NadaFrágil.com.br

Cursos de inglês On-line valem a pena?


Marcos Magalhães

Provavelmente você já se perguntou ou procurou opiniões para saber coisas do tipo: cursos on-line de inglês funciona? Quanto custa um curso on-line de inglês? Qual o melhor curso on-line de inglês? E coisas similares.

Neste artigo, contarei como foi minha experiência com os principais cursos do mercado, sejam eles gratuitos ou pagos. Se o seu objetivo era encontrar um relato real de alguém que testou os principais cursos de inglês do mercado, acredito que essa matéria lhe ajudará bastante em sua decisão.

Antes de falar sobre qualquer um dos cursos, gostaria de dizer que este não é um artigo patrocinado por qualquer um dos cursos citados abaixo. Contarei aqui como foi minha experiência com os cursos English Town, Open English, Duolingo, além de minha experiência com diversos aplicativos para iPad, aulas on-line no Youtube e também como complemento meu estudo através dos games.

Curso de inglês on-line Open English!

Fundada em 2006, já passaram até o momento mais de 100.000 alunos pela Open English, hoje a empresa está em mais de 40 países e é uma das líderes do segmentos de cursos de inglês no Brasil.

ooo

A empresa também se destaca por seus comerciais bem “criativos”, muitos adoram e outros acham os vídeos de péssimo gosto, como meu objetivo é falar sobre os cursos, não vou me pronunciar sobre eles (risos), mas vou deixar abaixo um dos comerciais para matar sua curiosidade.

http://www.youtube.com/watch?v=mJVA8dSQGaY

Posso dizer que gostei do curso da Open English, porém, assim como o curso da EF English Town, ele tem seus pontos positivos e também os seus pontos negativos. Esclarecerei melhor estes pontos abaixo:

Pontos Positivos da Open English!

- Os filmes são bem feitos. Quando digo filmes, me refiro aqueles filmes em que pessoas conversando em inglês, como por exemplo:

João: Hello!
Maria: Hello!
João: What your name?
Maria: My name is Maria

Os cursos on-line utilizam bastante essa fórmula de explicar através de vídeos.

- Os professores on-line no nível básico falam português, tudo bem que não é aquele português maravilhoso, mas dá para entender (na maior parte das vezes). Porém, acho que o aluno não deve se prender muito a isso, pois pela minha experiência você aprende muito mais nas aulas prontas que nas aulas ao vivo.

- Tem algo bem bacana, porém é mais útil para quem já está com o inglês um pouco avançado, que são os vídeos com legendas, funciona mais ou menos assim, você seleciona um tema, por exemplo, cinema, e lá terão dezenas (ou centenas) de vídeos sobre aquele assunto, sendo eles: reportagens, documentários, entrevistas, etc… e enquanto a pessoa fala no vídeo, a legenda fica sublinhada na palavra que a pessoa está falando, mais ou menos como acontece no karaokê. Isso é bem bacana, pois você pode se aprofundar sobre um tema que você gosta e ao mesmo tempo melhorar o seu inglês.

- As aulas em tempo real são ilimitadas, com professores que falam inglês nativamente, e o número de alunos por turma é relativamente pequeno (em média 5).

- As aulas ao vivo são 24h por dia, ou seja, você pode assistir às aulas 3h da manhã que terão professores prontos para lhe ensinar.

- Existe também uma avaliação do seu progresso.

- Também há um local para o estudo de palavras através de uma grande biblioteca, apesar de eu considerar isso, no mínimo, essencial para qualquer curso on-line de inglês.

- E também existe um tradutor on-line.

open2

Pontos Negativos da Open English!

- Não existe uma introdução em português antes da aula em vídeo, algo que explique o que vai ser passado no vídeo, vou pegar o mesmo exemplo que dei acima da conversa entre o João e a Maria.

João: Hello!
Maria: Hello!
João: What your name?
Maria: My name is Maria

Não existe uma introdução do tipo:

Para cumprimentar uma pessoa use “Hello” ou “Hi”. Simplesmente rola o vídeo e você deve se ligar. Tudo bem que é bastante intuitivo. Fiz as primeiras aulas sem problemas, mas conforme foi ficando um pouco mais complexo, isso se tornou um problema para mim.

- Abaixo de cada vídeo você encontra um arquivo para ser baixado, que explica melhor o tema do vídeo, no arquivo vem explicando que você deve utilizar o “Hello” ou o “Hi” para cumprimentar alguém, porém ele está todo em inglês, então como meu inglês ainda era completamente básico, essa situação se mostrou muito difícil para mim.

Porém, recentemente, o pessoal da Open English me ligou para perguntar por que não fiquei com o curso e falei sobre essa minha dificuldade. Segundo o atendente, essa parte de introdução em português deve ser implantada em breve.

- Outro ponto negativo da Open English, é que você não pode testar o curso, o que você pode fazer (e é o que eu fiz) é assinar um contrato de 12 meses, pagar a primeira mensalidade, e depois disso você tem até 7 dias para cancelar o curso sem ter de pagar nenhuma multa e eles ainda lhe devolvem o dinheiro da primeira mensalidade. Afinal isso é uma lei, se você não sabe, você tem 7 dias para desistir de qualquer compra feita on-line, sem precisar dar nenhum motivo ou justificativa, a loja ou empresa prestadora do serviço é obrigada a aceitar o cancelamento do contrato ou da compra. Apesar do contrato de fidelidade ser de 12 meses, o valor não é descontado de uma vez, cada mês é descontado uma parcela, ou seja, seu cartão de crédito não fica preso como quando você compra uma TV em 12 vezes sem juros, portanto você precisa tomar cuidado para não estourar seu cartão de crédito, deixe sempre o valor da mensalidade reservado.

- O áudio nas aulas ao vivo não costuma ser dos melhores, varia de professor para professor, mas no geral é bem mediano (para ser bonzinho).

open3

Qual o preço da Open English?

O valor do curso é de R$ 150,00 mensais. Pode parecer um pouco elevado, mas os cursos off-line também não estão nada baratos hoje em dia, além do mais, em muitos cursos off-line você assiste apenas 2 horas de aulas semanais, enquanto nos cursos on-line você pode facilmente fazer 4, 8, 10, 12, ou mais horas semanais, dependendo de sua disponibilidade.

Open English Vale a pena?

Antes que você me pergunte, como eu posso avaliar um curso se eu fiz apenas uma semana? Bem, assinei o curso num feriadão e fiz um intensivo, ao todo fiz mais de 20 horas de aulas, portanto me sinto com propriedade suficiente para vir aqui e dar minha opinião sobre o curso, obviamente que gostaria de ter testado por um tempo maior, mas infelizmente tinha de cancelar o mesmo até o sétimo dia, pois a partir do oitavo pagaria uma multa bem grande para cancela-lo.

Para mim, a Open English é um bom curso, tem uma boa estrutura, tudo no site funciona bem, porém indico apenas para quem já possui uma noção de inglês, pois para quem não sabe nada, o método deles de não ter essa introdução em português poderá não ser muito eficiente.

Link: http://www.openenglish.com.br/

Curso de inglês on-line English Town

Fundada em 1965, a English Town se diz a maior organização de ensino particular do mundo (quem sou eu para duvidar…). A empresa possui 15 divisões, que compreendem mais de 450 escolas em mais de 50 países. Além de toda sua força on-line, onde a empresa é uma das líderes de seu segmento.

EnglishTown-Logo

Pontos positivos da English Town!

- As aulas ao vivo são 24h por dia, ou seja, você pode assistir às aulas 3h da manhã que terão professores prontos para lhe ensinar.

- Existe uma avaliação do seu progresso assim como na Open English.

- Também há um local para o estudo de palavras através de uma grande biblioteca, apesar de eu considerar isso, no mínimo, essencial para qualquer curso on-line de inglês.

- Tradutor on-line. O sistema é um pouco melhor que o sistema da Open English, pois basta você dar um duplo clique numa palavra, ou selecionar um trecho ou frase, que abre-se uma caixa com a tradução do trecho (ou palavra) em sua tela.

- Apesar do contrato de fidelidade de 12 meses, assim como na Open English, o valor não é descontado de uma vez, cada mês é descontado uma parcela, ou seja, seu cartão de crédito não fica preso como quando você compra uma TV em 12 vezes sem juros, portanto você precisa tomar cuidado para não estourar seu cartão de crédito, deixe sempre o valor da mensalidade reservado.

- Você pode testar o sistema por 15 dias gratuitos, porém, se me lembro bem, é obrigatório informar um número de cartão de crédito no ato do cadastro, deste modo, caso não goste do curso, cancele-o antes de chegar no 16° dia.

- Outro ponto positivo da English Town, é que lá não é exigido um contrato de fidelidade, ou seja, você pode pagar um único mês, fazer todo o curso completo e pronto, apesar de considerar isso quase impossível, pois o curso é bem completo, não que isso seja uma coisa ruim, pelo contrário, você está recebendo um curso bem completo pelo alto investimento que está fazendo.

- No final de boa parte dos exercícios é pedido uma redação sobre aquele assunto, e em até 48 horas você recebe uma correção de seu exercício, não é uma correção básica, é uma correção bem completa, o professor reescreve a sua redação da forma correta e explica todos os erros que você cometeu e dá dicas para você melhorar, porém a correção é em inglês, então nas primeiras aulas você terá que utilizar um tradutor para entender o que o professor achou de sua redação.

- O curso da English Town possui uma funcionalidade bem legal, funciona assim, ao invés de você clicar na opção certa, você pode falar um determinado trecho em inglês e o sistema avalia se sua pronuncia foi correta ou não, assim como se a resposta está certa ou não. Caso sim, você passa para o próximo exercício, caso contrário você fica ali até acertar. Achei bem interessante, mas o sistema não é perfeito, muitas vezes falo corretamente uma palavra ou frase e o sistema não reconhece. Deste modo, o que era um sistema bacana passa a ser um sistema irritante, portando, na maior parte do tempo deixo o sistema desabilitado e respondo as questões selecionando a opção correta com o mouse.

- Tanto na Open English quanto na English Town, os exercícios são passados de maneira bem diversificada e dinâmica, cada vez vem um tipo de exercício diferente, claro que não são ilimitados, mas digamos que deva ter uns 10 estilos diferentes na English Town, e um deles é muito interessante, funciona assim: fica uma pessoa do outro lado (num vídeo de frente para você) conversando com você, a pessoa vai te perguntando, e você vai respondendo e fazendo uma nova pergunta, e a pessoa responde de volta, e assim vai… O exercício pode ser feito através do sistema de reconhecimento de áudio que citei acima. Como os atores são muito bons, você se sente realmente conversando com alguém no Skype.

- Os vídeos do English Town foram produzidos em Hollywood, portanto possuem uma qualidade muito boa, em todos os aspectos, seja em áudio, imagem ou roteiro. Por mais que seja um curso, o roteiro dos programas flui muito bem, além de ser um roteiro contínuo, dando a impressão de que você está assistindo uma série de TV e todo dia tem lá um novo episódio. Os roteiros também possuem toques sutis de humor. Como um fã de séries, essa questão dos vídeos me agradou bastante.

- Pagando uma taxa de R$ 20,00 você recebe em sua casa um Kit da English Town, que vem com alguns livros de ajuda e um HeadSet bacaninha.

Pontos Negativos da English Town

- Acho que falta um sistema de vídeos com legendas como na Open English.

- O áudio dos professores deixa a desejar em boa parte dos casos, assim como acontece também na Open English.

- Os professores das aulas ao vivo não falam português.

engl2

Qual o preço da English Town?

Na English Town existem diversos planos, a grande diferença entre eles é o número de aulas com professores particulares que você pode adquirir.  O plano mais barato sai por R$ 129,00 mensais, onde você tem direito a 30 aulas em grupo por mês e nenhuma aula particular. Em seguida temos o plano de R$ 189,00 onde você tem as mesmas 30 aulas em grupo mensais, porém tem mais 12 aulas particulares, seguindo este modelo, quanto mais aulas particulares você quiser, mais caro ficará seu plano.

É importante frisar que as aulas ao vivo na English Town são cumulativas, portanto não fique preocupado em gastar seus créditos logo de início, utilize-os quando você já estiver com um inglês razoável.

Qual plano eu escolhi? Bem, acabei ficando inicialmente com o de R$ 129,00, porém, como disse anteriormente, na English Town não existe fidelidade, então uma atendente da English Town me ligou me oferecendo um contrato de fidelidade onde eu teria um bom desconto, acabei fechando um contrato de fidelidade por 12 meses e mudando de plano. O novo plano que originalmente custava R$ 189,00 acabou ficando por R$ 139,00 depois de alguns minutos chorando mais descontos com a atendente. Ou seja, apenas R$ 10,00 mais caro que o plano sem aulas particulares, acho que foi um bom negócio.

Um pequeno complemento sobre as aulas particulares: nelas você pode escolher qual será o tema da aula e também quem será o seu professor. Por este motivo, as aulas devem ser marcadas com uma antecedência de pelo menos 24 horas.

English Town vale a pena?

Depois de uns 3 meses de curso na English Town, posso dizer que para mim está valendo bastante a pena. Como tento manter um ritmo de pelo menos 5 horas de estudos semanais, já pude ver uma grande evolução neste curto período. Indico o curso tanto para quem está iniciando, como para quem já tem um bom conhecimento em inglês.

Como o curso oferece 15 dias gratuitos, recomendo que faça o teste você mesmo!

Link: www.englishtown.com.br

Qual o melhor curso de inglês on-line?

Acho que tanto a English Town quanto a Open English possuem suas vantagens e desvantagens, porém para mim a English Town oferece maiores vantagens, principalmente se o seu inglês ainda é muito básico (para não dizer ruim).

Apesar de ter optado pelo curso da English Town, continuo utilizando outras soluções para me tornar fluente em inglês no menor tempo possível, confira abaixo mais algumas dicas de cursos gratuitos e pagos de inglês que utilizo para complementar o ensino da English Town.

Cursos de inglês on-line Gratuitos

free

Existem muitos cursos gratuitos de inglês na internet, nos smartphones e também nos tablets, mas sendo honesto, nenhum é tão bom quanto os serviços pagos, afinal, para se criar um bom curso, precisa-se de dinheiro para investir não é mesmo?

Porém um curso gratuito se destacou, e utilizo-o regularmente para testar o meu inglês, falo mais dele logo abaixo:

Duolingo – Curso de Inglês on-line Gratuito

O que é o Duolingo? O Duolingo é um site que oferece cursos de diversas línguas de forma gratuita, são elas: Inglês, Alemão, Italiano, Espanhol, Francês, além de oferecer o curso de português para os gringos. A empresa promete ter mais cursos on-line gratuitos em breve.

duolingo

Como funciona o Duolingo?

Ele funciona num sistema parecido com o de um QUIZ. São geradas 20 questões e você precisa acertar todas, tendo direito de errar apenas 3 respostas. Se errar a quarta, você perde e o processo se reinicia.

Uma vez que você acerte as 20 questões você passa de nível e assim por diante, ficando cada vez mais complexo, como em qualquer outro curso de línguas.

Como o Duolingo funciona neste modelo de quiz, eu me sinto muito confortável em utilizar o sistema como complemento ao English Town, tento pelo menos uma vez por semana dar uma passada no site para testar como andam meus conhecimentos.

Acho que o Duolingo pode quebrar o galho de quem está sem dinheiro no momento, e com um pouco de dedicação você pode aprender bastante coisa com o curso, mas o ideal para mim é utiliza-lo como complemento.

Link: http://www.duolingo.com/

Cursos de  inglês no Youtube

Além dos cursos gratuitos de inglês, também existem diversos canais no YouTube que dão dicas e até cursos completos de inglês. Já assisti alguns vídeos de diversos canais. Vou deixar dois canais linkados aqui em baixo, mas existem muitos outros, vale a pena pesquisar:

http://www.youtube.com/user/eslwinner

http://www.youtube.com/user/VoceAprendeAgora

Cursos de inglês no iPad (Pagos e Gratuitos)

Como tenho uma certa dificuldade para dormir, juntei o útil ao agradável, baixei alguns aplicativos no iPad e sempre que me vejo sem sono na cama (quase todos os dias) pego meu mini iPad e revezo, um dia fico lendo até me dar sono, no outro estudo inglês até que o sono bata.

babbel

Baixei em meu iPad os seguintes aplicativos para o estudo do inglês: Duolingo (isso mesmo, além do site também existe um aplicativo do Duolingo, que por sinal, funciona muito bem no ipad), Bussu, Learn English, Hello-Hello Word e Babbel. Alguns desses plugins tem o conteúdo totalmente gratuito, outros parcialmente gratuito e outros são pagos.

Não vou me prolongar demais neste assunto e vou logo apontar o meu favorito, que é o plugin Babbel, ele não é um curso tão completo (em termos de investimento, com vídeos e afins) como o English Town ou Open English, afinal, essas são empresas com MUITO dinheiro. Apesar disso, o Babbel é um curso muito bacana, ensina de forma muito boa e foi desenvolvido para tablets – para mim ele funciona melhor que o aplicativo da English Town no iPad. Infelizmente, o aplicativo não é gratuito, ele custa US$ 10,00 mensais, e felizmente não possui fidelidade, você pode renovar se quiser e quando quiser.

Em segundo lugar, vem a versão do Duolingo para iPad, que também é muito boa. E em terceiro, vem a versão da English Town, que apesar de boa, por ser uma adaptação do conteúdo do site para o iPad, e mesmo funcionando bastante bem, acho que o aplicativo Babbel flui melhor no iPad por ter sido algo planejado exclusivamente para os Tablets.

Estudando inglês com Games

Depois de tanto estudo que tal um pouco de diversão? Mais uma vez procurei unir o útil ao agradável, como adoro games, sempre que tenho um tempo sobrando procuro jogar games em inglês, mesmo que os mesmos tenham tradução para o português, principalmente jogos de estratégia, pois eles normalmente possuem bastante textos.

Civilization_V_Gods_And_Kings

Dá para aprender inglês apenas com games? A resposta é NÃO! A não ser que você seja superdotado, coisa que infelizmente não sou, os games funcionam como um complemento e por mais que aprenda uma palavra nova aqui, outra ali, os games servem principalmente para reforçar aquilo que eu já aprendi nos cursos, deste modo, exercitando com os games, não precisarei ficar voltando as aulas anteriores ou utilizando tradutores para lembrar de palavras que já aprendi mas havia esquecido, afinal, são muitas palavras novas que temos de aprender, não é mesmo?

Se alguém ficou curioso, um dos jogos de estratégia que costumo jogar para treinar meu inglês é o Civilization V, que pode ser comprado via download no site da Steam (http://store.steampowered.com/) por R$ 49,90.

Vantagens do Curso de inglês On-line

Existem cursos de inglês presenciais que costumam ser bem recomendados como: cultura inglesa, CCAA, Yes, Wizard, entre outros… então porque optei por um curso on-line? Abaixo vão os meus motivos:

- Queria aprender inglês de forma rápida, não queria ficar 3 ou 4 anos num curso presencial para ter um inglês fluente. Fazendo um curso on-line, isso depende apenas de mim, e não da quantidade de aulas semanais que acordei quando assinei um contrato com o curso.

- Possuo um horário muito alternativo e irregular, isso dificulta bastante na hora de fazer um curso presencial.

- Apesar dos cursos on-line não estarem tão baratos, o custo benefício acaba valendo a pena, principalmente se você consegue estudar por um número relativamente alto de horas por semana.

- Você não perde tempo se locomovendo de casa para o curso e do curso para casa, além da economia com transporte.

Desvantagens do curso de inglês on-line

Assim como em qualquer outro curso on-line, a disciplina é algo muito importante, pois estando em casa, as tentações estão todas ao seu lado, por exemplo, para fechar a janela do curso e ir assistir um programa no Youtube, custa apenas dois clicks.

Outra desvantagem é a falta de interação, apesar dos cursos se esforçarem para preencher este “vazio” com suas aulas ao vivo, sabemos que não é a mesma troca que acontece nas aulas presenciais.

Os Melhores cursos de inglês

Curso de Inglês on-line escolhido: English Town
Curso de inglês para o iPad Escolhido: Babbel
Curso Complementar: Duolingo
Jogo para apoio de aprendizagem escolhido: Civilization V

Enfim…

Gostaria de frisar que este não é um artigo patrocinado por qualquer curso de inglês, aplicativo, etc… resolvi compartilhar minhas experiências com vocês, pois tive muita dificuldade em encontrar informações e relatos verdadeiros sobre os cursos e aplicativos citados acima. Não deixe de compartilhar também a sua opinião comigo e com os demais companheiros e companheiras que acessam o Nada Frágil.

Espero de alguma forma ter ajudado em sua escolha. Boa sorte!

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

Facebook NadaFrágil.com.br Twitter @Nada_Fragil

Enquetes

Qual qualidade o homem perfeito não pode deixar de ter?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...


Melhores Dicas

Por que Nada Frágil?

Resolvemos por o nome Nada Frágil no site pois nosso objetivo é fazer um site para você, Mulher Moderna, que assim como nós acredita que essa história de Sexo Frágil é coisa do passado.

Se você é uma mulher antenada, ligada em moda, que gosta de se cuidar e deseja saber mais sobre relacionamentos, maquiagem, decoração, etc... Você está no lugar certo.

Nosso lema é:
Sexo Frágil é a Vovozinha...