Como não estourar o limite do Cartão de Crédito

Manter a saúde financeira é um desafio para muitas mulheres. Embora pareça uma tarefa difícil, com planejamento e organização é possível sair do vermelho. O primordial a se fazer para manter as contas em dia é gastar menos do que se ganha. Embora pareça simples, na prática, pode ser complicado para muitas.

Planejamento financeiro

Para se saber exatamente quanto você pode gastar num mês você deve fazer uma planilha, que tem que ser abastecida diariamente. Essa planilha deve ser abastecida com TUDO o que você gasta, desde o aluguel, até a gorjeta que você deu ao manobrista naquele barzinho badalado.

Cartão
Foto: Freepik

Somente após esse diagnóstico, você saberá claramente onde gasta cada centavo. Quanto você tem de gasto fixo, quanto tem de gasto variável e quanto tem de gasto supérfluo. Os gastos fixos são aqueles que você tem todo mês e não sofre diferença de valores frequentes, como aluguel, parcela do carro ou da casa e mensalidade da faculdade, por exemplo.

Os gastos variáveis são aqueles que você tem todo mês, porém sofrem alterações de valores frequentes, como compras do supermercado, compras da feira e combustível, por exemplo.  Já os gastos supérfluos são aqueles gastos desnecessários, como comprar aquele sapato mocassim que você nunca vai usar, ou aquele quadro que estava em promoção, só que quando chegou em casa, viu que não combinava com a mobília. Após saber para onde vai o seu suado dinheiro, é hora de colocar as contas em dia.

Saindo do vermelho

 Para quem está no vermelho, o melhor é começar negociando com os seus credores, assim você tem a chance de pagar parcelas mais baratas, ou se puder quitar algumas dividas a vista, você ganha um bom desconto. Após, corte drasticamente todos, eu disse TODOS os gastos supérfluos. E para evitar cair em tentação, quando for ao shopping, deixe o cartão de crédito e o talão de cheques em casa!

  Temas Femininos para Tumblr

Para quem está pagando só o mínimo do cartão de crédito, o melhor é procurar no banco uma maneira de renegociar o valor ou pegar um crédito pessoal para quitar a dívida, pois esse último tem juros menores que os juros do cartão de crédito.

Mantendo as contas em dia

Comprar conscientemente é a melhor forma de manter as contas em dia. Outra coisa que pode te ajudar a não cair em tentação é comprar sempre à vista (no dinheiro ou no cartão de débito), pois a regrinha básica aqui é: se eu não tenho dinheiro, então não posso comprar.

Uma coisa que as mulheres têm que ter consciência é que ter CRÉDITO é diferente de ter DINHEIRO. De que adianta ter um limite no cartão de crédito ou no cheque especial de 5 mil se seu salário líquido é de apenas 3 mil? Certamente você, em algum momento, vai se endividar. Diminuir os limites do cheque especial e do cartão de crédito para, no máximo, 50% do valor da sua renda líquida pode te ajudar a não se meter em enrascada no final do mês.

Aprendendo a usar o cartão de crédito

Cartão
Foto: Freepik

Repita para você mesma, em frente ao espelho, quantas vezes for necessário: “Meu cartão de crédito não é uma extensão da minha renda!”. Ao contrário do que você pensa, usar o cartão de crédito não se resume em passar na maquininha e digitar a senha. Uma hora a fatura chega minha amiga, e acredite, às vezes dá vontade de chorar.

Dívidas com cartão de crédito são as mais comuns entre os inadimplentes. Uma dica de como não estourar o limite do cartão de crédito é evitar usá-lo em compras pequenas. E fique sempre atenta ao valor já utilizado do cartão antes de fazer novas compras. Isso evita sustos na hora em que chegar a fatura.

  Dicas para quem namora um colega de trabalho

O cartão de crédito deve ser visto como um limite emergencial. Desta forma, utilize-o somente se precisar parcelar alguma compra. Ter mais de um cartão também pode ser uma furada.

Resistindo as tentações

Compras por impulso também são grandes vilãs. Aquela promoção pertinho do seu escritório pode ser bárbara, mas pare e pense “Eu realmente preciso disso?”. Se ficar em dúvida quanto a resposta, vá para casa, aguarde 24 horas, analise e se realmente você chegar a conclusão que aquele produto é essencial, aí sim, compre! Promoções são quase sempre uma enrascada. Aquela saia vermelha linda está com 50% de desconto? Pare! Antes de abrir a carteira veja duas coisas:

Primeiro: É 50% em cima de quanto? Se mesmo com desconto a saia custar R$ 300,00, analise se esse “desconto” realmente compensa.

Segundo: Veja se o produto não é parecido com o que você já tem. A saia vermelha está com 50% de desconto? Mas de que adianta levar se você tem mais 3 saias vermelhas no armário, mas nunca usou porque não tem sapatos que combinam? Nesse caso, o melhor talvez seja ir ver uma promoção de sapatos, não acha? Mas aqui, a regrinha de ver o preço e não só a porcentagem de desconto também deve ser aplicada.

Fórmula Secreta: Poupar = Realizar

Cartão
Foto: Freepik

É importante você criar o hábito de sempre guardar algum dinheiro em outra conta que tenha somente essa finalidade. Como uma conta poupança, por exemplo. Se você deixar tudo junto, corre o risco de gastar a reserva sem nem perceber. O ideal é que você guarde pelo menos 10% de tudo o que receber por mês.

Esse dinheiro que está guardado servirá para emergências (atente-se que aqui, emergência significa uma troca de casa inesperada, uma doença ou uma reserva caso fique desempregada. Comprar aquele vestido lindo para sair com o gato, até pode ser uma causa nobre, mas NÃO é uma emergência, ok?) ou para realização de um sonho; pois quando se traça um objetivo, a vontade de poupar é ainda maior.

  5 Técnicas para manter o foco nas suas atividades

Como vimos, sair do vermelho, manter as contas em dias, saber como não estourar o limite do cartão de crédito, não comprar tudo que vê pela frente e conseguir poupar dinheiro exige persistência e consciência. É um trabalho contínuo! Com essas dicas, você vai ter dinheiro até para fazer aquele cruzeiro inesquecível no próximo carnaval.

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui