NadaFrágil.com.br

Como Escolher o Hidratante Ideal para sua Pele


Eliana Lee

Encontrar o hidratante ideal para sua pele pode parecer mais difícil do que você imagina. A hidratação é fundamental para a saúde da pele e escolher “qualquer produto”, sem prestar atenção aos detalhes e particularidades de cada um pode não trazer benefício algum. Ou pior: tornar sua pele irritada ou ressecada.

A variedade de produtos hidratantes é muito grande e muitas mulheres acabam elegendo seu preferido apenas pelo cheiro ou marca, sem levar em consideração se a fórmula do produto é mesmo ideal para seu tipo de pele. Portanto, muito cuidado na hora de procurar pelo produto perfeito.

Leia também nossas dicas para Hidratação com Bepantol.

Por que hidratar?

Mas afinal de contas, o que é o hidratante corporal e para que serve este produto?

A resposta parece óbvia: hidratar a pele. Mas o que é exatamente hidratação?

Hidratar a pele é o principal cuidado que devemos ter. É a hidratação que desacelera os processos degenerativos que a enfraquecem e que resultam em rugas, falta de elasticidade, opacidade, manchas, etc.

A desidratação é causada principalmente por agressões externas como luz solar excessiva (e ao longo da vida), poluição, exposição a variações climáticas diversas e, claro, falta de hidratação adequada. O envelhecimento também é outro fator de importância na desidratação porque, com o passar dos anos, nossa pele vai perdendo sua capacidade de reter água, tornando-se ressecada. Portanto, é mais do que necessário reequilibrar biologicamente a pele, para compensar a perda natural de hidratação.

Cremes hidratantes

O melhor creme hidratante é aquele que não vai deixar sensação de oleosidade excessiva ou ressecar áreas já ressecadas de sua pele (como cotovelos e joelhos).

Leia as embalagens com atenção e escolha aquele que for indicado para seu tipo de pele. Cremes que são produzidos especialmente a partir de extratos vegetais e fitonutrientes são ótimos para aumentar a resistência e elasticidade da pele.

Observe se a fórmula contém lactato de amônia ou ureia, excelentes para hidratar peles muito ressecadas.

Outro item importante é o fator de proteção. Ele não deve substituir o filtro solar, mas é interessante que o creme escolhido possua fator de proteção, mesmo que em grau mais baixo.

Aplicação correta do hidratante

O ideal é aplicar o produto logo após o banho (nada de água muito quente, para não ressecar ainda mais a pele!), quando a pele ainda está sob o efeito da temperatura da água. Espalhe o produto de maneira uniforme, mas sem exagerar: a pele não pode ficar “branca” de tanto creme, o que dificulta a absorção. É melhor pegar aos poucos e massagear cada parte do corpo sem pressa.

Hidratante CorporalOs movimentos devem ser firmes e constantes, mas sem força excessiva: nas pernas e bumbum faça movimentos de baixo para cima e nos braços de dentro para fora, de maneira circular.

Dê bastante atenção aos cotovelos, joelhos e calcanhares. São essas as áreas com maior incidência de aspereza. Após massagear bem esses lugares, aplique novamente o produto e repita o processo. Não se esqueça de suas mãos e pés: massageie com cremes específicos para essas áreas ou com o próprio hidratante corporal.

Para potencializar a hidratação, faça uma esfoliação leve pelo menos uma vez por semana. Use sabonetes com essa função ou ainda um creme específico. Ela retira as células mortas da pele e ainda garante que o creme hidratante seja mais facilmente absorvido. Lembre-se também que durante o inverno a hidratação precisa ser intensificada.

E o hidratante facial?

Os produtos específicos para o rosto estão entre os mais procurados nas lojas de cosméticos. Muitos prometem diminuição de linhas de expressão, clareamento da pele, eliminação de manchas ou marcas da idade, etc. Escolha um produto de acordo com sua idade e tipo de pele.

A pele oleosa, por exemplo, deve ser hidratada da mesma forma que a pele seca. A diferença está na composição escolhida. Abuse de produtos que vem em forma de gel e que não obstruem os poros.

Hidratante Facial

Para a pele seca, formulas com manteiga de karité e amêndoas são uma boa pedida, por suas ótimas funções hidratantes.

Para as peles mistas, a hidratação deve controlar o excesso de oleosidade em áreas especificas. Procure por produtos idealizados exatamente para o equilíbrio entre o seco e o oleoso.

Já quem tem pele normal tem mais facilidade de encontrar um bom produto, pois a pele se dá bem com a grande maioria dos produtos disponíveis.

Se houver possibilidade, tenha em mãos dois produtos diferentes: um para o dia e outro para noite. De manhã, após lavar o rosto, utilize o hidratante com fator de proteção solar. A noite, o creme hidratante de tratamento específico para combater manchas, acne, rugas, etc., de acordo com o resultado que você deseja alcançar.

Diferença entre creme e loção

A diferença entre esses produtos é basicamente sua consistência e ação derivada a partir dessa consistência. O creme é mais espesso e utilizado após o banho, com a pele já seca pela toalha. A loção é um produto mais leve, com fator hidratante menor e com consistência mais “líquida”. É ideal para perfumar a pele, mas não é muito indicada para quem quer hidratação de verdade.

Cuide do seu interior também!

Outro detalhe que vale a pena frisar é que os cuidados com a pele não devem se limitar apenas ao exterior: inclua em sua rotina o consumo de frutas, legumes e verduras que são essenciais na produção de vitaminas para a pele. Diminua o refrigerante e aumente sua ingestão diária de água (comece aos poucos, até perceber que está tomando mais água do que era seu costume), para dessa forma hidratar sua pele e seu organismo “de dentro para fora”.

Facebook NadaFrágil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *