NadaFrágil.com.br

Como usar Plantas Artificiais na Decoração de sua Casa


Eliana Lee

Não é mais novidade para ninguém que plantas e flores deixam qualquer ambiente mais vivo, colorido e aconchegante – além de dar um toque natural ao local.

O problema é que muitas vezes não temos tempo (nem talento!) para cuidar direitinho das plantas. Para que ela se mantenha viva e saudável, é necessário tomar algumas precauções como podar, regar, trocar de vaso, etc. Dependendo do tipo de planta, esses cuidados podem variar bastante.

Como usar Plantas Artificiais na Decoração de sua Casa

Também é preciso saber exatamente que tipo é o mais apropriado para locais fechados, assim como seus cuidados básicos e outros detalhes que mantêm as plantas cheias de vida e bonitas. Agora, se você também faz parte do time das que não levam muito jeito com plantas naturais, que tal investir nas artificiais?

Vale a pena?

Uma planta vai preencher direitinho aquele canto vazio ou espaço “sem vida” na sua sala, home office ou até mesmo no banheiro. Ela não precisa, entretanto, ser uma planta “de verdade”.

Como usar Plantas Artificiais na Decoração de sua Casa

Foi-se o tempo em que usar as plantas artificiais na decoração era considerado ”brega”. Atualmente, a confecção desse tipo de produto está cada vez mais perto da realidade. E plantas artificiais tem sido usadas em feiras e eventos de decoração por sua praticidade e beleza.

Muitas plantas artificiais beiram a perfeição, sendo necessário que o visitante chegue perto ou mesmo toque na mesma para que tenha certeza que se trata mesmo de uma planta “de mentira”.

Qual devo escolher?

Tudo vai depender do tamanho do espaço disponível para expor a planta. Para salas grande, você pode ousar e escolher árvores maiores com folhas finas. Palmeiras costumam ser uma boa opção. Posicione-as num lugar estratégico que não atrapalhe a circulação de pessoas nem obstruam totalmente a visão de algum móvel ou janela.

Lembre-se também de que a sala deve ter uma combinação harmoniosa de cores e um estilo aconchegante. Ela é tida como o principal comodo da casa e o que merece maior atenção na hora de decorar, já que é ali, na maioria das vezes, que o visitante repara primeiro.

Como usar Plantas Artificiais na Decoração de sua Casa

No caso de salas de estar e de jantar integradas, a dica é utilizar as plantas artificiais para separar um comodo do outro ou ainda “quebrar” a monotonia de um cômodo muito grande.

Já no banheiro, a dica é harmonizar com o revestimento e também com os móveis: bancadas ganham um toque mais bonito com as plantas, pode apostar. Antigamente o banheiro era tido apenas como um “cômodo obrigatório” e sem graça numa casa. Nas últimas décadas, porém, o banheiro ganhou status de cômodo sofisticado e relaxante. Por isso, quanto mais arrumado e aconchegante ele parecer, melhor!

Como usar Plantas Artificiais na Decoração de sua Casa

Um truque ótimo para o uso de plantas no banheiro, é posicioná-las próximas a espelhos: o espelho, por si só, já aumenta a sensação de amplitude no ambiente e, ao refletir a planta, vai parecer que ela é maior do que realmente é.

Banheiro decorado com planta artificial

Se optar por flores, escolha com cuidado os vasos. Há diversas opções e modelos: cerâmica, vidro, madeira e até mesmo resina. Quanto maiores as flores, mais elas poderão “brigar” com o restante da decoração, então nada de exageros!

Nos quartos, a ideia é colocar plantas menores. Quartos costumam ter móveis diversos, de acordo com o estilo e o espaço disponível de cada um. Flores e plantas podem até fazer parte da composição mas não devem ter um destaque desproporcional. Escolha pequenos pontos em cima de móveis ou em cantinhos vazios e decore-os com as plantas artificiais. A intenção é que elas sejam figurantes na decoração, dando um toque natural ao ambiente, mas apenas isso.

Decoração quarto com floresProcure harmoniza-las com as cores que já figuram em seu quarto e aproveite o lindo efeito final!

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *