisas, existem três tipos de empresário: o empreendedor que é aquele faz todo o planejamento estratégico (tomada de decisões e direcionamento) o gestor que é aquele que toca o negócio e por fim, o operador que simplesmente executa as  tarefas. Somente após definir em qual tipo você se encaixa você irá perceber, por exemplo, se precisa ou não de um sócio.

  Viajando Sozinha: Faça fotos incríveis na sua viagem

Regra 3: Aceite e conviva com a ideia de que você precisa ter a mente aberta para todo tipo informação. Isso irá te ajudar a enxergar horizontes antes não percebidos.

Seguindo essas três dicas básicas, você aumentará bastante as chances de ter uma empresa bem sucedida.

Dicas para abrir o seu Primeiro Negócio

negócio próprio

Para as iniciantes no mundo empreendedor adquirir uma franquia é uma boa saída para abrir o primeiro negócio. É uma das formas seguras de entrar no mundo do empreendedorismo e em alguns casos não necessita de um grande capital. Quando você adquire uma marca franqueadora você compra também o know-how da empresa, bem como lista de fornecedores, preços de custo e de venda, etc.. Essas informações já são meio caminho andado para quem não tem noção de para onde ir. Mas é importante saber que o fato de aquisição de franquia não é garantia de sucesso. É preciso trabalhar muito para fazer o negócio engrenar.

Aquelas que não querem ou não tem verba suficiente para adquirir uma franquia podem começar com um negócio independente, porém é importante buscar ajuda de especialistas para auxiliá-la nesse objetivo. Fazer cursos de administração, gerenciamento de pessoal e atendimento ao cliente é uma boa pedida. Assistir palestras sobre o assunto também vale muitos pontos.

Passo a passo para Montar o seu Primeiro Negócio

Elabore um plano de negócio

Elabore um plano de negócio, nele deve conter informações básicas como valor disponível para abertura do negócio, valores de aluguel dos pontos comerciais onde você pretende abrir o negócio e planejamento estratégico (no mínimo!).

Conheça seus concorrentes

Independente de você optar por um negócio individual ou uma franquia, conhecer os seus concorrentes é fundamental. Saber que produtos vendem, como atendem, precificação e limpeza do local são informações básicas que um empreendedor deve saber sobre seus competidores.

  Vaidade infantil: Até onde é saudável?

Pesquisa Regional

Faça uma pesquisa na região que você quer abrir o seu negócio e veja como publico reagiria com a inauguração desse estabelecimento. É empolgante? Ou você será só mais um no meio da multidão? Essa pesquisa pode ser feita por uma empresa especializada, ou você mesma pode levantar essas informações.

Público Alvo

Encontre o seu publico alvo! Você quer abrir uma loja para alugar vestidos de noiva numa rua que é conhecida por ter roupas de bebê? Cuidado! Você pode dar um tiro na água. É pouco provável que alguém que esteja procurando uma banheira para seu filho recém nascido irá entrar na sua loja interessada no produto.

Seja Diferente

Ao abrir um negócio, opte por produtos e serviços diferenciados. Por exemplo, centenas de fábricas faziam a TV de tubo, de repente, uma empresa lança uma TV que pode ser pendurada na parede! Ela faz a mesma coisa que as outras, só que melhor.

Erros Comuns na Hora de Abrir o Próprio Negócio

abrir propio negocio

1. Com medo de represálias, ou até mesmo o temido olho gordo, algumas pessoas não compartilham a ideia de abrir o próprio negócio com outras pessoas. Agindo assim, você pode perder ótimas oportunidades de obter informações de pessoas mais experientes no assunto.

Propor sociedade para aquela amiga FAN-TAS-TI-CA, porém nada profissional pode afundar o seu negócio antes mesmo de iniciar. Ou entrar num negócio que “dá dinheiro”, no entanto, não tem nada a ver com você é uma roubada. Não ter um dinheiro guardado para casos emergenciais também é um erro comum em algumas futuras empreendedoras. Abri meu próprio negócio, e agora?

  Linguagem das Roupas – Aprenda a se vestir bem!

Erros como estes levam ao fracasso da sua empresa logo nos primeiros meses de vida. Veja o que evitar:

1. NUNCA misture o dinheiro do caixa com o dinheiro pessoal. Pegar dinheiro do caixa para o lanche da tarde não está com nada.

2. Tenha foco! Evite que sua empresa seja um pato, esse bicho sabe voar, sabe nadar e saber andar, porém não faz nenhuma das três coisas direito!

3. A pessoa muitas vezes acha que por ser dona do próprio negócio não precisa ir trabalhar todos os dias. Lembre-se que é o olho do dono que engorda o gado.

4. Contrate somente profissionais qualificados. Tome cuidado com a mão de obra barata, nem sempre o barato compensa.

5. Não dê créditos as palavras de desânimo. Sua família, amigos, conhecidos ou até mesmo clientes podem dizer: “Isso não vai dar certo!”, mas você deve se manter firme. Steve Jobs que o diga…

Aqui ficaram algumas dicas para te ajudar em como iniciar um negócio próprio. É preciso analisar bem, avaliar os prós e contras, e principalmente enxergar se aquilo é um bom investimento. Algumas pessoas podem ser excelentes digitadoras, porém não tem o menor jeito com administração para tocar um negócio de digitação.

Faça algo que ame, que seja realmente boa, e o sucesso será consequência do seu bom trabalho!

Separei mais esses conteúdos para você:

3 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom o artigo. Eu estou tentando driblar da Regra 1: perder o medo não está sendo fácil. Talvez eu não tenha incentivo de pessoas pra isso. É a barreira que tenho que passar…

    • Olá Mari, como vai? Para mim um fator que elimina o medo de empreender um negócio é você ter pleno conhecimento do ramo. O conhecimento te dará a segurança que precisa para ir em frente. Se quiser umas dicas me contate pelo watzapp (14) 998554460 Osvaldo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui