Saber como melhorar a dicção é indispensável nos dias atuais. Essa necessidade se torna ainda mais emergente se você está sempre fazendo reuniões online e precisa se comunicar bem pelo microfone – que, convenhamos, nem sempre colabora, não é mesmo?

Por isso, unimos uma série de dicas importantíssimas e muito eficientes para você conhecer e saber mais sobre o desenvolvimento de uma boa dicção. Acompanhe e fique por dentro! (E já comece a treinar a sua fala, hein?).

Leia mais: Como escolher um curso online? 5 passos importantes

Como melhorar a dicção?

como melhorar a dicção
Mulher confiante trabalhando. Foto: Freepik

Existem diversas formas de como melhorar a dicção. Cada uma delas lhe ajudará a treinar a sua forma de se comunicar. Você pode, inclusive, fazer esses exercícios no seu dia a dia, nas horas vagas, antes de dormir, etc.

Afinal, lembre-se de que, acima de tudo, o nosso rosto é repleto de músculos, e podemos ativá-los ao longo do dia tranquilamente. Para isso, precisamos nos comprometer com o passo a passo de como melhorar a dicção. Veja:

1. Como melhorar a dicção: Ouça a sua oratória por meio das gravações

como melhorar a dicção
Mulher falando no megafone. Foto: Freepik

Antes de iniciar um processo de como melhorar a dicção, procure fazer um “diagnóstico”, digamos assim, de como está a sua oratória nos dias atuais. Você consegue falar quais palavras com clareza? Tem dificuldade com quais outras? Quais sílabas costumam ser um problema para você?

Uma forma de fazer essa autoanálise é por meio da gravação. Você pode gravar vídeos seus enquanto lê um texto aleatório. O vídeo é bom para que você analise como abre e fecha a sua boca enquanto está falando. Às vezes, o problema de dicção pode ser algo bem simples, como a ausência do movimento dos lábios.

Além disso, você pode gravar áudios lendo e contando situações diversas. Quanto mais você gravar, ouvir e perceber a sua forma de se comunicar, melhor.

Lembre-se de gravar com diversas entonações e emoções. Assim você terá uma impressão maior sobre você em diversos contextos e situações. Logo, poderá mapear quais são os momentos em que você apresenta uma maior dificuldade para falar determinadas palavras ou frases.

E assim, poderá seguir com as nossas dicas de como melhorar a dicção com mais facilidade.

Leia mais: Como ser mais resiliente? Veja como aprender a ser resiliente!

2. Como melhorar a dicção: Trabalhe a fala com trava-línguas

Quem nunca brincou de trava-línguas quando criança? Pois é! Acontece que essa brincadeira, além de ter um foco na diversão, também é ótima para quem quer saber como melhorar a dicção.

Encontre na internet aqueles trava-línguas que você mais gosta e vá treinando. Vale, ainda, gravar vídeo ou áudio desse momento, para poder observar ainda mais a sua dicção e forma de pronunciar as palavras.

O importante é, na hora de buscar saber como melhorar a dicção, considerar que o trava-língua deve ser alternado. Ou seja, não adianta focar apenas no que você já consegue falar. É preciso treinar com os mais difíceis, ok?

3. Relaxe a sua voz com a técnica de bloquear as narinas por alguns instantes

como melhorar a dicção
Mulher falando no megafone. Foto: Freepik

Outra forma de melhorar a dicção é relaxando as suas cordas vocais com uma técnica bastante simples. Para isso, você deve considerar o passo a passo abaixo:

  1. Feche as suas narinas com os dedos, sem apertar com força, apenas impedindo a passagem de ar.
  2. Em seguida, faça o som de “hm” ininterruptamente, como se quisesse imitar o som de uma abelha.
  3. Faça isso por alguns segundos ou até um minuto.
  4. Depois, respire normalmente e repita o processo algumas vezes.

Essa vibração que ocorre nas cordas vocais pode ajudar a relaxá-las, deixando-as prontas para falar com mais clareza e coesão.

Leia também: Hábitos prejudiciais a concentração no trabalho: Conheça 10 deles!

4. Exercício com rolha na boca

como melhorar a dicção
Mulher empreendedora usando o telefone. Foto: Freepik

Na sua busca de como melhorar a dicção, você já encontrou a técnica de rolha na boca? Ainda não? Então é hora de testar esse exercício incrível! Para isso, siga o passo a passo abaixo:

  1. Coloque uma rolha presa nos seus lábios. Ela deve ficar, no máximo, 1 cm para dentro da sua boca.
  2. Mantenha os lábios pressionados, a ponto de prender bem essa rolha.
  3. Em seguida, comece a ler, em voz alta, algum texto simples. Não precisa ser nada longo. Repita essa leitura pelo menos 5 vezes.
  4. Cuidado para não perder a qualidade da leitura a cada início. É preciso manter o máximo de clareza possível.
  5. Depois que você fechar a sessão de ler 5 vezes, pause-a tirando a rolha dos lábios. Em seguida, leia normalmente, sem a rolha, e mova bem a sua boca enquanto exercita.

Você pode fazer esse exercício simples todos os dias.

Veja mais: Como ser uma boa líder – 10 práticas que podem te ajudar

5. Pronuncie as palavras movendo bastante a boca e a língua

como melhorar a dicção
Mulher trabalhando e usando o telefone. Foto: Freepik

Na frente do espelho, observe como você move a sua boca e a sua língua quando está pronunciando algumas palavras. Veja até que ponto as suas “caras e bocas” estão “dando conta” de colocar a mensagem para fora.

Muitas vezes, como mencionamos anteriormente, o problema de dicção está pautado em vícios de falar com os lábios quase fechados, sem abri-los adequadamente. Por isso, exercitar essa fala mais expressiva é uma forma de garantir que o som saia melhor da sua boca.

Não tenha medo de exagerar. Durante os exercícios, mova bem a musculatura facial. Abra a boca, mova os cantos para os lados, mexa a língua tocando o céu da boca, e assim por diante. Quanto mais você treinar uma leitura bem expressiva nesse sentido, mais fácil será mover a boca quando for fazer algum discurso por exemplo.

E o mais interessante deste exercício é que você pode praticá-lo a todo momento. Ou seja, não precisa ficar esperando um instante para treinar. Mas sim, pode praticá-lo enquanto conversa com um amigo e ele mesmo analisa a sua forma de falar.

Leia mais: Síndrome de Impostora nas mulheres: Por que acontece? Como lidar?

6. Fique atento à sua respiração

como melhorar a dicção
Mulher saindo do carro falando no telefone. Foto: Freepik

Pode parecer algo bobo, mas você já parou para reparar em como você respira enquanto fala? E mais: em como isso pode atrapalhar ou ajudar a sua forma de falar? Pois é!

Muitas pessoas buscam como melhorar a dicção, mas nem se dão conta de que não param, entre algumas frases e outras, para respirar adequadamente. Assim, se afobam para terminar de falar e acabam atropelando todas as palavras.

Por isso, comece a usar mais as “vírgulas mentais” enquanto estiver falando algo importante. Respire, pense no que você está falando e não saia atropelando tudo o que precisa ser dito.

Quanto mais você cuidar da sua respiração – e mais tranquilidade tiver durante uma fala – melhor será. Sendo assim, quando perceber que está sendo afobado e está atropelando tudo o que você quer dizer, respire fundo. Acalme-se. Pense em coisas positivas e mentalize tranquilamente as palavras que você quer falar.

Depois disso, procure falar. Mas fale pausadamente. Sem pressa de dizer todas as palavras que estão em sua mente. Elas devem sair uma por uma.

Leia mais: Rotina de Sono: Como estabelecer um ritmo de sono?

7. Cuide da sua postura e da sua saúde mental em cima disso

como melhorar a dicção
Mulher fazendo gesto de telefone com a mão. Foto: Freepik

A sua postura influencia na sua forma de respirar, gesticular, falar e se comunicar de uma maneira geral. Por isso, cuidado para não ficar com a postura toda torta enquanto conversa com outra pessoa. Mas sim, respire fundo, levante cabeça, mantenha as costas ereta e uma posição de mais confiança.

Além de ser muito bom para que o som da voz saia com mais facilidade, esse tipo de cuidado também transmite mais credibilidade para as outras pessoas. Ou seja, você cria uma imagem muito mais positiva de você, e isso traz, consequentemente, mais autoestima.

E nós sabemos que muitas pessoas buscam como melhorar a dicção por, justamente, terem uma autoestima abalada. E por estar abalada, não conseguem se impor e falar corretamente. Acabam ficando com a postura torta, a respiração errada, não abrem a boca direito, e assim por diante.

Por conta desses fatores, mantenha a cabeça erguida e foque em transparecer mais confiança. Você é capaz. Veja-se na frente do espelho sendo capaz. Tudo isso fortalece a sua forma de se posicionar e se comunicar. Faça o teste.

Saiba como melhorar a dicção com a ajuda de uma fonoaudióloga

como melhorar a dicção
Mulher falando no megafone. Foto: Freepik

Além de considerar todas as nossas dicas de como melhorar a dicção, lembre-se de que o auxílio de uma fonoaudióloga jamais deve ser descartado. Afinal, nem tudo se resume à dica da internet. Algumas situações requerem a intervenção médica para que a dicção realmente funcione melhor.

Até porque, alguns casos podem estar envolvidos com alguma doença ou questão genética. Por isso, procure uma profissional caso você perceba uma dicção muito ruim e que não melhora mesmo quando você presta atenção e busca melhorar.

A fonoaudióloga irá conversar com você e fazer perguntas e exames pertinentes. A partir disso, poderá desenvolver um tratamento, com base em exercícios, por exemplo, para que você possa melhorar a dicção e a sua forma de se comunicar. Portanto, se você realmente almeja uma comunicação efetiva, não hesite na hora de buscar uma fono.

Veja também: Restaurando a autoestima – 8 dicas para a autoestima

Como melhorar a dicção pode impactar a sua vida profissional?

como melhorar a dicção
Mulher falando no megafone. Foto: Freepik

Mas afinal, por que as pessoas buscam como melhorar a dicção? Qual é o papel dela em nossas vidas? Na verdade, são muitos os impactos. Não é algo meramente estético que deve ser levado em conta.

A dicção caminha com a gente em todas as esferas da nossa vida. Se não conseguimos falar claramente o que queremos, a outra pessoa pode entender qualquer outra coisa. E isso é uma falha na comunicação. Essas falhas geram retrabalho, conflitos interpessoais, problemas de interpretação, dificuldades, entre outros.

Portanto, quando pensamos em como melhorar a dicção, pensamos também em:

  • Melhores relacionamentos;
  • Trabalhos mais bem executados;
  • Mais autoestima e autoconfiança;
  • Mais bem-estar e saúde mental;
  • Clareza e coesão no que é dito;
  • E assim por diante.

Sendo assim, busque cuidar das suas cordas vocais e da forma como você fala. Para assim construir uma comunicação cada vez mais clara e incrível. Boa sorte!

Leia mais:

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui