Você sabia que fome excessiva pode ser um dos efeitos da sua dieta? Pois é! Justamente por isso, trouxemos algumas dicas de como controlar seu apetite com alimentos, controle da mente e práticas de exercícios físicos.

Afinal, seguir uma dieta não é a tarefa mais fácil, ainda mais quando existe a restrição de alimentos, com reeducação para comermos da forma correta os pratos mais nutritivos para o corpo.

Apesar de importante, a reeducação feita de maneira errônea pode ser a causadora do excesso de fome, especialmente se você deixar de consumir os alimentos que necessita para manter o corpo saciado por mais tempo. Por isso é importante seguir uma dieta equilibrada, e não tão restritiva!

Entenda tudo sobre o assunto em nosso guia de hoje.

Leia também: Zumba: Como pode te ajudar a emagrecer no verão 2021

fome excessiva
Mulher na dúvida se consome ou não. Foto: Freepik

Dicas para controlar a fome excessiva durante a dieta – Entendendo a fome

Quando falamos de fome excessiva, estamos trazendo um dos fatores que fazem as pessoas desistirem no meio da dieta. Pois muita gente acaba se sabotando por conta do excesso de fome, acreditando que apenas “um pouquinho a mais” não fará mal nenhum.

Mas antes de saber como controlar esse fator, é importante entender como funciona a fome, pois essa é uma condição normal de todo ser humano e, quando bem atendida, traz somente benefícios para o organismo.

Desse modo, podemos caracterizar a fome como uma função regulada por dois hormônios: grelina e leptina. Um avisa que o organismo precisa de nutrientes gerando fome, e a leptina passa a mensagem de saciedade.

Todo esse processo acontece em parceria com o hipotálamo, nosso regulador de apetite, sono temperatura corporal e entre outras funções.

Sendo assim, o processo de sentir fome é algo normal do nosso organismo, porém, quando há um excesso, talvez seja necessário incluir alimentos e ações que ajudem nos resultados de sua dieta.

E para lhe ajudar nessa dificuldade que é a fome excessiva durante as dietas, preparamos algumas dicas de como controlar a saciedade durante esses períodos:

fome excessiva
Mãos segurando talheres. Foto: Freepik

Leia mais: Janta engorda? O que você deve comer à noite

Evite a fome excessiva planejando suas refeições durante toda a dieta

O planejamento ajuda a mentalizar as suas ações, para que depois, seja colocada em prática da melhor forma possível.

Assim podemos fazer com nossa dieta, criando refeições para todos os momentos do nosso dia, não correndo o risco de não seguir corretamente o processo.

Os alimentos com fibras podem ajudar a elevar os níveis de saciedade durante a alimentação, principalmente no jantar e almoço sendo as principais refeições.

Uma dica é preparar um prato com mais verduras, legumes e grãos integrais que são alimentos ricos em fibras, ideais para prevenir a fome excessiva.

Criar um cardápio equilibrado é essencial para evitar “beliscar” outras comidinhas ao longo do dia. Siga um critério! Não tente apenas reduzir a quantidade, pois isso poderá sabotar o seu objetivo.

fome excessiva
Mulher feliz olhando para o prato com panquecas. Foto: Freepik

Leia mais: Quais alimentos evitar no verão 2021

Fome excessiva – Invista em lanches intermediários

Além de investir em um bom planejamento das refeições durante a dieta, aposte em lanches intermediários, pois ficar sem comer por longos períodos, ativa a grelina (responsável por indicar a fome).

A ideia é que você coma de 5 a 6 refeições por dia, organizando as principais e os lanches durante os intervalos de cada uma delas.

Falando em lanches, esses também devem ser programados com cuidados, preferindo alimentos com poucas calorias e proteínas que ajudam na saciedade.

Um exemplo são os iogurtes naturais, pão integral com um queijinho magro, saladas como rúcula, tomate, cenoura, alface, acelga e entre outros alimentos leves.

Fuja da ideia que diz que ficar muitas horas sem comer pode ser interessante para o emagrecimento, pois o efeito rebote poderá acontecer.

Leia mais: Os 7 maiores mitos sobre alimentação

fome excessiva
Mulher apreensiva com o prato em sua frente. Foto: Freepik

Evite a fome excessiva: aposte nos alimentos ricos em proteína

As proteínas também não podem faltar no seu cardápio de dieta saudável, pois como elas são absorvidas com menos velocidade, elas regulam a fome.

Portanto, priorize a introdução das proteínas nas principais refeições do seu dia, combinadas com alimentos leves e nutritivos para sua dieta.

As carnes são ricas em proteínas, por isso, você pode acrescentar um pedaço proporcional para seu corpo, apostando na inserção das mais magras.

O frango é uma ótima sugestão para acompanhar uma refeição rica em fibras, assim como os ovos, peixes e carne vermelha magra.

Leia também: Como turbinar sua imunidade no verão 2021

Fome excessiva – Coma gorduras boas para seu organismo

Nosso corpo também precisa de gorduras, mesmo durante as dietas. Saber escolher as melhores para seu organismo é fundamental.

Por isso, coma gorduras boas para seu corpo, preferencialmente as insaturadas e monoinsaturadas, que ajudam a equilibrar a fome, por proporcionar um processo lento na metabolização.

Mas lembre-se, não extrapole na quantidade consumida de gordura ok? Principalmente se você está no processo de emagrecer.

fome excessiva
Mulher comendo uma pizza. Foto: Freepik

Algumas opções como amêndoas, castanhas e nozes podem ajudar nesse processo, sendo estas gorduras boas que nosso corpo precisa. Mas, vale um adendo: Não exagere! Além de conter gorduras boas, estes alimentos podem ser bastante calóricos.

Leia mais: Termogênicos e Queimadores de Gordura

Fome excessiva – Previna situações como “fome oculta”

A “fome oculta” acontece quando ingerimos alimentos que não são o suficientes para saciar a fome, como a farinha branca e excesso de açúcar.

Esses alimentos não possuem substâncias como zinco, tiamina e cobre e podem fazer com que o organismo entenda de maneira equivocada que não há comida no estômago.

Quando um alimento é pobre em micronutrientes como minerais e vitaminas, pode acontecer de ingerir uma quantidade e ainda sentir fome.

Fome excessiva – Prefira comer as frutas, ao invés de fazer suco

Na maioria das dietas de emagrecimento está introduzida uma fruta, não é mesmo? Até aí tudo certo, o que pode comprometer é o modo de ingeri-la.

Estamos no verão, a estação mais quente do ano e muitas vezes preferimos aquele suco natural geladinho para hidratar.

fome excessiva
Prato com talheres sobre a mesa. Foto: Freepik

Porém, no caso de dietas para emagrecer, o aconselhável é que se consuma a fruta inteira, sem retirar o bagaço, como acontece ao ingerir um suco.

Leia mais: Engane o tempo tomando suco vermelho

A laranja é uma ótima fruta, mas possui 65 kcal, e para preparar um suco precisamos no mínimo de 3 a 4 laranjas sem bagaço, o que pode prejudicar a sua dieta.

Além disso, o bagaço da laranja possui uma rica quantidade de nutrientes e fibras, que ajudam a saciar a fome ao ser consumida inteira.

Fome excessiva – Cuidado com as dietas rigorosas, elas podem provocar a fome excessiva!

Como falamos no começo de nossas dicas, planejar é a melhor forma para começar e se manter em uma dieta saudável. Por esse motivo, cuidado com as dietas rigorosas!

A privação de alimentos provoca a  falta de nutrientes e fibras nas refeições, enquanto que intervalos longos para cada alimentação podem prejudicar a sua saúde e aumentar a fome excessiva.

Por isso, fuja das dietas malucas como a “dieta do cubo de gelo”, que consiste em colocar um cubinho de gelo na boca na hora que sentir fome.

A água é importante para o corpo, mas nosso organismo não vive apenas disso. Ele precisa de vitaminas, minerais e carboidratos para não entrar em colapso e adoecer.

Leia também: Como cuidar do corpo no verão 2021 em meio à pandemia?

fome excessiva
Homem consumindo lanche. Foto: Freepik

Fome excessiva – Hidrate seu corpo

A dieta saudável não se resume à restrições severas; à exclusão de alimentos pobres em nutrientes para todo sempre e, nem mesmo, às dietas restritivas de água com gengibre.

É preciso manter um equilíbrio. As vitaminas e minerais são importantes; a água é essencial e as calorias também. Por isso, lembre-se de hidratar o seu corpo para evitar a fome excessiva e a desidratação!

Isso porque a água atua em nosso organismo aumentando a sensação de saciedade e também auxiliando as fibras a fazerem o seu devido trabalho.

Leia mais: Spinning: Deixa a perna grossa e define a barriga?

Fome excessiva – Pratique exercícios regularmente

Uma dieta saudável é combinada com a prática de exercícios regulares, pois durante as atividades corporais liberamos substâncias de prazer em nosso organismo.

Além disso, os exercícios ajudam na concentração, gasto de energia e melhoram o condicionamento físico, fortalecendo músculos, ossos e ajudando no sono.

fome excessiva
Mulher comendo um hambúrguer. Foto: Freepik

Contudo, dentro desses benefícios para sua dieta também está a pré-disposição, atuando como regulador da fome e fazendo você se alimentar de forma mais inteligente.

Uma dica é praticar atividades físicas que você mais gosta, como caminhada, ciclismo, dança e diversas outras modalidades e esportes, mas tudo de uma maneira equilibrada e regular.

Veja também: TRX: O que é? Para que serve? 8 benefícios para mulheres

Fome excessiva – Evite situações estressantes

Muitas pessoas associam a fome com as emoções, quando estão tristes apostam em um chocolate, nos momentos alegres costumam comemorar com lanche ou consumir bebidas, e assim por diante.

No entanto, isso não tem problema, desde que seja feito de forma saudável e controlada para não ultrapassar os limites do seu corpo e da sua mente.

Por isso, para controlar a fome é preciso cuidar também da nossa mente, apostando no bem-estar como um todo.

Vivenciar as situações estressantes como brigas, relacionamento com pessoas tóxicas e demais situações conflituosas podem fazer você comer mais, mesmo sem perceber.

O importante é que você venha resolver os conflitos de forma assertiva, expondo opiniões de maneira saudável e sabendo lidar com as divergências de ponto de vista.

Viu só quantos aspectos podem estar ligados a fome excessiva? Aprenda como controlar o seu corpo e mente, se preciso, procure ajuda de um profissional.

Leia também:

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui