Se lhe disséssemos que existem 7 passos para sair da zona de conforto e assim alcançar os seus sonhos, você acreditaria?

Ou ainda, você acreditaria que você mesma é capaz de dar o primeiro passo hoje? Se ainda não acredita, está mais do que na hora de rever as suas concepções sobre este assunto!

E para lhe ajudar nesse processo de descoberta, preparamos este conteúdo com perguntas, respostas e dicas práticas para você começar a mudar a sua vida hoje mesmo. Acompanhe e saiba mais!

Depois dê uma olhada neste conteúdo: Como ser uma mulher forte emocionalmente? 8 dicas!

7 passos para sair da zona de conforto
Passos para sair da zona de conforto: Homem saltando. Foto: Freepik

O que seria sair da zona de conforto?

O primeiro ponto que devemos discutir é o que seria sair da zona de conforto. Afinal, muito se ouve falar sobre o assunto, mas não necessariamente sabemos o que isso deve significar, certo?

Pois bem, no dia a dia nós temos diversas atividades para serem colocadas em prática. Desde as mais simples, como arrumar a cama e escovar os dentes, até as que envolvem trabalho e estudo.

Dentro dessas atividades, muitas vezes agimos no piloto automático. Ao agir dessa forma, privamos a nossa mente de aprender algo novo e de se sentir desafiada para se desenvolver. Vamos vivendo a vida dentro de um espaço cômodo, automático, fácil.

Porém, à medida que o tempo passa, esse espaço vai se tornando monótono. E pior do que isso, vemos outras pessoas “ultrapassando a linha de chegada” e nós ainda no mesmo lugar. Estagnadas. Sem nenhum passo pra frente e, pior, com passos para trás.

Leia também: Saúde mental e trabalho remoto: Como manter o bem-estar trabalhando em casa

Aqui nos deparamos com a nossa zona de conforto. Aquele espaço que, embora confortável, é chato e não agrega em nada. Apenas ocupa o nosso dia de uma forma automática, sem nos apresentar novas possibilidades e sem nos ajudar a crescer.

7 passos para sair da zona de conforto
7 passos para sair da zona de conforto. Mulher estudando.Foto: Freepik

Se pensarmos a zona de conforto por meio de uma metáfora, podemos dizer que ela é como uma criança que aprende a engatinhar e pronto, quer engatinhar para sempre.

Sair da zona de conforto, nesse caso, seria se aventurar em cima dos dois pés: tentando aprender a andar sozinha e a buscar novas oportunidades para a vida.

Você quer engatinhar ou andar?

Qual o primeiro passo a ser dado para sair da zona de conforto?

Antes de pensarmos nos 7 passos para sair da zona de conforto, devemos pensar no ponto primordial. No estopim.

Muitas vezes as pessoas mergulham em guias práticos para sair da zona de conforto, mas se esquecem do primordial: dar o primeiro passo corretamente.

Isto é, não adianta você decidir aprender algo novo para largar depois, por simplesmente ter começado de um jeito errado.

Por isso, quando você pensar em qual o primeiro passo para sair da zona de conforto, pense em reconhecer que você está parado.

Parece fácil? Bem, para você pode ser. Mas a verdade é que a maior parte das pessoas tem dificuldade para assumir que está parada e, muitas vezes, com preguiça de sair do lugar.

Aceitar a posição de zona de conforto requer coragem. E somente depois desse reconhecimento e desse ato de admitir isso para si mesmo é que se torna possível sair dessa zona.

Afinal, se você mente dizendo que não está na zona de conforto, mas só quer “arriscar mais”, você sabe que há chances de mentir os resultados para si mesmo…

Portanto, pense nisso! Comece admitindo que você está na zona de conforto e se comprometendo em sair dela. Prometa para si mesma. E, melhor do que isso, prometa a alguém. Isso vai lhe ajudar muito!

7 passos para sair da zona de conforto
7 passos para sair da zona de conforto. Foto: Freepik

Veja também: Não quero ser mãe, isso é um problema?

7 Passos para sair da zona de conforto

Os passos para sair da zona de conforto podem ser mais difíceis ou mais fáceis, dependendo da fase em que você vive em sua vida.

Por exemplo, para uma recém-mãe é mais difícil conciliar a rotina para aprender algo novo, do que para alguém sem filhos.

Por isso, considere os passos abaixo de acordo com a sua realidade, sempre fazendo as adaptações necessárias que permitam o seu crescimento sem anular a sua saúde mental.

Preparada? Então vamos lá!

1- Saiba reconhecer qual é a sua zona de conforto

O primeiro passo (depois daquele ponto que destacamos no início deste artigo) é o de reconhecer a sua zona de conforto.

É bem possível que você não saiba apontar em qual “etapa” da sua zona de conforto você está. Por isso, analise bem como está a sua rotina e o que parece estar estagnado.

Sabe aquelas coisas que parecem fáceis demais? Ou aquelas situações que se repetem exatamente igual há anos? Analise-as. Avalie o que parece estar tirando de você a chance de crescer e experimentar algo novo.

Essa etapa pode demorar um pouquinho, mas esse autoconhecimento é fundamental e vale muito a pena. Persista!

Leia também: 7 maneiras de manter o bem-estar e a produtividade trabalhando em casa

2- Reconheça que você não é perfeita – passos para sair da zona de conforto

Depois que você conseguir localizar as áreas da sua vida em que parece que tudo estagnou, lembre-se de considerar que você não é perfeita.

E para aceitar isso, saiba colocar “na ponta do lápis” quais são os seus defeitos. Sim, defeitos.

Todo mundo tem defeitos, e um dos passos para sair da zona de conforto é justamente saber quais são eles.

Quanto mais conhecemos as nossas imperfeições, mais forças podemos desenvolver para superá-las ou minimizá-las. Sempre respeitando o limite de que não existe perfeição no mundo.

7 passos para sair da zona de conforto
7 passos para sair da zona de conforto. Foto: Freepik

Veja também: Como mudar de carreira sem grande estresse

3- Analise quais são seus pontos fortes e fracos

Analise também aqueles pontos fracos que estão de escanteio em sua vida.

Sabe aquela dificuldade para falar em público? Traga à tona e comece a pensar sobre isso. Trabalhe a sua maneira de agir nesse sentido e busque aperfeiçoar esse ponto fraco.

Mas não pare por aqui. Também saiba reconhecer os seus pontos fortes. Pois são eles que irão lhe impulsionar nos seus passos para sair da zona de conforto.

Sabemos que pensar sobre os pontos fracos pode ser doloroso e angustiante, enquanto que pensar sobre as qualidades é mais recompensador. Porém, precisamos pensar nos dois pontos para analisar o que deve ser melhorado e desenvolvido em nossa vida.

Afinal, sair da zona de conforto pode ser doloroso e nada gostoso.

4- Desenvolva novas habilidades e conhecimentos nos passos para sair da zona de conforto

Por meio das análises pessoais que você tem feito até aqui, comece a pensar em novas habilidades que podem ser desenvolvidas e conhecimentos que podem ser adquiridos.

Analise quais áreas da sua vida você quer começar a transformar:

  • Trabalho?
  • Relacionamento?
  • Família?
  • Organização financeira?

Pense sobre isso e liste quais são os conhecimentos, estudos e conteúdos que deverão ser absorvidos a partir de hoje. E assim, parta para o próximo passo para sair da zona de conforto.

7 passos para sair da zona de conforto
7 passos para sair da zona de conforto. Foto: Freepik

Veja também: 7 Dicas Para Ser Bem Sucedida na Carreira Profissional

5- Trace objetivos e estipule prazos saudáveis para eles, de acordo com as suas prioridades

Depois que você conseguir listar quais são os conhecimentos e áreas da sua vida que você deseja desenvolver, é hora de dar mais um passo.

Para isso, estipule as suas prioridades, em uma ordem cronológica, e crie os seus objetivos para cada meta. Lembre-se também de estipular prazos hábeis e reais para as suas pretenções, pois assim você terá um controle maior do que precisa fazer, a cada dia, para ir superando a si mesma.

E não desista! Pode ser difícil traçar as metas e o medo pode até surgir – mas lembre-se de que você é capaz!

Leia também: 9 erros que podem atrapalhar a carreira de uma mulher

6- Tome a iniciativa e comece no aqui e agora, deixando a procrastinação de lado

Antes de dizer que vai começar algo amanhã, depois de estipular os objetivos e metas, prefira trazer o seu pensamento para o presente.

Desse modo, diga para si mesma que você irá começar aqui e agora, aquilo que for possível ser começado.

Tome a iniciativa. Dê o primeiro passo para executar algo e comece.

7 passos para sair da zona de conforto
7 passos para sair da zona de conforto. Foto: Freepik

Grande parte das vezes o primeiro passo é o mais difícil e dolorido de todos. E quando você o der, perceberá que o caminho promissor pela frente vale muito mais a pena do que a procrastinação.

7- Termine as tarefas que você começar e evite parar no meio do caminho

Além de começar no aqui e agora, lembre-se de evitar que as coisas não terminem. Mas como assim?

Bem, muitas vezes seguimos os passos para sair da zona de conforto, mas nos esquecemos de que eles não terminam na primeira mudança. É preciso continuidade.

E para que haja continuidade nós precisamos terminar aquilo que nos propomos começar.

Exemplo: você propôs para si mesma começar um curso de oratória é já aprender 10 lições de 20? Não pare por aqui! Vá até o fim e conclua o seu objetivo com maestria!

Mesmo quando a preguiça aparecer, force-se a ir em frente. Salvo em casos onde você está se sentindo mal e prejudicando a sua saúde com a nova ação, é claro. Afinal, insistir em erros também faz parte de uma zona de conforto… Saiba mensurar. 😉

7 passos para sair da zona de conforto
7 passos para sair da zona de conforto. Mulher feliz na praia. Foto: Freepik

Esperamos que este texto tenha servido de alicerce para você dar os primeiros passos para sair da zona de conforto.

Sabemos que você é capaz! Apenas se dê essa chance. 😉

Veja também: O que é plano de carreira? Crie um bom plano em 5 passos

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui