NadaFrágil.com.br

Saiba como Reduzir o Colesterol


Joyce Carla

Viver com mais saúde é um dos principais objetivos da sociedade atualmente. Uma das formas de se verificar essa saúde e o risco de doenças cardíacas é por meio do nível de colesterol. Essa substância, fundamental na produção de hormônios e da vitamina D, se assemelha a uma gordura, mas é uma gordura necessária para o corpo e produzida pelo próprio organismo.

O problema começa quando o nível do colesterol aumenta, e ele se acumula nas paredes das artérias. Com o passar dos anos, isso pode causar dores no peito e, até mesmo, um ataque cardíaco. Por isso a grande preocupação com os alimentos que aumentam o colesterol, como as carnes, os ovos, os leites e os seus derivados.

Colesterol Bom e Colesterol Ruim

ColesterolPara medir o nível de colesterol são usados dois tipos de lipoproteínas: LDL e HDL. O primeiro é considerado o colesterol ruim, pois causa graves problemas ao coração. Já o HDL ajuda a absorver o colesterol que se acumula nas artérias e, por isso, é considerado o colesterol bom. O ideal para a saúde do coração é que o LDL seja mantido baixo e o HDL alto. No entanto, o estilo de vida de grande parte das pessoas faz exatamente o contrário.

O sedentarismo, o consumo de alimentos gordurosos, além do fumo e das bebidas alcoólicas acabam ajudando o LDL a disparar. Além de manter hábitos mais saudáveis, faça um check-up médico pelo menos uma vez por ano para acompanhar os níveis do seu colesterol e outros indicadores de saúde. Algumas vezes é possível que, mesmo com exercícios físicos e uma dieta balanceada, o colesterol não fique em um nível equilibrado. Por isso é tão importante manter um acompanhamento médico constante.

Leia também nosso artigo especial sobre: Biotina, o que é e para que serve!

Consequências Ruins

Além do entupimento das artérias, o aumento no nível de colesterol pode causar outras doenças como o derrame cerebral. Como o colesterol não dá sinais de que está subindo antes que seja tarde, é preciso fazer o acompanhamento frequente. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, as doenças cardiovasculares são as principais responsáveis pelas mortes registradas anualmente no país. A sociedade indica os níveis saudáveis do colesterol no sangue:

  • Colesterol Total: abaixo de 200mg/dL de sangue
  • HDL: acima de 35mg/dL de sangue
  • LDL: abaixo de 130mg/dL de sangue

Aliados no Combate ao Colesterol

ColesterolO colesterol só está presente em alimentos de origem animal, então o ideal é fazer escolhas mais saudáveis e light. Os alimentos de origem vegetal – frutas, legumes, verduras e cereais não contêm colesterol nem gordura saturada e estão liberados para quem está com os níveis de colesterol elevado. Mas calma, não precisa abdicar totalmente do leite e do queijo, por exemplo. Mas é possível trocar o leite integral pelo desnatado, que tem menos colesterol, e o queijo branco, mais magro, é uma alternativa ao queijo amarelo, mais gorduroso. Os outros integrais são bem-vindos, como o arroz e a farinha integral. Eles mantêm os nutrientes naturais, mais fibras e vitaminas.

Ao preparar as carnes, remova a gordura visível das carnes, seja a bovina ou a suína, e a pele das aves. De acordo com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a proteína da soja tem propriedades que podem ajudar a diminuir o colesterol do sangue. Ela é uma boa alternativa para as carnes vermelhas, que também podem ser intercaladas com peixes para diminuir os níveis de colesterol. Os peixes, principalmente os de água fria como o salmão, o atum e a truta, têm uma gordura boa que reduz o colesterol total do sangue.

ColesterolOutros alimentos que ajudam a manter os níveis do colesterol são:

  • Cereais, nozes e castanhas – promovem a saciedade e ajudam na circulação do sangue;
  • Chocolate amargo – por ter mais cacau do que manteiga e leite, esse tipo de chocolate também ajuda. Mas não abuse. Coma, no máximo, uma porção de 30 g por dia;
  • Vinho tinto – uma dose por dia aumenta os níveis do colesterol bom;
  • Chá verde – previne inflamações nos tecidos do organismo e ainda protege o corpo contra a formação de coágulos (responsáveis por ataques do coração);

Para manter a saúde

Além de acompanhar os níveis de colesterol no sangue, tenha hábitos saudáveis para manter a saúde. Não beba em excesso e não fume. Pratique exercícios pelo menos três vezes por semana e mantenha uma alimentação balanceada, dê preferência a alimentos grelhados ou assados em vez de fritos.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *