Moda gestante: Você sempre linda

Não há dúvidas que as mulheres, ao engravidar, iniciam um dos melhores momentos de suas vidas. Gerar uma criança em seu próprio corpo é algo mágico, que deixa qualquer mulher transbordando beleza e alegria. E, nesse longo período de espera pelo seu bebê, o que ela mais quer são roupas confortáveis, já que a barriga, principalmente a partir do sexto mês de gestação, aumenta consideravelmente, dificultando certos movimentos.

Moda gestante: Você sempre linda
Entretanto, não pode ser qualquer peça; as grávidas merecem algo diferenciado, com estilo e, claro, na moda. Não só por pura vaidade, mas também para valorizar o novo formato do corpo, que vai alterando a cada etapa; são seios maiores, quadris mais largos, pernas e pés inchados. Aliás, algumas delas sofrem devido às constantes modificações e chegam a se achar feia e gorda, o que diminui a auto-estima e as deixa depressivas.

Moda gestante: Você sempre linda

Então, para não correr esse risco e curtir a gravidez com alegria e elegância, a mulher deve optar por peças que valorizem seu corpo ao mesmo tempo em que  promovem conforto. E, se engana quem pensa que as grávidas devem usar somente vestido. Eles são, de fato, mais fáceis de vestir e não apertam a barriga; mas existem outras opções, como calça jeans, que ajudam, e muito, no ambiente de trabalho, por exemplo.

Moda gestante: Você sempre linda

A moda para gestantes, na verdade, possui algumas adaptações quanto ao tamanho e material de fabricação das peças. No mais, as mulheres podem, inclusive, aproveitar o que já tem no guarda-roupa, dispensando a compra excessiva de roupas que, após o parto, não terão mais serventia. Essa também é uma ótima forma de poupar dinheiro e investir nas centenas de fraldas que você irá precisar comprar para a criança.

Leia também nosso artigo sobre os exames que toda grávida deve fazer.

Moda gestante: Você sempre linda

Tenha sempre em mente que é necessário pensar no bom senso sempre. Nada de colocar o barrigão de fora, por mais bonito que esteja, a menos que você esteja na praia ou no clube, de biquíni. Você pode ficar encantada com o tamanho dos seios, mas isso não significa que precisa sair por ai com um super decote. Lembre-se, você não colocou silicone e, sim, está se preparando para amamentar seu filho. Não é proibido mostrar um pouco, o que não fica elegante é mostrar demais. O importante é ficar cada vez mais radiante e não relaxar com o visual.

  Como Usar Botas Extralongas Sem Parecer Vulgar

Garimpando o armário

Moda gestante: Você sempre linda

Em geral, as mulheres têm um guarda-roupas cheio de peças, algumas que nunca foram usadas e outras que estão guardadas há muito tempo. No início da gestação, em que a barriga não está tão aparente, é possível continuar usando praticamente tudo. A partir do terceiro mês, em que a cintura já fica mais reta e a gravidez mais evidente, é possível abusar das peças mais larguinhas.

As batas, por exemplo, podem ser usadas normalmente até que não caibam mais. Se forem muito decotadas e os seios já estiverem grandes, basta colocar um top por baixo, que dará mais sustentação e, consequentemente, mas conforto. O mesmo serve para camisas e camisetas. Quando sentir que a peça está muito justa ou deixa parte da barriga à mostra, é hora de guardar novamente no armário.

Moda gestante: Você sempre linda

Calças jeans costumam apresentar um pouco mais de problema. Nos primeiros meses de gravidez, ela ainda pode servir, mas com o passar do tempo, ficará difícil fechá-la e, até mesmo, vesti-la. Se for de lycra e de cós baixo, pode aproveitar um pouco mais. Quer uma dica? Quando estiver difícil abotoar a calça, deixe o botão aberto e coloque um lenço como cinto. Ficará super charmoso e não irá aparecer que está um pouco aberto. Você pode, também, levar a calça em uma costureira e pedir para trocar o cós por um tecido que estique. Assim, poderá usa-la por mais tempo. O mesmo acontece com as calças sociais e de alfaiataria, que podem receber um elástico especial para não cair e não apertar a barriga.

Moda gestante: Você sempre linda

A diferença entre os vestidos que você já tem e os produzidos especialmente para gestantes é a parte da frente, que é mais comprida para, quando forem colocados, mantenham a linha da barra no mesmo comprimento da parte traseira. Sendo assim, os vestidos curtos, e mais largos, que você já tem, devem servir até o sexto mês da gestação.

  Como escolher o vestido de madrinha ideal para você

Moda gestante: Você sempre linda

 

Isso porque, com o aumento da barriga, a parte frontal da saia tende a, digamos, diminuir de tamanho. Dessa forma, qualquer vento que bater, irá te deixar bem desprotegida. Os vestidos longos podem ter seu uso prolongado; só não deixe que fiquem muito apertados, fazendo com que você tenha dificuldade tanto para colocar como para retirar. Sem contar que a elegância cai por terra com um vestido muito justo.

Moda gestante: Você sempre linda

Dicas de Moda Gestantes

Não é porque você está grávida que só poderá usar roupa de gestante. Claro que algumas não tem saída, precisam mesmo ter uma modelagem especial. Entretanto, nada impede que você continue comprando nas lojas de preferência. Sempre é possível adaptar uma coisa ou outra e você ainda mantêm o seu estilo. Já peças que precisam ser específicas podem ser compradas em lojas diferenciadas para as gestantes, onde você encontra modelos alternativos aos das lojas mais comuns. O importante é se sentir bem para aproveitar cada momento da gravidez.

Moda gestante: Você sempre linda

Quanto ao tecido, o melhor é a malha, que possui bom caimento e tem o poder de esticar sem perder a qualidade. Uma blusa de malha, por exemplo, pode ser usada por meses e, depois que o bebê nascer, também poderá ser aproveitada. Sem contar que esse tecido não aperta a barriga.

Muitos dizem que não é bom gestantes usarem estampa grande, assim como acontece com pessoas acima do peso. Está certo que não é qualquer desenho que ficará bom, porém você pode, e deve, alegrar o visual, já que sua barriga está grande por um motivo nobre. Caso não se sinta tão à vontade, basta escolher um vestido com fundo escuro e corte imperial marcado abaixo dos seios. Ou seja, a velha regra do justo em cima e solto em baixo. Para as listras, a dica é usar as verticais, que alongam a silhueta.

  Saiba Como usar Rendas Corretamente

Moda gestante: Você sempre linda

Roupa de Festa para Gestantes

Muitas grávidas recusam convites para festas de gala por que os vestidos convencionais não cabem e incomodam. Contudo, isso não é motivo para você não sair e se divertir. É só procurar por modelos mais soltos, que sejam mais justos na linha abaixo dos seios. A saia não precisa ser tão rodada, mas não pode apertar.

Modelos fabricados em tecido leve são os melhores, pois tem um caimento bonito e dão movimento. Se seu seio aumentou muito, fuja dos tomara-que-caia, já que não irão dar sustentação e você, ao invés de parecer elegante, irá ficar com jeito de cansada e desleixada, uma vez que a barriga pesa e, geralmente, não é fácil ficar com a coluna totalmente ereta por muito tempo.

Moda gestante: Você sempre linda

Junto com o vestido vem a dúvida do sapato. Você sabe que deve evitar os que possuem salto muito alto. Com os pés inchados e aquela enorme barriga, não dá para equilibrar muito bem. Então, se estiver muito calor, não tenha medo de colocar uma linda rasteirinha, com brilhos e detalhes. Caso não esteja muito frio, um sapato baixo, com uma fivela ou algum outro detalhe delicado ficará um charme. Você está em um momento especial, merece ter o conforto de um calçado baixo, mesmo em festa de gala!

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui