gestão de tempo para mulheres empreendedoras e mães precisa ser planejada de uma maneira coerente com a nossa realidade. Afinal, de nada adianta recebermos “dicas” de como organizar a roupa e os acessórios do trabalho se, na prática, continuaremos sendo aquelas que trabalham exaustivamente e, em muitos casos, sem receber o devido crédito.

Por isso, nesse conteúdo você vai encontrar dicas de mulheres empreendedoras que sabem o que é ser mãe e ter uma empresa. A partir disso, você poderá criar alicerces para ter um dia a dia muito mais organizado e que priorize o seu bem-estar, e não só o de terceiros. Acompanhe e entenda!

Para ler mais tarde: Coaching para mulheres funciona? Saiba mais!

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras
Mulher segurando um relógio e um café. Foto: Freepik

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras:              Conselhos de gestão de tempo para mulheres empreendedoras e mães

Um grande erro com relação à gestão de tempo para mulheres empreendedoras, que vemos por aí, é o que diz respeito ao que deve ou não deve ser feito pela mulher.

Infelizmente, há uma grande romantização do que uma mulher precisa fazer pela sua família, sua casa e seu trabalho. Com isso, criam uma ilusão de que “fazer mil coisas ao mesmo tempo”, ou então, ter jornadas triplas e duplas é algo bom. E não é!

Apesar de que, no decorrer do crescimento de um empreendimento, a mulher possa sim ter uma jornada dupla (de cuidar do trabalho e da família), esse papel não pode cair somente sobre ela. O parceiro ou os filhos também devem fazer parte da gestão de tempo da família, onde todos desempenham um papel fundamental que permita que a mulher também desfrute de uma folga.

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras
Vetor com relógio, livros e uma mulher com notebook. Foto: Freepik

Afinal, ninguém é de ferro e ninguém precisa ser! E é com isso em mente que elaboramos as nossas dicas abaixo:

Para ler depois: Qual a importância da gestão de negócios? 6 dicas de como fazer

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras: Fuja da técnica de “apagar incêndio”

O primeiro ponto que devemos analisar em uma gestão de tempo é o quanto você costuma investir no que chamamos de atitude de “apagar incêndio”. Isto é, quantas vezes, ao longo do dia, você precisa largar tudo o que está fazendo para simplesmente resolver uma urgência que surgiu – aparentemente – do nada?

Se você está precisando disponibilizar o seu tempo para esse tipo de atividade de maneira recorrente e indiscriminada, está mais do que na hora de analisar o que verdadeiramente está acontecendo. Para isso, comece a avaliar todos os “incêndios” que você apagou no último mês.

Agora, com isso em mente, reflita a respeito de quantas vezes essas urgências e imprevistos poderiam ter sido evitados. Será que realmente foi um imprevisto? Ou foi algo procrastinado? Ou ainda, foi um erro alheio que você simplesmente aceitou arrumar?

Pense sobre isso e imponha que, a partir de agora, você irá reduzir o número de urgências em sua vida, a partir de uma análise prévia de possíveis acontecimentos. É preciso ter um tempo de “margem de erro” na sua rotina, nem que seja de meia hora, para assim avaliar as suas urgências; possíveis tarefas e encaixar potenciais urgências na sua “pauta”.

Veja também: Inclua Sessões de Alongamento na sua Rotina

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras
Mulher sobrecarregada com trabalho. Foto: Freepik

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras:       Não tenha medo de delegar atividades à outras pessoas

Sabemos que você gosta de ter o seu trabalho e os seus cuidados com a casa/família do seu jeitinho. Porém, tenha cuidado para não transformar isso em uma verdadeira bola de neve de carga, ok?

Precisamos perder o medo de delegar funções importantes em nossa vida, afinal, ninguém consegue crescer sozinho. Por isso, essa é uma das regras de ouro da gestão de tempo para mulheres empreendedoras: saber o limite e assim delegar atividades.

Não tenha medo de pagar alguém para cuidar dos seus filhos no fim de semana ou da sua casa. Não pense que esse tipo de atitude é errada. E se alguém vier lhe julgar, diga para essa pessoa fazer tudo no seu lugar!

Afinal, você é a única quem sabe dos seus desafios, cansaços e dissabores. E jamais deverá se sobrecarregar apenas para vender a ideia de “mãe perfeita” ou mulher “multifuncional“.

Leia também: Mulher na Liderança: 7 dicas essenciais para o sucesso

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras
Mulher falando ao telefone. Foto: Freepik

Organize seu dia de acordo com as suas prioridades (alarmes ajudam)

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras: Outra forma de garantir uma boa gestão de tempo para mulheres empreendedoras e mães é com relação à organização das suas prioridades.

Pode parecer algo óbvio, mas você sabia que muitas vezes nós agimos no piloto automático e nos esquecemos de coisas importantes e, até certo ponto, óbvias?

Por isso é imprescindível saber tudo o que precisa ser feito, de acordo com as suas prioridades. Aqui, planilhas e alarmes podem ser bem-vindos, sempre lhe alertando de um trabalho, um compromisso na escola ou um remédio que deva ser consumido.

Acredite, essas pequenas mudanças na organização da agenda já vão tirar uma carga absurda da sua mente, porque:

  • Você não terá a carga de ter que lembrar de tudo, afinal, estará tudo anotado e agendado no seu celular;
  • Poderá se sentir mais leve, sabendo que sempre será avisada de algo importante;
  • Poderá criar uma rotina mais organizada, sem a afobação de fazer mil coisas o quanto antes, pois sabe que para tudo há o momento certo;
  • Sensação de organização e dever cumprido, que também é fundamental;
  • E assim por diante.
Gestão de tempo para mulheres empreendedoras
Mulher olhando a hora no relógio. Foto: Freepik

Veja também: Como ter uma imagem profissional mais positiva: 6 dicas

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras: Saiba dizer “não” no momento certo

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras: Outro ponto fundamental e que é relevante para qualquer tipo de gestão de tempo para mulheres empreendedoras é o que se relaciona com o ato de, nada mais, nada menos, dizer não.

Muitas pessoas – e não somente mulheres – têm dificuldades de negar algo para o outro. Acreditam que o “não” é uma grosseria que deve ser evitada. Porém, o “não” representa exatamente o contrário.

A negação está associada com o respeito que você tem pelo outro, ao saber que você não está disposta a fazer algo e, se o fizer, acabará fazendo de qualquer jeito, ou atrasando a entrega.

Além disso, o simples ato de dizer “não” tira uma carga absurda das suas costas! Afinal, o tempo que você usaria para fazer algo que não deseja poderá ser investido em seu autocuidado; descanso; bem-estar; organização do seu tempo; entre outras possibilidades.

O “não” é valioso e é o aliado de mulheres ocupadas! Fuja do desejo de ser “sempre boazinha”, pois dizer “sim” pode, antes de qualquer coisa, ser mais ruim do que bom para a pessoa que o ouve.

Veja também: Top 10: Motivos que levam as mulheres a empreenderem

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras
Mulher segurando ampulheta. Foto: Freepik

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras: Divida o seu dia em blocos

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras: Sabemos que é praticamente impossível separar o pessoal do profissional. Está mais do que claro que as nossas emoções pessoais atingem o nosso rendimento no trabalho, assim como os problemas no trabalho atingem o nosso foco em casa. Porém, tente, na medida do possível, separar o seu dia em blocos, equilibrando suas emoções.

Sendo assim, você pode sim ter alguns momentos para trabalhar em casa, desde que reserve um tempo específico para isso. Procure não se sobrecarregar com nenhuma área da sua vida, pois dessa forma será possível estabelecer uma rotina mais saudável.

O momento de trabalhar, deve ser focado no trabalho, e não ao mesmo tempo em que você cozinha ou lava roupa. Novamente frisamos: não tenha medo de delegar algumas funções. 

Porém, caso isso seja inviável (por questões financeiras, por exemplo), divida a sua rotina em blocos de uma forma mais precisa ainda. Por exemplo, tire um momento da semana para cozinhar e congelar o que mais demora; tenha um horário específico para ajustar algumas coisas no trabalho; sempre ajude seus filhos, com as tarefas da escola, no mesmo momento do dia; e assim por diante.

E mais importante do que tudo isso: nunca se esqueça de reservar um tempo para si, onde você pode descansar; passear; se cuidar; etc.

Leia também: Tendências de Empreendimento para Mulheres em 2021

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras
Mulher surpresa segurando um relógio. Foto: Freepik

Não tente abraçar o mundo sendo uma “super mãe”

Gestão de tempo para mulheres empreendedoras: Por fim, esqueça a ideia de que você precisa ser “infalível” e uma “super mãe” 24 horas por dia! A gestão de tempo para mulheres empreendedoras e mães visa fazer com que você perceba que é um ser humano, dotado de falhas e qualidades, e como tal, merece respeito, descanso e novas oportunidades sem sobrecarregar.

Com isso em mente, não se preocupe se algo passou batido, ou se você não conseguiu lavar a roupa no fim de semana. Especialmente se você não tem familiares morando com você, pense que você é uma só, e que não é justo cobrar perfeição.

Quanto mais aceitamos que falharemos e, dentro das falhas, encontraremos ensinamentos, mais levemente levaremos a nossa vida. Pense nisso! E nunca se esqueça: você não está sozinha! 🙂

Leia agora:

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui