Dores na Mama – Mulheres Devem Ficar Atentas

Se você sente dores na mama deve ficar atenta, pois é comum as mulheres sentirem algum desconforto nas mamas durante, ou cerca de três dias antes, da menstruação. Segundo médicos, essa dor, normalmente, aparece nas laterais dos seios e desaparece assim que a menstruação acaba. No entanto, se você sentir essa dor, mas ela não desaparecer com o fim da menstruação ou não estiver relacionada com o período menstrual, é preciso consultar o seu ginecologista para realizar alguns exames para descobrir, o quanto antes, a causa da dor.

Dores na Mama

De acordo com a ginecologista e obstetra Denise Gomes (CRM-117642), diretora-médica da Plena Clínica, algumas causas das dores na mama são problemas musculares ou articulares, causados pela má circulação ou por problemas nos nervos. “A mastalgia, como é chamada a dor mamária, em geral está relacionada à ação hormonal, mas também pode estar ligada a doenças mamárias. Ela pode ser contínua ou ocasional”, explica a ginecologista.

A dor sozinha não significa Câncer de Mama

Essa dor é mais comum em mulheres na faixa etária de 30 aos 50 anos, antes da menopausa, caracterizada pelo inchaço mamária durante a menstruação. “Muitas mulheres com mastalgia ficam preocupadas e com o medo da dor simbolizar um câncer de mama. É importante alertar que a dor mamária não é uma doença e não está associada aos casos de câncer de mama”, ressalta Denise Gomes. A dor mamária pode ser classificada como cíclica que esta associada ao ciclo menstrual ou não-cílica que é uma dor mais rara, ela tem origem nos seios ou em outros lugares, como no músculo ou nas articulações.

Segundo Denise, o primeiro passo para o tratamento é realizar alguns exames para afastar a possibilidade de existência de alguma patologia mamária.  As mulheres ficam mais tranquilas após verificar os resultados dos exames e checar que não correm o risco de ter o câncer. Dependendo da gravidade da dor, o médico pode indicar alguns remédios para diminuir o sintoma. “O uso de vitamina E e/ou anti-inflamatórios não hormonais é a opção terapêutica mais comum. O tamoxifeno vem sendo uma alternativa para driblar as dores intensas nos seios. É recomendado utilizar o remédio por um período curto de três a seis meses”, aconselha.

  Saiba Como se Prevenir da Obesidade

Para amenizar as dores na mama algumas medidas podem ser tomadas como, por exemplo, o uso correto do sutiã. “As pacientes com dor mamária devem optar para o uso de sutiãs ajustados para reduzir o sintoma. O uso de anticoncepcionais orais e de terapia de reposição hormonal também pode está associada à dor. A interrupção da medicação e do tratamento pode trazer certo alívio, mas antes de tomar qualquer providência converse com o seu médico”, alerta a médica. Agora que você já sabe que a  mastalgia é passageira, não é uma doença e muito menos provoca o câncer de mama.

Conheça as dicas da ginecologista, Dra. Denise Gomes para  amenizar as dores nos seios:

  • Prefira alimentos que estimulem a eliminação de líquidos pelo organismo como morango, melancia, alcachofra, aspargo, agrião e salsa;
  • Diminua a consumo de sal e de alimentos em conserva no período pré-menstrual, porque eles causam retenção de líquidos;
  • Peça uma orientação para o seu ginecologista sobre o tamanho correto do sutiã. Opte pelos modelos que possam dar maior sustentação ao seio e use quando a sua mama estiver dolorida;
  • Reduza o consumo de cafeína (café, chá preto e mate), de doces e de alimentos enlatados;
  • Tome um analgésico se a dor estiver insuportável. Se ela persistir por um longo período, procure o seu médico;
  • E não deixe de praticar atividade físicas.

Dores na Mama – Cuide da sua mama

Desde o dia 1º deste mês, vários monumentos do Brasil estão iluminados com a cor rosa, que remete à campanha de mobilização e conscientização para a detecção precoce do câncer de mama – tipo que mais acomete as mulheres no mundo. De acordo com o balanço nacional dos exames de mamografia realizados no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde), no primeiro semestre deste ano, mais de um milhão de mulheres de 50 a 69 anos fizeram o exame preventivo de câncer neste período.

  Verdades e Mentiras sobre o Refrigerante

Isso, segundo o governo federal, demonstra um aumento de 41% no número de mamografias realizadas se comparado ao mesmo período de 2010. Toda essa preocupação se justifica porque o câncer de mama é o segundo mais comum entre as mulheres brasileiras. O INCA (Instituto Nacional do Câncer) estima que, até o fim deste ano, sejam diagnosticados 52 mil novos casos de câncer de mama no país. Uma forma de descobrir se há nódulos nos seios é fazendo o autoexame uma vez por mês. A melhor época é logo após a menstruação.

Para as mulheres que não menstruam mais, o autoexame deve ser feito em ummesmo dia de casa mês, por exemplo todo dia 15. Caso você encontre alguma das anormalidades citadas, lembre-se que é importante procurar um serviço médico: os ambulatórios, postos e centros de saúde pública podem ajudá-la. Quanto mais cedo melhor! Se você tem mais de 50 anos, faça a mamografia pelo menos uma vez por ano.

As mulheres mais jovens fazem a detecção do câncer de mama por meio de exame clínico com investigação mais profunda caso haja um sintoma suspeito. Se você tiver histórico de câncer de mama na sua família, avise ao seu ginecologista para que o acompanhamento seja mais cuidadoso.

Alimentação para manter a saúde

A coordenadora da Saúde da Mulher do Ministério da Saúde, Esther Vilela, lembra a importância de uma alimentação saudável como forma de prevenção. “Para evitar o câncer de mama, o mais importante é ter uma alimentação saudável e fazer o autoexame de mama. É preciso ter uma alimentação com muita verdura e legumes, verduras verde-escuras, em geral. Outro alimento importante é a soja. As mulheres asiáticas usam muita soja na alimentação e já é comprovado que elas têm menos câncer de mama. A amamentação também é um fator protetor”, detalha.

  Dieta dos carboidratos

Separei mais esses conteúdos para você:

11 COMENTÁRIOS

  1. Gostei muito dessa postagem .. pois de uma certa forma tirou uma dúvida minha. Mas é claro que independente do esclarecimento,nada melhor do que procurar a ajuda de um especialista na área, que no caso um Médico Ginecologista .

  2. ola tenho uma duvida tenho andado com muitas dores nos seios mas não vejo nem um nodulo mais que dói muito tenho andado menstruada á mais de um mês tenho um aparelho no braço para não engravidar que se renova de 3 em 3 anos mas deve me estar a fazer muito mal pk já disse a minha medica a nica resposta que obtive foi enquanto estiver sempre como estas hemorragias que eu iria ficar sempre com muitas dores mas já não sei o k fazer

  3. Olha, so queria deixar um comentario moro no Japao e a taxa de cancer de mama e qualquer outro tipo de cancer e alto…. comer soja nao quer dizer nada me desculpa.Mas e hereditario ja foi comprovado….

  4. Tenho uma dúvida.. no meu caso Tenho muitas dores nas mamas. . Tenho 49anos e já não tenho menstruação a 5 anos.. não tenho útero e so tenho 1 ovário.. e norma ter dor nas mamãs. .

  5. fui ao mastologista tenho doi nodolos com liquido tenho sentido muita dor na lateral do seio esquerda tenho 67 anos não tenho uteros
    mas tenho os ovarios a dor parece nos nervos uma dor ardida.

  6. Oi, eu não tenho mais o meu útero, tenho sentido muitas dores nos seios praticamente todos os dias do mês.
    Algum médico ou especialista pode me ajudar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui