NadaFrágil.com.br

Finanças em casal: Saiba como organizar as finanças em conjunto


Milena Costa

Quando um casal vai morar junto organizar as finanças em casal pode parecer desesperador. Mas não é tão complicado quanto muita gente imagina. Inclusive um dos problemas que mais afeta os relacionamentos é justamente não falar sobre dinheiro.

Quando o casal conversa e organiza suas finanças de forma mais transparente e racional, tudo fica mais fácil. Então nada de achar que falar sobre dinheiro com o companheiro ou companheira vai complicar seu relacionamento. Aprenda a lidar com as finanças em casal e evitar problemas com o dinheiro na sua casa.

Finanças em casal

Falem sobre dinheiro

Como já foi dito, organizar as finanças em casal significa falar sobre dinheiro. É muito importante que os dois aprendam a ser racionais em relação ao dinheiro, se você acha que seu parceiro gasta demais ou não sabe se controlar, converse com ele e abra o jogo de uma forma gentil.

Também é importante falar sobre o quanto cada um pode gastar para sustentar a casa. Se uma das partes ganha muito mais e quer um alto padrão de vida e o outro não pode pagar a metade. Vai ser importante conversar sobre isso.

Finanças em casal

Se os dois pretendem dividir ao meio será preciso se adequar a um padrão de vida que o que recebe menos possa pagar sem ficar com a corda no pescoço. Se o que recebe mais quiser bancar 60% dos custos enquanto o outro arca com 40%, por exemplo, então tudo bem.

Mas tudo isso deve ser acordado antes com muito respeito com o outro e sem brigas. Nada de apontar o dedo ou ficar com ressentimentos depois, se você tiver aceitado arcar com mais que o outro. Vocês aceitaram o acordo e ninguém está tirando vantagem de ninguém.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como evitar desperdício de alimentos em casa

Organizem as despesas conjuntas

Finanças em casal

As despesas conjuntas devem ser tudo aquilo que é consumido na casa pelos dois. As contas da casa, alimentação, as despesas com crianças, animais de estimação que sejam dos dois. Tudo isso são despesas conjuntas que devem ser pagas em conjunto.

A partir do entendimento dessas despesas, o casal vai conseguir separar qual o valor que cada um vai contribuir para manter a casa e todas as despesas. Isso vai depender daquele acordo estabelecido no item acima.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como dividir a renda para conseguir economizar

Tenham metas em conjunto

Finanças em casal

Uma viagem para as férias, um fim de semana em um lugar especial do início do namoro. Ter um bichinho de estimação, comprar um carro. Vale a pena ter metas em conjunto, não é uma desculpa para gastar, muito menos uma oportunidade de enfiar o pé na jaca.

Os casais costumam fazer essas coisas, então ao invés de usar um dinheiro que um dos dois tinha guardado. Ou fazer um empréstimo e ter um problema financeiro depois. Se organizem, poupem e invistam, e assim vocês podem fazer coisas juntos.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre a reserva de emergência e como cuidar da sua

Metas separadas

Finanças em casal

Também é muito importante ter uma meta separada. Embora finanças em casal faça muita gente querer fazer tudo em conjunto. Na verdade é importante que os casais tenham suas metas e vidas separadas. Isso torna os relacionamentos muito saudáveis.

Então que seja uma roupa nova que você quer, um dia no salão, uma nova especialização profissional ou até uma viagem sozinha ou com um familiar. Vale muito a pena que além das finanças em casal cada um tenha suas finanças pessoais. Seja não apenas para grandes metas, mas para sair com as amigas, para fazer suas compras separadas e consumir algo para você.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre ser multitarefa e saiba se é bom ou ruim

Conta conjunta

Finanças em casal

A conta conjunta pode ser uma do casal para movimentar as despesas em conjunto. Mas pode ser também a conta que os dois tenham para tudo. Vale a pena ter uma conta pessoal e uma conta conjunta onde seja transferido o dinheiro para as despesas e para poupar em conjunto.

É algo que o casal deve conversar e entender se vale a pena para eles e como isso vai funcionar melhor com eles. Não tem como dizer o que é melhor para cada casal. Sendo que os estilos de vida são diferentes e o que é melhor para um pode não ser o ideal para o outro.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.