NadaFrágil.com.br

Saúde bucal: Como cuidar dos dentes corretamente


Li Arruda

De tanto ouvir os pais repetirem para escovar os dentes ao acordar, após as refeições e antes de dormir, a maioria das pessoas compreende essa necessidade e faz da escovação um hábito comum. Mas há dois problemas que tem impedido muita gente de cuidar bem da saúde bucal: o primeiro é o medo do dentista e o segundo é a falta de escovação ou a má escovação. Muitos não sabem como escovar os dentes da maneira correta, e outros afirmam que falta tempo para isso. Quem trabalha fora de casa e quase não tem tempo nem mesmo para almoçar, encontra dificuldades para escovar os dentes após as refeições.

Escovar os dentes

Cárie

Saúde bucal

Como todos já sabem, a falta de higiene bucal pode causar não apenas problemas estéticos e mau hálito, mas também problemas mais graves de saúde. A doença dentária mais conhecida é a cárie, causada por bactérias que se alimentam dos restos de comida que ficam na boca quando não há uma boa higienização, e produzem ácidos que causam lesões ao dente.

Gengivite pode causar infarto

Apesar de muitos acreditarem que os problemas bucais são pouco ofensivos, a realidade é bem diferente. Segundo uma pesquisa publicada na British Medical Journal, revista especializada em medicina, as pessoas que não escovam os dentes ou escovam apenas uma vez por dia possuem mais chances de ter problemas cardiovasculares. Isso provavelmente acontece porque a falta de escovação pode levar à inflamação na gengiva, a famosa gengivite. As bactérias que causam essa inflação entram na corrente sanguínea e vão parar nas artérias que levam sangue para o coração.

Dentista não é monstro

Dentista

A imagem do dentista é muitas vezes associada à dor que se sente quando é preciso fazer restaurações ou tratamentos de canal, por isso tanta gente tem medo de ir visitá-lo. Mas o “x” da questão está justamente aí: se o paciente frequentar o consultório do dentista pelo menos duas vezes por ano, as chances de ele precisar passar por tratamentos dolorosos serão bem menores, afinal os cuidados serão apenas preventivos ou de pequenas reparações. É melhor prevenir do que remediar.

É preciso passar fio dental

Passar fio dental

A escova de dente não consegue remover os restos de comida que ficam entre os dentes, por isso, para evitar a formação de cárie nessas áreas, é fundamental o uso do fio dental antes ou depois da escovação.

O modo de uso é muito simples. Basta passar o fio entre os dentes, começando da direita para a esquerda ou vice versa, de modo que haja uma ordem e nenhum deles seja esquecido. Com o fio entre os dentes é necessário fazer movimentos de cima para baixo e de dentro para fora, tomando cuidado para não ferir a gengiva.

Como escovar os dentes

Escovar os dentes

Uma escovação correta exige pelo menos cinco minutos para que toda a boca seja higienizada, incluindo língua, bochechas (laterais internas) e “céu da boca”.

Materiais: Os materiais necessários para realizar a escovação são: escova, de preferência com a cabeça pequena para alcançar as áreas mais difíceis da boca e com cerdas macias, pois são melhores para remover a placa bacteriana e evitam que a gengiva seja machucada; e um creme dental de sua preferência ou indicado pelo seu dentista. Vale ressaltar a importância de trocar a escova a cada dois meses. Se ela ficar muito desgastada antes mesmo do período de troca, o ideal é substituí-la.

Modo: A escovação deve ser feita da seguinte forma: começando pela superfície dos dentes que fica voltada para a língua, a escova deve ser movimentada em círculos, passando por todos os dentes repetidamente; depois o mesmo processo deve ser feito na superfície dos dentes que fica voltada para as bochechas. Em seguida, escove a superfície de mastigação. Por fim, escove a língua desde o início até a ponta, removendo toda a sujeira, depois a bochechas (laterais internas) e o “céu da boca”. Após a escovação, enxágue a boca e pronto.

Cuidado com os excessos! Não é necessário exagerar na quantidade de creme dental, pois o mais importante é o processo de escovação. Também não se deve exercer força sobre a escova, pois além de poder causar danos à gengiva, não é a força que garante a limpeza dos dentes, e sim os movimentos.

Para quem não tem tempo de fazer todas as escovações diárias da maneira correta, é aconselhável que pelo menos a última seja feita com mais atenção, pois durante a noite (sono), como a quantidade de saliva diminui, há um aumento na proliferação das bactérias, por isso é importante que não haja restos alimentares na boca.

Facebook NadaFrágil.com.br

Uma resposta para “Saúde bucal: Como cuidar dos dentes corretamente”

  1. Bruno disse:

    Interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.