Dicas de Segurança e Autodefesa para Mulheres

1

Numa realidade tão violenta e cruel como esta que estamos vivenciamos, é muito comum que as pessoas, principalmente as mulheres, andem assustadas pelas ruas, demonstrando medo e se tornando presas ainda mais fáceis dos bandidos. Não há como impedir que pessoas más cometam crimes pela cidade, mas podemos tentar evitar que nós sejamos suas vítimas.

Como? Primeiramente evitando situações de risco, e em segundo plano, quem sabe fazendo aulas de autodefesa.

Dicas de Segurança para Mulheres

Segurança na rua

  • Saindo e chegando em casa – Observe o que está acontecendo ao redor sempre! Veja se há alguma pessoa suspeita por perto, escondida em algum lugar (dentro do carro, atrás de árvores ou em motos), e não saia de casa se perceber algo estranho. Não tenha medo de seguir sua intuição. Ela pode estar certa. Se a situação ocorrer quando chegar em casa, não entre. Permaneça andando e procure algum lugar movimentado para entrar (bares, lojas, padarias, supermercados), se for o caso, corra e grite pedindo ajuda (exceto se já tiver sido abordada pelo bandido).
  • Andando na rua – Jamais fique desatenta na rua. Evite expor seus pertences como celular e computador, e ande com a bolsa presa de encontro ao corpo para evitar furtos. Quando for fazer compras ou realizar pagamentos, deixe para abrir a carteira em local seguro, de preferência, deixe o valor ou o cartão de crédito previamente separado num compartimento da bolsa para que você não precise abrir a carteira. Não ande com pertences de valor, nem quantias altas de dinheiro na bolsa.
  • Dirigindo – Observe o movimento no local onde o seu carro está estacionado, e se notar algo suspeito, volte e peça para alguém acompanhá-la até ele. Segure a chave na mão e não perca tempo, ligue o carro e vá embora assim que entrar. Jamais estacione em lugares desertos. Quando o sinal estiver fechado, procure ir diminuindo a velocidade para dar tempo suficiente para o sinal abrir antes de chegar até ele, assim você evita parar o carro. Ande com os vidros fechados e evite falar com vendedores, crianças e pedintes no sinal. Nem todos são mal-intencionados, mas como não dá para distinguir honesto de bandido, o melhor é prevenir.
  11 Dicas para ser mais produtivo no trabalho e na vida

Segurança na rua

  • Invista em segurançaEm casa: Procure manter portas e janelas trancadas quando estiver sozinha. Se puder, invista em grades nas janelas, cerca elétrica e sistema de alarme. Se notar algo suspeito no quintal da sua casa, fique quieta e ligue para a polícia. No carro: Revista os vidros com películas escuras e guarde seus pertences dentro da mala e porta-luvas para que não fiquem visíveis. Lembre-se de travar e ativar o alarme do carro sempre. Se puder, instale um aparelho de GPS no seu automóvel.
  • Não reaja! – Seja onde for, não reaja se um bandido abordá-la. Mantenha a calma, siga todas as suas ordens e entregue tudo o que ele mandar. Evite olhar diretamente para o bandido, mas tente, disfarçadamente, decorar a sua fisionomia.

Autodefesa para Mulheres

Como o próprio nome diz, a autodefesa deve ser usada exclusivamente quando a sua vida estiver em risco. Agredir alguém por tentar roubar o seu carro ou algum objeto seu, pode fazer com que você seja presa, afinal sua integridade física não estava em perigo. Da mesma forma, reagir a um bandido armado ou com mais força/técnica do que você, poderá ser muito perigoso e até levá-la à morte.

Defesa pessoal

Em alguns casos, a autodefesa pode ser muito útil e impedir situações mais graves de violência, mas saber quando e como se deve usar as técnicas de autodefesa é algo essencial para quem quer aprendê-las.

melhores se defendendo

As técnicas de autodefesa são utilizadas para distrair e imobilizar o bandido. Algumas estratégias podem servir também para desarmá-lo (se for o caso), mas em geral, o aconselhável é não reagir a bandido armado.

É importante esclarecer que nem sempre a autodefesa poderá ser aplicada, portanto é importante procurar escolas de artes marciais bem conceituadas, que não apenas ensinem a técnica, mas também lhe mantenha ciente de seus direitos e deveres, e principalmente, que alerte seus alunos sobre os riscos e a hora certa de usar as técnicas.

  Dicas para quem cortou o cabelo e não gostou

Separei mais esses conteúdos para você:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui