NadaFrágil.com.br

10 Dicas Para Ajudar seu Filho a Estudar Melhor


Eliana Lee

Pode não parecer, mas a verdade é que a hora de fazer a lição de casa pode ser um momento muito legal e agregar lembranças futuras muito boas para seu filho. Além de ajudá-lo com as notas, ele vai se sentir “importante” e amado por você, que, mesmo em meio a tantas coisas para fazer diariamente, está abrindo um espacinho na sua agenda para se dedicar única e exclusivamente ao aprendizado dele.

Se o boletim de seu filho não está lá muito “azul”, que tal rever algumas dicas básicas de como ajudá-lo a estudar de maneira mais proveitosa?

 Ajudando na lição de casa

1. Escolham um lugar

Separe um cantinho bem iluminado na casa especialmente para a realização das tarefas. O recomendado é que ele tenha uma escrivaninha onde possa reunir todo o material escolar, mas vocês podem estudar em qualquer lugar – na mesa da cozinha, por exemplo – desde que limpa e organizada, e sem nenhum outro tipo de objetos ou coisas que possam lhes tirar a atenção. Sentem-se confortavelmente, de preferência em cadeiras comuns. O sofá e a cama podem “relaxar” demais o corpo e gerar aquela preguiça de continuar…

2. Definam as regras e o horário

Deixe claro para seu filho que estudar faz parte de sua rotina e o quanto é importante que ele dedique parte do seu dia para tarefas e trabalhos. Defina com ele um horário em que você possa estar presente e que seja passível de ser cumprido por ele sem cansá-lo demais nem deixá-lo com muita fome ou sono. Combinem as regras de antemão, escrevam-nas em cartazes e coloquem tudo em local visível, para que sempre possam relembrar os detalhes. Se não puder estar com ele todos os dias o horário inteiro, combine de maneira que você possa acompanhar pelo menos uma parte do estudo.

3. Desligue a TV

Exatamente para que possam manter o foco no que é realmente importante, desligue televisores, aparelhos de som e celulares.

Lição de Casa

4. Faça perguntas

Pergunte a seu filho como anda cada matéria, do que ele gosta mais, onde sentiu mais dificuldades, etc. Ele tem de saber explicar exatamente o que

cada professor andou explicando e que matéria está aprendendo. Mesmo que você não saiba bem do que se trata, só o fato de demonstrar interesse já é muito importante para seu filho. Você também pode se oferecer para pesquisar junto com ele os tópicos desconhecidos. E tem mais: você pode pedir para que ele próprio explique o que está aprendendo e “ensine” você. Além de treinar a memória, ele ativará o cérebro de maneira a assimilar melhor o que aprendeu em sala de aula.

5. Apoio é tudo

Se a escola possui um sistema de comunicação via agenda ou e-mail, não receie em usar. O bom êxito de um aluno depende tanto da escola quanto da família. Se tiver dúvidas com relação ao desempenho de seu filho e puder conversar com professores mesmo antes da reunião de pais, você saberá melhor como agir e onde focar para evitar notas baixas e recuperações.

6. Estimule a fala e a escrita

Converse muito com seu filho e de forma correta. Formas infantilizadas com erros propositais são inúteis e podem ensinar de forma errada como falar. E criança que fala errado tem grande possibilidade de escrever errado também. Deixe que ele treine desde cedo com canetas, gizes de cera e lápis de cor. Encoraje-o a descobrir e copiar letras em livros e revistas. Além de estimular o gosto pela leitura, vai facilitar e muito a vida dele na escola.

Ajudando na lição de casa7. Estudem fora de casa

Sempre que possível, façam passeios culturais. Invista numa ida ao museu, ao teatro e à exposições temporárias. Livrarias também são ótimas pedidas. Deixe-o passear pelas seções, folhear e se interessar por algo que o agrade. Faça isso tanto por você quanto por ele: além de passarem um tempo agradável juntos, estarão adquirindo conhecimento.

8. Tenha paciência

Se seu filho não consegue realizar determinados exercícios de uma determinada matéria, isso é absolutamente normal. Cada um de nós tem capacidades e talentos distintos, todos voltados para habilidades diferentes. Respire fundo e ajude-o com pesquisas e trabalhos. Peça também que ele sempre procure a ajuda do professor na escola cada vez que tiver dúvidas.

9. Deixe seu filho aprender sozinho

Não dê respostas nem faça a lição ou o trabalho por ele. Mantenha-se por perto, mesmo que fazendo uma tarefa diferente como a lista de compras ou as contas do mês. Ponha-se a disposição enquanto ele lê e tenta resolver os exercícios por conta própria. Você deve ajudá-lo e não fazer no lugar dele.

10. Valorize-o!

Lembre-se de elogiar seu filho a cada sucesso. Diga o quanto é importante para você cada vitória e conquista, mesmo as pequenas. Em contrapartida, jamais deixe de fazer observações oportunas e manter a disciplina de estudos como coisa realmente séria. Com pequenos gestos você poderá fazer uma grande diferença na vida da pessoa mais importante da sua vida!

Facebook NadaFrágil.com.br

Uma resposta para “10 Dicas Para Ajudar seu Filho a Estudar Melhor”

  1. Suely Rosa da Silva Santos disse:

    Parabéns! Essas dicas complementou mais o que eu já sabia. Muito rico o que aprendi com vocês. Estudar é prioridade em nossa vida. E quando se torna um Prazer, tudo se completa. Obrigada!

Deixe uma resposta