NadaFrágil.com.br

Desapego material: Descubra como se livrar do desnecessário


Milena Costa

É preciso ter desapego material, ou você pode começar a acumular coisas e deixar sua casa uma zona.

Muita gente inclusive sente que sua casa está arrumada, mas tem aquela pilha de papeis inúteis ou um monte de sapatos que você não usa mais. E você vai deixando aquelas coisas na sua casa achando que um dia vai precisar.

A verdade é que muito provavelmente você não voltará a usar nada daquilo e que você nem precise daquelas coisas. Por isso nesse artigo você aprende a se livrar do desnecessário para viver mais leve e praticar todos os dias o desapego material.

Desapego material

Primeiro esteja disposto

Primeiro você deve refletir. Se chegou a esse artigo é muito provável que você esteja desconfortável com as coisas que está guardando. Se você sente que precisa de desapego material, significa que você deve estar de coração aberto para doar, jogar fora ou reutilizar as coisas que você tem.

Faça uma parte de cada vez

Nada de querer mudar tudo de uma vez, se você decidir jogar tudo fora de uma vez vai acabar desistindo no meio do caminho. Ou provavelmente vai ficar bem cansado e não vai vasculhar suas coisas direito.

organização pessoal

Portanto separe um dia para cada limpeza. Pode ser um dia após o outro, já que em média deve levar uma ou duas horas para limpar cada parte, dependendo da quantidade de coisas que você tem.

Beleza

  • Roupas

Muita gente tem um guarda-roupa gigante amarrotado de coisas e usa apenas uma pequena parcela das roupas. Separe as roupas e analise algumas coisas: Serve? Te Deixa confortável? Combina com as outras coisas que você tem? Você gosta de se ver com essa roupa? Se alguma das respostas for não, o ideal é que você se livre da peça.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como cuidar dos cabelos no verão e na praia

  • Acessórios

Bolsas, chapéus, lenços, joias e bijuterias. Essas coisas também devem precisar de uma limpeza. Para o desapego material nessa área você deve analisar se as coisas estão em bom estado.

Limpar o guarda-roupa

Procure entender se as bolsas e chapéus combinam com suas roupas. Existe alguma joia que você já não combina mais com você? Venda ou dê de presente. Não vale a pena guardar coisas que não usa, mesmo que seja bonito.

  • Sapatos

A maioria de nós enlouquece na vitrine e as mais descontroladas levam muitos pares para casa. Mas sempre tem aquele sapato que quebrou uma tira e guardamos com o intuito de consertar, o que geralmente não acontece.

Ou aquele sapato que foi legal usar uma vez, e depois você já não quis mais colocar no pé por não ser confortável. Jogue fora o que não tem conserto ou está muito acabado. Doe ou venda o que está em bom estado.

  • Maquiagens

Para as apaixonadas por maquiagens comprar uma ou outra coisa a cada vez que passa em uma loja pode se tornar hábito. Mas é possível que isso faça você ter em casa coisas que não usa e que até saiu da validade.

desapego material

Se esse é seu caso, verifique o que você não gosta ou que já estragou. Jogue fora o que estragou e venda ou dê o que ainda serve mas você não usa.

Casa

  • Cozinha

Vasilhas, talheres em excesso, muitas vezes até a dispensa e a geladeira tem coisa que você não usa, mas fica lá ocupando espaço. Avalie o que você não usa ou não precisa e se desfaça. Essas coisas costumam ocupar muito espaço, se mora sozinho ou com poucas pessoas provavelmente não precisa delas.

  • Decoração

Sempre tem aquela coisinha que a gente comprou em uma feirinha e foge totalmente da decoração do resto da casa. Ou alguma coisa que foi presente, mas não tem nada a ver com você.

Vale a pena deixar essas coisas pela sua casa? Só juntando pó e não te dizendo nada de bom? Não vale, então se livre dessas coisas.

  • Papelada

Quem fez faculdade, cursos, gosta de escrever ou teve crianças em casa, provavelmente tem muitos papéis em que nem toca mais. Se livre desses papeis, da forma correta, claro, evitando jogar nomes, números e documentos importantes completos no lixo.

desapego material

  • Mesa de trabalho

Se você trabalha em casa, ou tem uma mesa de estudos ou escritório, essa mesa merece carinho. Retire a papelada desnecessária dela, limpe os enfeites. Jogue fora as canetas que não funcionam.

  • Livros

Ter livros bonitinhos na estante é legal, mas juntam pó. E alguns você nem gosta mais. Doe ou venda os livros que você não gosta mais, e repense, vale a pena trocar os livros por um leitor digital. Muitos livros em um espaço compacto e perfeito para levar a qualquer lugar.

desapego material

  • CDs e DVDs

Essa já se tornou uma tecnologia atrasada. Hoje em dia todo mundo ouve música e assiste filmes e séries por aplicativos. Pode valer a pena guardar aquela coleção completa e original da sua série favorita, mas no geral essas coisas não agregam em nada no seu dia a dia e podem ser vendidas ou jogadas fora.

A pena de jogar coisas fora

Esse é um vilão para a maioria das pessoas. Não tenha pena, se é algo que tem valor sentimental para você, avalie! Guarde se ocupar pouco espaço, tente retirar apenas uma amostra para guardar se ocupar muito espaço, e jogue fora o resto. Se não for possível retirar uma amostra, então tire uma foto.

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como montar seu armário funcional

Doe o que não usa

Se você não usa por não gostar ou não servir mais, pode ser perfeito para fazer alguém muito feliz. Alguém com certeza está precisando daquele casaco que fica jogado no fundo do armário, aquela seu sapato que você nunca usa pode ser perfeito para alguém. Doe!

desapego material


Vale lembrar que não é legal doar coisas acabadas, quem precisa não merece um casaco esburacado. Então doe coisas em bom estado e lave antes de dar.

Venda o que tem valor

Se você tem algo que te muito valor e está em perfeito estado. Às vezes nem vale tanto, pode ser aquele top da moda que você enjoou. Venda essas coisas, alguém pode adorar. Esse desapego material é ótimo para quem costuma renovar bastante o guarda-roupa.

Pratique o desapego material no cotidiano

Não coloque mais tralhas desnecessárias em casa, ou na sua vida. Depois que toda a limpeza for feita e você estiver se sentindo super bem pelo desapego material, continue praticando ele no cotidiano.

decorar apartamentos alugados

Quando você for a uma loja e achar que uma blusinha é maravilhosa e você precisa ter, avalie. Você precisa mesmo? Ela combina com as suas outras roupas? Aquela maquiagem nova que saiu, ou um potinho para cozinha, imagine a sua casa, lembre do que você tem e se pergunte: Preciso mesmo disso?

Aproveite para conferir nosso artigo sobre como decorar apartamentos alugados gastando pouco

O ideal é só comprar coisas quando você sair com listas do que realmente precisa. Faça essa mesma pergunta quando estiver pensando em não se livrar de algo que claramente não tem mais utilidade para você. Preciso mesmo disso?

Separe uma caixa de lembranças

Para quem coloca muito sentimento nas coisas, presentes, roupas, cartas, objetos de um momento. Separe uma caixa de lembranças, coloque nela tudo que você sente que precisa guardar. Tudo que tem sentimento, emoção e é importante para você.

desapego material

Se a coisa for grande deixe apenas uma amostra dela, assim como foi dito acima. Assim você guarda suas lembranças do jeito que te faz sentir feliz sem acumular e com desapego material. Mas lembre-se é apenas uma caixa, se passar disso você ainda está acumulando coisas desnecessárias.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.