Mesmo com a chegada arrasadora das escovas que alisam o cabelo de forma definitiva, as pranchas ou também chamadas chapinhas, não saíram do mercado e isto está longe de acontecer. Elas são excelentes aliadas que podem ser levadas dentro de uma bolsa, de um lado para outro e salvar você das situações mais inusitadas. Você entra no banheiro descabelada e sai de lá parecendo uma modelo com o cabelo esvoaçante.

erros ao usar chapinha
Menina passando a chapinha nos cabelos. Foto: Freepik

Mas, é preciso ter alguns cuidados na hora de usar esse aparelho. São cuidados mínimos, porém, se não foram respeitados podem danificar e muito os cabelos, podendo até parti-los ao meio e aí não tem mais jeito. Muitas mulheres cometem os mesmos erros e não usam a prancha de maneira correta e portanto, não terão os bons resultados que esse produto pode oferecer.

Sempre verifique a temperatura

Esse é o erro mais cometido pelas usuárias da prancha de cabelo e, sem dúvida, o de maior risco para os fios. Algumas marcas oferecem temperaturas altíssimas, que chegam a ultrapassar os 200º, mas o grau de temperatura que se deve utilizar é de, no máximo, 180º. Mais do que isso, os fios podem simplesmente se partir e você é quem vai ficar com o prejuízo. E que prejuízo né?

Já quem usa a temperatura do aparelho abaixo do desejável, corre o risco de deixar os fios cm muito frizz e pior ainda, ressecados. É que quando a temperatura está muito baixa, acabamos passando a prancha de cabelo mais vezes do que o necessário. O cabelo ficar liso escorrido, mas você ganhar mutos fios completamente estragados pelo atrito com a chapinha.

erros ao usar chapinha
Cabeleireira alisando o cabelo da cliente com a chapinha. Foto: Freepik

Fazer chapinha com pressa não adianta

Ponha uma coisa na sua cabeça: se você sabe que precisa passar a prancha no cabelo, então é melhor que faça isso o quanto antes. Primeiro que você não vai querer sair com os fios eletrizados e arrepiados que a prancha proporcional. Segundo, quando estamos com pressa, acabamos usando mechas muito largas e passando o aparelho diversas vezes no cabelo. Vai demorar do mesmo jeito e os fios ficarão completamente estragados.

  Como Escolher um Perfume

Confira também nosso passo a passo para criar cachos com a chapinha.

Faça uso do protetor térmico

Quem pensa que só existe proteção contra o calor para a pele, está completamente engana. Com o calor do secador e da chapinha, é necessário usar um protetor térmico também nos fios. A prancha desliza bem melhor e o problema de ter um cabelo ressecado por conta dela, vai demorar a aparecer com toda a certeza.

Usar a chapinha com o cabelo cheio de produtos químicos

Você foi para a balada ontem a noite, encheu o cabelo de reparador de pontas, mousse e todas os outros produtos imagináveis. Hoje você tem um almoço com os amigos e o cabelo acordou todo amassado. Qual a solução? Chapinha nele! Você pode fazer isso se quiser fritar o seu cabelo. Faça um penteado que não mostre os amassados ou lave o cabelo, mas não faça isso em nenhuma hipótese.

erros ao usar chapinha
Alisando os cabelos com a chapinha. Foto: Freepik

Usar chapinha todo santo dia

Cabelo nenhum aguenta uma temperatura tão alta todos os dias. Portanto, é melhor não insistir. Se você gosta de ter os fios lisos 24 horas por dia então a melhor solução é aplicar uma escova definitiva. Mas, a melhor opção é assumir os fios naturais em alguns dias por semana. É interessante até para mudar o visual algumas vezes.

Prender o cabelo após o alisamento

Assim que você acaba de pranchar o cabelo, ele ainda está muito quente e provavelmente vai se moldar de acordo com o que você fizer com ele. Assim sendo, se você prender o cabelo com o elástico, prepare-se para vê-lo marcado bem no lugar da amarração. Se você quiser um cabelo com ondas, pode enrolá-lo até a hora de sair de casa.

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui