menstruação borra de café é recorrente em muitas mulheres, e em grande parte dos casos não representa desequilíbrios sérios na saúde feminina. Entretanto, ela também pode representar algumas doenças e até mesmo gravidez, dependendo da sua consistência, recorrência e persistência.

Por conta destes fatores, é preciso ficar atenta a qualquer alteração intensa que possa acontecer no seu ciclo menstrual. Abaixo, daremos-lhe mais detalhes sobre as causas da menstruação escura, além de dicas de quando o auxílio médico é essencial. Acompanhe.

Para ler mais tarde: Gravidez Indesejada – O Que Fazer?

Causas da menstruação borra de café

A menstruação borra de café pode ser completamente normal, como já mencionamos. Entretanto, alguns casos podem requerer mais atenção, especialmente se outros tipos de sintomas estiverem associados com à menstruação escura. Sendo assim, atente-se para todos os detalhes abaixo para cuidar da sua saúde de um modo efetivo:

Menstruação borra de café
Três absorventes lado a lado com uma pétala de flor representando a menstruação. Foto: Freepik

Início e fim da menstruação

No início e no fim do período menstrual, muitas mulheres possuem sangramentos escuros, o que é bastante normal. Isso nada mais é do que a oxidação do sangue que surge no descamar do útero. Sendo assim, se você possui pequenos fluxos na cor de borra da café apenas um pouquinho antes da menstruação vir e um pouco depois, não se preocupe!

Veja também: Como aliviar a cólica menstrual – Dicas e sugestões

Entretanto, se o fluxo de menstruação borra de café for muito intenso e durar por muitos dias, talvez seja melhor ficar alerta e buscar auxílio profissional para esclarecer maiores dúvidas.

Gravidez

No início da gravidez, o embrião precisa se prender na parede do útero, para iniciar o seu desenvolvimento de uma maneira saudável. Entretanto, muitas vezes, este tipo de acontecimento poderá render um leve sangramento, que pode surgir numa coloração de borra de café. Ou seja, pode ser apenas um sintoma de gravidez, que você poderá descartar ou confirmar fazendo um teste.

Menstruação borra de café
Calcinha e absorventes com lantejoulas vermelhas representando a menstruação. Foto – Freepik

Entretanto, se você já estiver grávida, a atenção deverá ser ainda maior. Especialmente se a menstruação borra de café vier acompanhada de tonturas e dores abdominais, por exemplo. Por isso, não hesite em procurar o seu obstetra, pois você poderá, inclusive, estar iniciando um aborto espontâneo.

Leia mais: Teste de gravidez é totalmente preciso?

Menstruação borra de café – Desequilíbrios hormonais

Desequilíbrios hormonais e alterações na tireoide também podem ocasionar o desenvolvimento da menstruação borra de café. Isso porque até mesmo a quantidade de secreção pode diminuir, além da demora para a menstruação acontecer. Este atraso pode provocar a oxidação do sangue dentro do útero, o que fará com que ele fique mais escurecido.

Menstruação borra de café – Questões emocionais

Questões emocionais não bem resolvidas também pode ocasionar desequilíbrios na menstruação. Sendo assim, se a mulher estiver passando por fortes estresses, sentindo muita ansiedade e até mesmo iniciou um quadro de depressão, o corpo, como um todo, pode sentir estes efeitos.

Menstruação borra de café
Mulher sentada no sofá com as mãos na barriga por conta da cólica menstrual. Foto: Freepik

Veja mais: Estresse tóxico: O que é? Como evitá-lo e quais as consequências?

A partir disso, pode provocar algumas alterações no ciclo menstrual. E assim, consequentemente a menstruação borra de café pode aparecer, especialmente quando há um atraso na menstruação.

Menstruação borra de café – Período de pós-parto

Depois do parto, o corpo da mulher precisa passar – novamente – por uma série de mudanças, até voltar ao estado inicial e normal. Assim, o útero precisa começar a diminuir, até ficar do tamanho adequado. Como consequência, o mesmo poderá provocar sangramentos que podem durar até 45 dias. Este sangramento, no entanto, poderá ser na cor de borra de café.

Menstruação borra de café – Endometriose

A endometriose nada mais é do que o crescimento desproporcional do endométrio para fora do útero da mulher. Este tipo de condição pode desencadear fortes dores abdominais, além de desequilíbrios em todo o período e ciclo menstrual. É necessária a intervenção médica, para garantir a saúde da mulher e evitar complicações ainda mais dolorosas.

Por conta disso, se você notar algum tipo de desequilíbrio e sintomas de endometriose, procure imediatamente o auxílio de um médico qualificado.

Menstruação borra de café
Absorvente com manchas vermelhas representando menstruação. Foto: Freepik

Leia também: Endometriose: um Mal Feminino

Menstruação borra de café – Troca de anticoncepcional

Se você trocou de anticoncepcional recentemente, pode ser que esta seja a causa da sua menstruação borra de café. Afinal, quando trocamos a pílula, estamos trocando as intervenções hormonais que acontece em nosso organismo. Como consequência, você deverá se atentar para o período que estas mudanças permanecem.

Assim, caso as alterações sejam persistentes e mantenham-se irregulares e consistentes, é interessante conversar com o médico.

Leia mais: Mitos e Verdades Sobre a Pílula Anticoncepcional

Menstruação borra de café – Quando procurar auxílio médico?

Como pudemos notar, alguns casos em específico podem requerer uma intervenção médica para manter a sua saúde e o seu conforto de maneira geral. Entretanto, listamos alguns sintomas que podem servir de alerta para você marcar a sua consulta com um bom ginecologista. Veja:

Menstruação borra de café
Absorvente aberto com uma florzinha no meio que representa a menstruação. Foto: Freepik
  • Se você sentir fortes dores abdominais e cólicas muito intensas;
  • Se a sua menstruação não for nada regulada, nunca;
  • Se você está a mais de 3 meses sem menstruar;
  • Se a consistência e a quantidade de fluxo diminuiu ou aumento consideravelmente e, especialmente, de maneira repentina;
  • Caso você esteja sentindo dores na região íntima, pode precisar de intervenção médica;
  • Se você estiver sentindo tonturas, náuseas e vômitos;
  • Se a sua menstruação dura mais do que 7 dias seguidos;
  • Se você tem apresentado febre acima de 38 graus.

Não importa se você tem um ou mais sintomas que citamos acima. Se você apresentar qualquer um destes sinais, necessitará de acompanhamento médico, mesmo que seja para descartar qualquer tipo de anormalidade.

Lembre-se que muitas doenças uterinas podem ser silenciosas, e por isso é tão importante que você mantenha o seu exame preventivo em dia. Cuide-se!

Você também poderá gostar de: Você conhece os diversos benefícios da pílula anticoncepcional?

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui