O ultrassom morfológico é um exame de imagem que deve ser realizado entre 11 e 13 semanas de gestação e que permite visualizar o bebê dentro do útero, facilitando a identificação de possíveis doenças ou malformações como a Síndrome de Down ou cardiopatias congênitas, por exemplo.

O ultrassom morfológico é um dos mais importantes exames que toda gestante deve fazer, e diferente do ultrassom tradicional ele conta com uma avaliação mais profunda da anatomia do bebê, sendo possível diagnosticar algum possível tipo de malformação. Além disso, o ultrassom morfológico é a maneira mais detalhada de avaliar como o bebê está se desenvolvendo dentro do útero.

A grande e importante diferença entre ultrassom morfológico e tradicional é a qualidade da imagem e a intensidade de detalhes que o exame consegue detectar. Por ser mais abrangente, geralmente é solicitado no período indicado anteriormente onde é possível analisar o desenvolvimento total do bebê.

gestante realizando exame
Gestante deitada realizando exame. Foto: Freepik

Quando realizar o ultrassom morfológico?

O exame morfológico é realizado geralmente apenas uma vez durante a gestação. Em alguns casos, dependendo da recomendação do seu obstetra, o exame pode ser feito entre 11 e 12 semanas – período mais tradicional- e, se necessário, repetido no período de 20 a 24 semanas.

médica avaliando imagens
Médica avaliando imagens em tela de ultrassom. Foto: Freepik

Para que serve o ultrassom morfológico?

O ultrassom morfológico tem extrema importância no pré-natal pois permite identificar a fase de desenvolvimento na qual o bebê se encontra assim como avaliar possíveis alterações. No ultrassom morfológico é possível :

  • Confirmar a idade gestacional do bebê
  • Monitorar os batimentos cardíacos do bebê
  • Avaliar o tamanho do bebê, medindo a cabeça, tórax, abdômen e fêmur
  • Avaliar o crescimento e o desenvolvimento do bebê
  • Mostrar possíveis anormalidades, doenças ou malformações do bebê
  • Localizar a placenta

Esse é um exame extremamente detalhado que mostra todos os órgãos internos do bebê bem como a medição minuciosa de veias e artérias do cérebro e do coração.

bebê em imagem de ultrassom
Imagens de bebê em exame de ultrassom. Foto: Freepik

O que é visualizado nesse exame?

Como falado anteriormente, no ultrassom morfológico é feita a análise detalhada do desenvolvimento do bebê que não é possível ser feita em ultrassons de rotina.  Medidas, estrutura e formato da cabeça do bebê são visíveis durante a realização do exame, assim como todos os outros ossos. Vamos detalhar abaixo o que esperar ver de cada parte do corpinho do seu bebê:

Rosto:

Um momento emocionante para os papais é a visualização mais nítida do rosto do bebê, podendo verificar os traços mais marcantes do rostinho! Essa é a chance dos papais saírem com uma “foto” bem fofa do seu pequeno, já que através da imagem 3D e 4D é possível ver perfeitamente cada detalhe.

Também é possível constatar a possível existência do lábio leporino ou fenda labial. Só não é possível verificar a fenda palatina, que é a abertura no céu da boca, mais difícil de analisar.

Coluna:

No ultrassom morfológico, a coluna é examinada detalhadamente e consegue-se ter certeza se os ossos estão bem alinhados, corretamente posicionados e se a pele cobre toda sua extensão que chega até a área do bumbum.

Coração:

O coração também é cuidadosamente avaliado no ultrassom morfológico, observado se as válvulas abrem e fecham corretamente e acompanhando cada batida do coração. Com a ajuda do doppler, que mede a velocidade da circulação sanguínea, é possível examinar as principais artérias e veias que aparecem na tela nas cores azul e vermelho. A posição da placenta, o cordão umbilical e os vasos sanguíneos também são analisados com maior precisão com a ajuda do doppler.

Rins:

Avaliando os rins, é possível observar se a urina está fazendo o percurso correto.  A quantidade de líquido amniótico será medida, garantindo que o bebê tenha a quantidade necessária para continuar se desenvolvendo de forma saudável. As artérias do útero também serão avaliadas já que qualquer alteração do fluxo sanguíneo pode indicar risco de pressão alta.

relógio de parede
Relógio marcando horário. Foto: Freepik

Qual o tempo de duração do exame?

Por se tratar de um exame bem detalhado, o exame morfológico costuma ter um tempo de duração maior do que ultrassons de rotina. A média de duração do exame é entre 30 a 50 minutos. Uma dica é levar uma almofadinha e cobertor pois as mesas de exame costumam ser um pouco desconfortáveis e bem frias.

grávida segurando copo de água
Mulher gestante segurando um copo de água. Foto: Freepik

Quais preparos necessários antes do exame?

Não costuma haver nenhum tipo de recomendação prévia ou posterior ao ultrassom morfológico. Pode ser porém, que seja recomendada a ingestão de bastante água pois com a bexiga cheia, as imagens ficam melhores.

gestante deitada com mãos sobre barriga
Gestante se preparando para iniciar exame de ultrassom. Foto: Freepik

Como é realizado o exame?

Da mesma maneira que os ultrassons tradicionais. O médico irá usar um aparelho específico sobre a barriga da gestante para avaliar as imagens em uma tela que registrou todos os movimentos e detalhes do bebê.

estetoscópio sobre barriga
Grávida segurando estetoscópio sobre a barriga. Foto: Freepik

Existe algum risco na realização do exame?

Não! Não existem riscos nem para a Mãe nem para o bebê na realização do ultrassom morfológico. Esse não é um exame invasivo, por isso não se preocupe.

gestante ao lado de médica
Gestante com mãos sobre a barriga ao lado de uma médica. Foto: Freepik

Em quanto tempo o exame fica pronto?

Dependendo do local onde será realizado, o exame pode ficar pronto entre 30 minutos a 48 horas e contará com informações registradas por um laudo e acompanhado das imagens obtidas. É importante que você dê ciência ao seu obstetra assim que estiver com o resultado para que possa levar ao conhecimento dele.

Apesar de ser um exame de extrema importância, não é preciso ter receio quanto a fazê-lo. Inclua o ultrassom morfológico na lista de cuidados básicos durante a gravidez e tenha mais tranquilidade com relação a saúde do seu bebê!

Separei mais esses conteúdos para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui