NadaFrágil.com.br

Conheça a Dieta das Cavernas


Calila Galvão

O que? Das cavernas? Como assim? É isso mesmo gente, os cientistas conseguiram adaptar uma dieta de eras atrás para o nosso cardápio. E parece que o negócio funciona mesmo, dá para perder até 12 kg em apenas um mês! Para aquelas que estão se preparando para colocar aquela calça apertada e blusinha quadriculada amarrada na cintura nesse São João, essa parece ser uma boa oportunidade para ficar com tudo em cima. Essa dieta já havia ido parar numa revista científica em 1985, mas só ganhou força atualmente, principalmente porque ela está no cardápio da cantora pop internacional Miley Cyrus.

Dieta das Cavernas

A explicação dos cientistas

De acordo com eles, a dieta das cavernas seria uma ótima opção para combater uma das doenças mais presentes na nossa época: a obesidade. Segundo os estudiosos, esse mal existe porque o nosso corpo não conseguiu se adaptar às mudanças de hábitos alimentares. Mais de 40 mil anos não seria tempo suficiente para que o nosso organismo conseguisse metabolizar e aproveitar de maneira correta os nutrientes e rejeitar as partes ruins dos alimentos condimentados. Afinal de contas, 70% de tudo o que comemos hoje, não existia na Idade da Pedra.

Dieta das Cavernas

Nos primórdios, os seres humanos estavam acostumados a passar muitas horas sem comer porque não tinha como estocar comida e também porque viviam da caça e da pesca. Não tinham um supermercado com a prateleira repleta de alimentos tão fáceis de colocar no carrinho de compras quanto respirar. Portanto, quando conseguiam algo, eles comiam o máximo que comiam, pois não sabiam quando seria a próxima refeição. Mas aí vocês podem pensar: isso não faria com que os homens das cavernas engordassem?

Dieta das Cavernas

Sim, isso faria, se eles não se movimentassem muito mais do que nós. Hoje temos milhares de meios de transporte como trens, ônibus, carros, motos, coisas impensáveis para aquela época. Portanto, eles tinham que andar e correr muito, principalmente para conseguir comida e era assim que eles conseguiam perder toda a energia acumulada da refeição. Nosso corpo era preparado para passar por momentos de dificuldade, tanto é que até hoje essa é a principal causa de termos uma barriga mais saliente. Toda a comida em excesso não é jogada fora e sim armazenada. É assim que o corpo pensa e sempre pensou.

Dieta das Cavernas

Todos esses produtos como o açúcar refinado e conservantes fazem muito mal para a nossa saúde, levando a doenças metabólicas como o diabetes, problemas gástricos, ganho de peso, sistema imune prejudicado, dermatites, refluxo, entre outros tantos problemas. O que mais você vai encontrar nessa Dieta das Cavernas são as frutas, verduras, hortaliças e carnes magras. Aqui, os grãos, as frutas oleaginosas e seus respectivos óleos ficam de fora, já que não o resultado de um processo industrial.

Confira também a dieta para ganhar massa muscular.

O que tem na dieta

Dieta das Cavernas

As carnes podem ser brancas ou vermelhas, contanto que sejam magras. Mas, muito cuidado para não exagerar na dose, porque a proteína em excesso deixa o sangue ácido e também pode prejudicar o bom funcionamento dos rins. Se você pensou que os carboidratos ficariam de fora, está muito enganada. As frutas estão presentes em massa e os tubérculos também como a mandioca e a batata doce. Elas são o tipo de alimento que deve ser consumido sempre, pois possuem grande quantidade de fibras – a sensação de saciedade dura por mais tempo e ajudam quem sofre de constipação intestinal (prisão de ventre) – e por ser classificado entre os alimentos com baixo índice glicêmico, que são aqueles que liberam a glicose para o organismo de maneira gradual, impedindo que o carboidrato fique armazenado em forma de gordura.

Benefícios

Mas, porque fazer essa dieta no meio de tantas outras? Além de perder uns quilinhos extras, veja as outras vantagens desse cardápio:

Dieta das Cavernas

  • limpa as toxinas do corpo;
  • elimina substâncias como conservantes e corantes;
  • maior disposição;
  • melhora do sistema imunológico e do sono;
  • melhor condicionamento físico;

Para quem gostou da ideia e pretende começar urgentemente a dieta, é importante seguir algumas dicas. No início, é indicado que você siga a dieta e depois dar um intervalo de até 2 meses e ficar de olho para saber de onde vêm os alimentos que estamos ingerindo, a carne é o maior alvo da injeção de hormônios. Uma contraindicação para quem pretende seguir essa dieta são as adolescentes e mulheres na menopausa, pois como não é perdido leite e derivados nela, acaba se tornando muito pobre em cálcio.

Facebook NadaFrágil.com.br

Uma resposta para “Conheça a Dieta das Cavernas”

  1. Reinaldo disse:

    Adorei,,,, vou começar já, precisamos nos cuidar melhor.Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *