Dirigindo Melhor e Perdendo o Medo

Um dos grandes símbolos de independência é poder dirigir! Nada melhor do que ter seu próprio carro e deixar de depender dos horários (e da boa vontade) do transporte público.

Você conquistou mais esse espaço, está com a habilitação em dia, volante em mãos. Falta alguma coisa? Para muitas pessoas, sim.

O trânsito nas grandes cidades não é nada agradável. É comum ver situações de perigo e imprudência diariamente, o que assusta, e muito, quem não está acostumado a enfrentar isso. Outra eventualidade complicada é o fato de que algumas mulheres, mesmo dirigindo bem, ficam com medo de “encarar” as ruas. O que fazer?

Dirigindo Melhor

Pratique!

Pode parecer uma dica mais do que batida, mas é praticando que (realmente) se aprende. É nas situações corriqueiras que as adversidades vão se mostrar, e é preciso ter calma e tranquilidade para saber o que fazer. Comece aos poucos, dirija no seu bairro, vá a casa de amigos, peça para levar alguém ao supermercado. Cada vez que se sentir segura, avance mais um pouquinho. Logo estará dirigindo para longas distâncias e conhecendo vias diferentes.

 Concentre-se. Sempre!

Dirigir é declarar sua liberdade motora, mas também significa assumir riscos. Em áreas residenciais onde há grande concentração de pedestres e crianças brincando nas ruas, diminua a velocidade e mantenha o foco apenas no que está fazendo. Nada de música alta. Celular então, nem pensar.

Em vias de grande movimento, preste atenção ao tráfego ao seu redor e procure antecipar-se ao que os outros motoristas vão fazer. Seja cortês, permita que pedestres atravessem em ruas sem semáforos, principalmente os mais idosos.

 Dirigindo MelhorFique de olho na velocidade

Você está dirigindo, assim como todos os outros ao seu redor. Isso não é uma corrida, nem uma exibição de carros. Mantenha-se à direita, salvo quando for ultrapassar os outros. Não corra riscos desnecessários, principalmente se não tiver prática suficiente na direção. Mantenha-se em segurança. 

  Mulheres têm mais chance de sofrer AVC

Dicas rápidas para dirigir bem:

  • Respeite faixas de pedestres e sinais de trânsito.
  • Deixe os outros motoristas ultrapassarem, se quiserem. Não se estresse nem estresse os outros se não estiver com pressa.
  • Ao parar em um sinal vermelho, já engate a primeira marcha, para sair mais rápido.
  • Evite diminuir a velocidade por causa da curiosidade. Aconteceu um acidente? A menos que seja para ajudar, não pare o carro. Sua desatenção pode piorar ainda mais a situação.
  • Lembre-se de dar sinal (seta) cada vez que for virar uma rua. É primordial para os outros motoristas e também para os pedestres saberem onde você pretende entrar.

Dirigindo Melhor

Se é grave, procure ajude

Sua habilitação foi feita para ser usada como tal. Ela não é apenas um de seus documentos de identidade. Se sentir que o medo de dirigir está afetando você de maneira profunda, com tremores, suor excessivo e sensações de falta de ar cada vez que tiver de pegar no carro, procure ajuda. A ansiedade dos primeiros dias é absolutamente normal, mas se torna perigosa quando não passa mesmo depois de muitos treinos. Se mesmo já dirigindo há algum tempo, o pânico ainda persiste, é hora de ir atrás de quem pode ajudar.

Existem centros de condutores especializados em ajudar quem sente medo de direção, especialmente as mulheres, que ainda são maioria nos números de pessoas que apresentam pânico de direção. Esses instrutores estão preparados para ajudar a desenvolver a confiança ao volante. Motivação é muito importante; é preciso realmente acreditar em sua capacidade de conseguir. De vencer.

Separei mais esses conteúdos para você:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui