Entender a importância da gestão de negócios e saber fazê-la corretamente são dois passos rumo ao sucesso do seu negócio. Sem esses conhecimentos, você poderá estar caminhando em um terreno pouco sólido, arriscando assim, a saúde da sua empresa.

Por isso, foi pensando em mulheres empreendedoras, como você, que fizemos este conteúdo unindo tudo o que você precisa saber sobre a gestão empresarial e como pôr a mão na massa da forma correta. Acompanhe.

Para ler depois: 23 frases motivacionais para mulheres empreendedoras

O que é uma gestão de negócios?

Mas afinal, o que é a gestão de negócios? Em resumo, a gestão empresarial está relacionada com o gerenciamento de ações planejadas e estruturadas com o intuito de tornar o trabalho mais otimizado, rentável, positivo e organizado.

gestão de negócios
Mulher fazendo anotações no quadro. Foto: Freepik

É uma área da administração de empresas que tem por objetivo trabalhar estratégias tanto macros, quanto micros. Ou seja, o foco será tanto no mercado externo, quanto em cada setor da sua empresa.

Assim, é possível analisar estatísticas, demandas, mercado, qualidade dos serviços oferecidos e até mesmo a satisfação dos clientes através de um único ponto. Dessa maneira, toda essa análise criará um robusto banco de dados capaz de direcionar novas medidas e sugestões para que o seu negócio cresça.

Desse modo, a gestão da sua empresa deverá ser pautada em liderança, controle, monitoramento e, obviamente, planejamento.

Vale ressaltar que a gestão perpassa diversos pontos e cargos dentro de uma empresa. Ou seja, não existe apenas um único responsável por toda a análise e criação de ações. Mas sim, gestores, analistas e colaboradores, de maneira geral, poderão fazer parte do grupo que gere o planejamento interno e externo.

Veja também: Guia da Mulher Empreendedora: Como vender na internet

gestão de negócios
Empreendedores reunidos comemorando. Foto: Freepik

Qual a importância da gestão de negócios?

É a partir da gestão de negócios que qualquer empreendedora pode ter uma visão mais aprofundada de tudo que vem acontecendo em sua empresa. Assim, é possível reconhecer os gargalos e os gaps, facilitando a tomada de decisão do gestor e criando a possibilidade de montar uma equipe mais fluída e otimizada.

Sem esse acompanhamento, análise e planejamento, o negócio pode até apresentar um bom faturamento, porém, a tendência é que seu crescimento “estacione”.

E como sabemos que você não quer ser do tipo de mulher que apenas começa algo e “deixa acontecer”, trouxemos abaixo diversas sugestões interessantes para você começar a sua gestão empresarial, independentemente do tamanho do seu negócio. Continue lendo!

gestão de negócios
Gestora empresarial. Foto: Freepik

Como fazer uma gestão eficiente?

Fazer uma gestão de negócios qualificada não é tarefa fácil, tampouco rápida. Em contrapartida, cada passo a mais que você der hoje, é um passo a menos que precisará dar no futuro. Ou seja, tudo que é otimizado e organizado hoje, gerará impactos frutíferos lá na frente.

Dito isso, vamos agora aos pontos-chave para pôr em prática a sua gestão:

Faça uma análise profunda do seu empreendimento

O primeiro passo é saber exatamente do que se trata o seu negócio. Sem esse tipo de alinhamento, você não poderá pesquisar o mercado e tampouco o seu público-alvo.

Por isso, é a partir dessa análise empresarial que você deverá partir. Considere as seguintes recomendações na hora de analisar a sua empresa:

  • Quais são todos os produtos e serviços oferecidos pela empresa?
  • Quais são as soluções que esses produtos e serviços fornecem para o público?
  • Quais são os pontos fortes do empreendimento? E os fracos?
  • Existem gargalos nas produções e desenvolvimento de serviços? Quais? Como reverter a situação?
gestão de negócios
Mulher usando o computador para trabalhar. Foto: Freepik
  • Que tipo de função está sendo deixada de lado, por falta de tempo, que poderia ser delegada para uma consultoria ou um novo colaborador?
  • Como a empresa tem se saído nos últimos meses? Houve prejuízo? Por quê?
  • Que pontos você acredita que precisam de melhorias? E o que está funcionando bem?
  • Como tem sido as métricas de satisfação dos clientes? Quais feedbacks estão sendo recebidos?
  • Quais são as estratégias de vendas e pós-venda?

Estes são apenas alguns questionamentos que devem ser levados em conta. Lembre-se de elaborar mais, de acordo com o seu negócio.

Encontre mais dicas nesse artigo: Produtividade na pandemia: Como melhorar no home office?

Gestão de negócios – Dedique-se à analise do mercado

Depois que você conseguir fazer um “pente fino” na sua empresa, chegará o momento de analisar o mercado como um todo. Para isso, você deverá observar as questões de sazonalidade e em quais momentos a sua empresa costuma ter resultados mais robustos e mais rasos.

Tudo isso lhe auxiliará na criação do seu caixa e capital de giro, por exemplo, garantindo que em épocas de “baixa” você consiga desenvolver o seu negócio com saúde e estrutura.

Veja também: Dicas para quem quer abrir um novo negócio

gestão de negócios
Diversos blocos de madeira com símbolos de negócios. Foto: Freepik

Gestão de negócios – Conheça o seu público-alvo

Ao alinhar os pontos acima, devemos partir para algo ainda mais profundo: o nosso público-alvo. Acredite, não é da noite para o dia que podemos encontrar o público de uma forma certeira, pois isso leva tempo.

Entretanto, existem questionamentos que podem ser respondidos logo no início, e depois disso, conforme o público for interagindo e apontando feedbacks, você vai encaixando as novas visões de pessoas.

Ou seja, se você criar uma empresa para mulheres estudarem cursos de culinária, e inicialmente usar um público mais amplo (entre 20 e 60 anos), ao se deparar, mais tarde, com a maior parte das alunas com idades entre 35  e 45 anos, saberá que esse é o seu público.

Ou seja, é uma questão de paciência, estudo e teste. Sendo que estas atividades são indispensáveis para a gestão de negócios.

Veja também: 10 Negócios para empreender individualmente

Gestão de negócios – Faça o seu planejamento financeiro

Agora é chegado o momento de você fazer um planejamento financeiro eficiente. Lembre-se que é preciso considerar os gastos e o fundo de emergência (capital de giro), para assim garantir que tudo flua bem, mesmo nos meses mais “frios” nas vendas.

gestão de negócios
Homem segurando tablet com gráfico 3d. Foto: Freepik

Além disso, lembre-se de que o planejamento inicial não deve ser algo engessado. Isto é, de tempos em tempos você deverá analisar novamente os custos, lucros e faturamento da empresa, para traçar novas estratégias de crescimento.

Além de que é dessa forma que você poderá encontrar desperdícios e “erros”, sempre criando um caminho mais promissor para o seu projeto.

Gestão de negócios – Motive a sua equipe da maneira correta

Com todos os pontos da gestão de negócios postos em prática, é hora de motivar a sua equipe.

Afinal, é ela quem sempre estará a par de tudo e estará na linha de frente do seu empreendimento. Por isso, crie mecanismos que tornem o trabalho mais prazeroso e disponibilize benefícios para a sua equipe.

Outro fator importante é o que diz respeito à inclusão dos colaboradores. Em outras palavras, é a capacidade que você, enquanto gestora, tem de fazer com que as pessoas sintam-se parte do negócio.

Para isso, fuja da ideia de que todo colaborador pode ser facilmente substituído, pois isso desvaloriza qualquer um! Demonstre o valor de cada pessoa que trabalha com você, e faça-a entender que juntos, todos crescem. Os colaboradores precisam se sentir verdadeiramente uma parte primordial da empresa!

Esteja sempre buscando novas tendências e conhecimentos de gestão de negócios

Por fim, agora que você entendeu a importância da gestão de negócios e pôde ter mais informações sobre a prática, é hora de darmos um conselho de amiga: busque sempre novas tendências e conhecimentos.

gestão de negócios
Empreendedores comemorando. Foto: Freepik

A gestão de uma empresa precisa ser dinâmica, orgânica e fluída, isto é, precisa estar em constante movimento. Fuja de qualquer engessamento do seu negócio e permita que a análise inclua fatores humanos, de comportamento e formas de lidar com o mundo.

Assim você vai traçando estratégias de uma maneira mais alinhada às expectativas do seu público e sonho dos seus colaboradores. Acredite, isso faz total diferença! Por isso, atualize-se sempre e esteja perto das pessoas envolvidas com o seu negócio!

Bons negócios.

Leia agora: Tendências de Empreendimento para Mulheres em 2021

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui