Saiba Tudo Sobre a Menopausa

Nós mulheres passamos por muitas mudanças em nossas vidas, desde o momento da menarca até a melhor idade. São muitas coisas para administrar tudo de uma vez: sair da faculdade, arranjar um emprego, casar, ter filhos e continuar fazendo tudo ao mesmo tempo. Mas como todas nós vamos envelhecer e com as mudanças naturais do organismo com o passar do tempo, a mulher, entra na menopausa.

O que é a Menopausa?

Muitas mulheres possuem muito temor desse período e a maioria não conhece muito bem do que se trata. Algumas já ouviu que a tia da amiga da prima teve milhares de efeitos hormonais super estranhos e tantas outras histórias que correm por aí. A verdade é que cada organismo reage de uma maneira e na maioria das vezes os mesmos sintomas acabam afetando a quase 100% da população feminina.menopausa

Mas o que é isso finalmente? É apenas mais uma mudança fisiológica que possui como característica principal o encerramento dos ciclos menstruais e da ovulação. Normalmente ocorre numa faixa etária comum de 45 a 55 anos e para se caracterizar como menopausa é necessário que a mulher esteja, pelo menos, há um ano sem menstruar.

Mecanismos fisiológicos

Os ovários param de produzir estrógenos e com o decorrer do tempo, o nosso organismo vai pouco a pouco se adaptando às mudanças. Assim, os principais sinais e sintomas vão surgindo como as alterações circulatórias que acarretam ondas de calor, palpitações, sintomas psicológicos como depressão, ansiedade, irritabilidade, mudanças de humor de uma hora para outra e outros como a falta de lubrificação vaginal.

Nós não paramos de uma hora para outra de menstruar. Da mesma forma que quando isso acontece pela primeira vez, o corpo teve de ir se adaptando aos poucos, da mesma forma ocorre na menopausa que também é chamada de climatério, sendo esse um nome mais conhecido pelos profissionais de saúde.

  Dicas para montar looks incríveis nas viagens

Pode ocorrer também a menopausa precoce costuma acontecer antes da mulher completar os 40 anos de idade. Esse tipo de manifestação pode ser diagnosticada através da medida dos níveis de FSH (hormônio folículo-estimulante) e do LH que é o hormônio luteinizante. Os níveis desses dois marcadores ficam mais elevados que os valores normais durante a menopausa.

Sintomas da Menopausa

Além dos sintomas mais comuns e conhecidos como as ondas e calor e as mudanças bruscas de humor, também há outras que devem ser observadas:

  • Transpiração e tonturas;
  • Suores noturnos;
  • Diminuição da libido;
  • Redução no tamanho das mamas;
  • Diminuição na elasticidade da pele;
  • Aumento da porosidade dos ossos, podendo levar à osteoporose;

Veja também nosso artigo especial que lhe ensina a driblar os sintomas da menopausa.

Tratamento da Menopausa

Para algumas pessoas que ainda pensam que menopausa não tem tratamento é melhor ficar esperta porque o mercado medicinal está cheio de novidades e variedades. A principal forma de tratar é através da reposição hormonal compondo-se de estrogênio e progesterona. Se a terapia não melhora os níveis hormonais pelo menos possui o poder de estabilizar e não aumentar os sintomas.menopausa 1

Mas cuidado! Como qualquer outro medicamento, a terapia de reposição possui algumas contraindicações que podem levar a sérios problemas de saúde. Ela pode aumentar o risco de ataque cardíaco, ocorrência de trombos nos vasos, AVC e câncer de mama. Por isso é recomendado que a terapia seja realizada apenas em casos muito necessários e em tempo reduzido.

Existem outros tratamentos menos agressivos como o uso de moduladores seletivos de receptor de estrogênio do organismo que não possuem tantos efeitos colaterais. Para quem possui preferência por tratamentos naturais, pode optar pelo suplemento dietéticos alternativos que podem oferecer alívio aos efeitos mais agressivos.

  Conheça os destinos mais românticos do Brasil

Dicas

Existem algumas pequenas dicas que podem ajudar as mulheres que estão na menopausa a levar uma vida mais tranquila enquanto os sintomas não cessam por completo. Entre elas estão: beber bastante água. Fazer exercícios físicos como a dança, corrida branda, hidroginástica ou natação, usar sempre roupas leves e deixar o ambiente sempre bem arejado e ventilado. Evitar o uso de drogas, evitar o cigarro e as bebidas alcoólicas, fazer refeições mais leves e aproveitar momentos de sol como antes das 9 horas da manhã e após às 16 horas da tarde.

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui