NadaFrágil.com.br

Superando o fim do relacionamento durante a gestação


Calila Galvão

Acabar um relacionamento nunca é fácil. São corações partidos e quando você é a rejeitada da história, a situação só fica pior. Mas tenha em mente que a situação sempre pode ficar mais complicada. É o caso, por exemplo, se o relacionamento se encerra durante a gravidez. Você fez diversos planos com aquela pessoa. Ela é tão importante na sua vida que você decidiu construir uma família com ela e agora esses sonhos começam a desmoronar.

Superando o fim do relacionamento durante a gestação

Um término durante a gravidez envolve não apenas duas pessoas, mas três. E nesse momento cabe à futura mãe ter certos cuidados já que o bebê está dentro dela e ele sente todas as suas emoções. O ponto positivo disso tudo é que você terá um motivo muito maior para ficar bem e “arrumar a bagunça”: um ser muito pequeno e indefeso precisa de você!

Como lidar com o fim do relacionamento nesse momento

O problema de passar por isso durante a gestação é que os hormônios estão totalmente fora de controle e a mulher se encontra numa situação mais sensível. Além disso, os parentes e amigos tornam-se verdadeiros psicólogos, donos do saber e da verdade e a chuva de opiniões externas pode gerar diversos conflitos internos.

Superando o fim do relacionamento durante a gestação

Infelizmente ainda temos que conviver com pensamentos extremamente machistas. Há quem pense que numa situação dessas o casal tem que continuar junto a qualquer custo pela criança. Ou então, se o término do relacionamento se deu por causa de uma traição, a mulher precisa passar por cima disso ou então destruirá a própria família. Por conta disso pode nascer na gestante um sentimento de culpa e é prejudicial não só para ela, mas também para o bebê.

Não existe uma fórmula mágica que te fará resolver a situação do dia para noite. Mas existem algumas coisas que você pode fazer para se sentir melhor a cada dia.

Não permaneça num relacionamento só por causa do filho

Superando o fim do relacionamento durante a gestação

Esse é um grande erro e, apesar disso, bastante comum. Diversos casais até mesmo se casam ou vão morar juntos por causa do filho mesmo sabendo que o relacionamento já não é mais o mesmo. Tanto um quanto o outro podem e devem reconstruir suas vidas com outras pessoas ainda que tenham um filho em comum.

Chega de culpa!

Superando o fim do relacionamento durante a gestação

Ponha uma coisa na sua cabeça: você não é a culpada. É muito comum que a mulher se sinta assim por causa da nossa sociedade que ainda insiste dizer que a culpa é sua. Se você fez todo o possível para manter o casal e ainda assim não deu certo então fique com a consciência tranquila e comece a reinventar.

Pense também em você

Superando o fim do relacionamento durante a gestação

É claro que o bebê é a coisa mais importante para uma mãe, mas pense em você também. Afinal de contas, enquanto não se sentir bem o seu filho também não se sentirá. Cuide bem da sua saúde também física quanto mental. Saia com os amigos, comece um novo curso, ocupe a sua mente com coisas que você gosta de fazer.

Procure ajuda profissional

Superando o fim do relacionamento durante a gestação

Se você não está conseguindo lidar bem sozinha com esse tipo de situação que tal marcar uma consulta com o psicólogo? É muito comum que numa situação como essa as nossas opiniões fiquem embaçadas por vários motivos. Uma ajuda profissional pode te ajudar a ver tudo mais claramente e fazer as melhores escolhas para você.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *